Blog do Polli
  

GUARDAS PODEM AUXILIAR A PM

            Embora segurança pública mão seja uma atribuição do município, discute-se muito o papel da Guarda Municipal como simples vigilante do patrimônio público ou como força auxiliar da PM, como ocorre em muitos municípios, principalmente do interior paulista.

            Cidades como Americana, Jundiaí, Mogi Mirim, Mogi Guaçu e tantas outras mantém os guardas municipais armados, atuando efetivamente no policiamento ostensivo da cidade, colaborando com os policiais militares.

            Talvez não seja este o caso de Poços de Caldas, mas já que a Secretaria de Defesa Civil hoje é comandada por um ex-oficial da PM, que estava na ativa e costuma elogiar muito um convênio assinado no passado entre a prefeitura de Poços e o comando da PM, talvez a parceria possa ser reeditada nos moldes em que atuou nas administrações Luiz Antonio Batista e Geraldo Thadeu, com resultado positivo.

            Foi o primeiro – e talvez o único – convênio assinado entre as duas partes que garantia apoio dos GMs aos policiais militares na condução das viaturas e no auxilio ao policiamento de rua, mesmo desarmados.

            Na época o município doou a Polícia Militar várias viaturas que ficavam estacionadas em pontos estratégicos com os policiais se comunicando via rádio. Ao GM cabia apenas o papel de motorista da viatura, reforço que permitiu aumentar em muito o efetivo de PMs nas ruas.

            A criminalidade foi reduzida e a população se sentia mais segura. A construção dos pórticos nas três principais entradas da cidade fazia parte deste projeto. Infelizmente foi construído apenas um no Marco Divisório que até hoje se encontra abandonado.

            Ao assumir o comando da prefeitura em 2001, o PT com Paulo Tadeu à frente se encarregou de desmontar todo o esquema e romper o convênio, retirando das ruas inclusive os Postos de Vigilância Avançada, colocados no centro da cidade que serviam como base permanente para os policiais.

            Inúmeras cabines num plano mais elevado foram espalhadas pela rua Assis Figueiredo e colocadas também nos pontos de passeio onde a vigilância era mantida durante as 24 horas do dia por GMs que mesmo desarmados, contavam com rádio-comunicador, prontos para acionar a PM em casos de anormalidade.

            O Coronel Lima, titular da Secretaria de Defesa Social, conhece muito bem o projeto porque na época trabalhava no gabinete militar do Governo do Estado.

            Reativar este convênio nos dias de hoje seria interessante para permitir a melhora do policiamento ostensivo e como os guardas municipais não são preparados para atuar com arma de fogo, a GM poderia atuar simplesmente como uma força de apoio.

            Numa época em que a criminalidade cresce cada vez mais a reativação deste convênio viria em boa hora.

DROPS

Como o blog adiantou, a administração continuará insistindo na aprovação dos dispositivos de mudanças na lei 111, que desverticalizou o DME. Um terceiro projeto substitutivo está sendo preparado, desta feita pela própria assessoria do legislativo e antes de ir a plenário deve ser amplamente discutido entre os vereadores e algumas pessoas interessadas no assunto, além de representantes de entidades de classe. Um dos primeiros a tomar conhecimento da nova proposta será o ex-diretor do DME, Cicero Machado de Morais.

**********

Meio a contragosto e não com muita força, o PT comandado pelo prefeito Eloisio e pelo candidato a deputado estadual Paulo Tadeu, bateu bumbo ontem no centro da cidade para a visita do presidente regional do partido, deputado Odair Cunha, que disputa a reeleição. Embora sorridentes, faziam figa às escondidas para que o visitante deixasse a cidade o mais rápido possível. Quem ficou torcendo o nariz desde o dia anterior com a visita do forasteiro foi o deputado Geraldo Thadeu. A torcida é para que ele não volte antes da eleição.

**********

Embora seja bem recebido pelos companheiros de partido em Poços, Odair Cunha tem deixado o candidato Paulo Tadeu de lado e não retribui seu apoio em boa parte das cidades da região. Costuma desfilar com Geisa Teixeira, candidata a deputada estadual por Varginha, mesmo em cidades da microrregião de Poços de Caldas.

**********

Entusiasmados com o candidato ao governo Fernando Pimentel que mantém 20 pontos de vantagem frente a Pimenta da Veiga, seu principal adversário, os petistas colocaram a campanha nas ruas. Ontem, cavaletes e bandeiras com propaganda do candidato estavam por toda parte, além da farta distribuição de material impresso. Pesquisas internas indicam que o petista mantém uma boa vantagem também na cidade, onde o PT pode vencer pela primeira vez uma eleição de governador.

**********

Para evitar problemas, é aconselhável não convidar para a mesma mesa o jornalista e apresentador de TV Roberto Tereziano e o Secretário de Serviços Públicos Zéquinha Muniz. Os dois que já foram companheiros de programa no Jornal do Meio Dia andaram se estranhando e batendo boca durante a audiência pública na praça, por conta de um túmulo desapropriado de forma nebulosa no Cemitério da Saudade.

*********

Técnicos da Codemig estiveram ontem para mais uma vistoria nas obras do teatro municipal do Pálace Casino, que está sendo restaurado pela empresa. Segundo análise feita no sub-solo do teatro, a antiga boate construída no lugar do teatro com um piso falso só não caiu por um verdadeiro milagre. O estaqueamento feito com eucaliptos estava completamente podre submerso em água. Como disseram os técnicos, Deus, além de brasileiro, deve ser poços-caldense. Para resolver o problema estão fazendo uma espécie de piscina invertida onde a água é bombeada para fora, automaticamente, toda vez que ultrapassa um determinado nível.

********* 

De um atento observador: se a Dilma e o Pimentel venceram as eleições, não muda nada para Poços de Caldas, o governo federal promete (R$ 74 milhões), mas não manda o dinheiro, e o governo do Estado faz a mesma coisa, cadê o centro de convenções, presídio, hospital do câncer e tantas outras coisas prometidas e não executadas pelo governador?

______________________________________________________________

Estarei viajando neste final de semana. O blog voltará a ser atualizado segunda-feira.



Escrito por Blog do Polli às 06h50
[] [envie esta mensagem] []


 
  

UM DISCURSO PARA CADA HORA

            O diretor Superintendente da DME-Distribuidora se reuniu com membros do Conselho de Consumidores para esclarecer algumas dúvidas e explicar como será o tramite entre a empresa e a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), para definir o próximo reajuste da tarifa.

            João Deom explicou que vai protocolar o pedido de reajuste acompanhado de uma exposição de motivos para justificar o índice pleiteado. Segundo ele o aumento terá que acompanhar as necessidades da empresa para preservar o bom serviço e manter em dia a saúde financeira da distribuidora. Após algumas rodadas de negociação será definido o índice de aumento.

            Na mesma oportunidade o diretor explicou que embora o lucro auferido no exercício de 2013 pelo Grupo DME tenha sido de R$ 36 milhões, as empresas devem ter seus balanços analisados em separado e quando isto é feito, o que se verifica é que a distribuidora obteve neste ano um lucro muito pequeno.

            O que é interessante neste pessoal que comanda a administração é que eles possuem um discurso para cada ocasião, dependendo do interesse naquele momento.  

            Quando da despedida do ex-diretor Alvaro Amorin, que dirigiu no primeiro ano deste governo a DME-D, tanto o seu sucessor, João  Deom, como o prefeito e o presidente da Câmara, discursaram elogiando a maneira como Amorin comandou a empresa e fizeram questão de ressaltar o “extraordinário” lucro obtido pela distribuidora em 2013.

            Agora o discurso para os conselheiros é outro, completamente diferente, o que era bom passou a ser ruim e diante do “aperto” financeiro, o reajuste terá que ser bem acima da inflação.

            Os membros do conselho, no entanto, pretendem manter a posição de que a tarifa não deve subir mais que a inflação para não onerar ainda mais a população. Quanto à “saúde financeira” da empresa, ela está preservada, basta destacar os mais de 50 milhões repassados no mesmo ano para a prefeitura pagar contas de custeio e o fato de o Grupo DME manter algumas centenas de milhões aplicados no sistema bancário.

            O interesse da direção do Grupo DME em reajustar a tarifa de energia no maior índice possível, na verdade, está ligado à necessidade de repassar mais dinheiro para a prefeitura tapar buraco de uma má gestão administrativa.

            Por conta desta incompetência a população continuará pagando a conta.

CIÚMES CAUSOU INVASÃO

            Segundo confidências de um vereador envolvido nas negociações para a reabertura da passagem interditada na área particular do Jardim Itamarati, a invasão do local determinada pelo secretário de governo, foi motivada por ciúmes do vereador Flavio Faria que ajudava nas negociações e estava colhendo um abaixo-assinado dos moradores para entregar ao dono da área.

            Segundo o combinado, ao receber o documento, o proprietário não só liberaria a passagem como abriria ali uma rua com 20 metros de largura que seria asfaltada com recurso do próprio bolso.

            Ao tomar conhecimento das tratativas entre o dono do terreno e Flavio Faria, que está em rota de colisão com a administração desde que foi preterido como candidato a deputado, o secretário de governo determinou ao seu colega do setor de obras que mandasse para lá máquinas e funcionários para abrir a passagem “na marra”.

            Com essa atitude, o secretário de governo imaginou que estaria impedindo o vereador petista de sair do episódio como o “salvador da pátria”. Não deu certo.

           

DROPS

O vereador Antonio Carlos Pereira está encaminhando para o Ministério Público documentação que comprova irregularidade praticada pela Secretária de Administração, Maria Luisa Santiago, na contratação de uma cirurgiã dentista que mesmo tendo apresentado inscrição no Conselho Regional de Odontologia fora do prazo, foi efetivada no cargo. Está em mãos do vereador também cópias de propaganda política de um parente da contratada que foi candidato a prefeito da cidade de Astolfo Dutra, sua terra natal o que comprova sua ligação com o Partido dos Trabalhadores naquela cidade.

*********

Outro fato que pode dar muito que falar e se comprovado irá para o Ministério Público está ligado a mesma secretária e diz respeito a possível incorporação de benefícios a salários de servidores de sua confiança. A incorporação seria irregular pelo fato de os servidores não terem cumprido o prazo estabelecido em lei para terem direito a incorporação do benefício de forma definitiva em seus salários.

*********

Segundo declaração do prefeito Eloisio Lourenço, as empresas para prestar serviço à prefeitura devem ter “bala na agulha”, ou seja, terão que dispor de reserva financeira para aguentar atrasos nos pagamentos de até quatro meses. O prefeito considera normal o atraso, como se de nada valesse o “empenho prévio”, documento que garante a reserva de recurso para a obra ou serviço contratado.

**********

Toda vez que o Caged aponta queda no nível de emprego em Poços de Caldas, o secretário Rodrigo Reis, titular da Secretaria de Desenvolvimento e Trabalho aparece dando entrevista tentando amenizar o fato, ressaltando os “mais de mil” empregos que serão gerados futuramente pelas empresas que estão se instalando no Distrito Industrial.

*********

Dirigentes da Associação Comercial estiveram ontem no “Jornal do Sul de Minas” da TV Poços falando sobre o reajuste pleiteado pelo Departamento Municipal de Eletricidade junto a Aneel. Disseram que se a conta de energia subir, os custos serão repassados aos consumidores que pagarão mais caro pelas mercadorias adquiridas. “Não tem outro caminho”, disse o presidente da ACIA.

*********

Continuam as reclamações no sistema de coleta de lixo. Na terça-feira o lixo permaneceu acumulado nas portas das residências dos moradores do Jardim Centenário. Difícil é entender a razão de a prefeitura ter trocado uma empresa que prestava um bom serviço, por outra que cobra quase o dobro e faz o trabalho pela metade.

**********

Ainda sobre o lixo, funcionários da Vina, empresa contratada para a limpeza pública que trabalhavam na varrição das ruas foram dispensados e a limpeza já não é a mesma de antes. Dizem que passada a eleição, o serviço será interrompido por completo porque a prefeitura não dispõe de recursos para pagar aquilo que contratou.

*********

Estava previsto para ser protocolada ontem na Justiça, ação criminal contra a prefeitura por invasão de propriedade alheia no caso da área no Jardim Itamarati, onde uma passagem foi reaberta com máquinas e servidores da prefeitura por determinação expressa do secretário de governo. A ação pode dar muita dor de cabeça ao secretário fanfarrão.



Escrito por Blog do Polli às 06h47
[] [envie esta mensagem] []


 
  

MORADORES QUEREM MAIS POLICIAMENTO

            Moradores da zona oeste, principalmente dos bairros Jardim Country Club, Jardim Elvira Dias e Vila Togni estão exigindo mais policiamento para combater os marginais que de uns meses para cá tem promovido assaltos naquela região.

            Em menos de uma semana dois assaltos à mão armada, com reféns, foram realizados na Vila Togni em plena luz do dia, deixando os moradores apavorados e com medo de permanecer em suas próprias casas.

            Toda vez que uma onda de crimes ocorre na cidade a Policia Militar aumenta o policiamento ostensivo nas ruas, mas baixa a poeira baixar para os policiais serem retirados e os marginais voltarem a agir.

            Através das redes sociais, os moradores tem solicitado mais policiamento e pretendem fazer o mesmo junto aos vereadores que representam a região. O vereador Antonio Carlos Pereira, foi um dos legisladores acionados para exigir da PM mais policiais nas ruas.

            Nem mesmo os guardas municipais, que faziam a vigilância na Praça da Vila Cruz e no Parque Municipal estão em seus postos, foram deslocados pelo Secretário de Defesa Social para outras tarefas, deixando as duas áreas públicas à mercê de desocupados, marginais e viciados.

DESOBEDIÊNCIA ÀS LEIS

            O primeiro ano da atual administração foi marcado por uma turbulência constante, provocada por uma secretária de planejamento que vinda da capital, imaginava ser a dona da verdade. Os conflitos foram tantos que acabou por desgastar o prefeito prejudicando projetos importantes que estavam em seu plano de governo, um deles a construção de conjuntos habitacionais para a população de baixa renda.

            Sem ambiente e com dificuldade para se sustentar no cargo, a secretária acabou por solicitar exoneração, voltando a paz a reinar na principal secretaria do governo, responsável por pensar e planejar as ações da administração. O próprio prefeito, em conversa com o presidente de um partido aliado reconheceu que a nomeação da secretária foi um erro que só lhe trouxe dor de cabeça e inimizades.

            Mas não foi apenas o público externo que colaborou para o desgaste da titular da Seplan, o próprio secretário de governo se encarregou de “plantar” notinhas em colunas políticas contra a secretária, com o intuito de desgastá-la junto a opinião pública.

            Os últimos acontecimentos indicam que o ponto de desavenças e desgaste da administração foi deslocado para o gabinete, onde o mesmo secretário de governo, a quem cabe a tarefa de apaziguar e não provocar conflitos, tem se portado de forma pouco recomendável para a importância do cargo.

            Demonstrando falta de habilidade e de equilíbrio emocional para buscar soluções diante dos problemas do dia a dia, o secretário atingiu o limite da irresponsabilidade ao determinar a invasão de propriedade alheia e pregar a desobediência às leis, como tem feito nos últimos dias, tentando jogar os moradores prejudicados pelo fechamento de uma passagem em área privada, contra o seu proprietário.

            Tenta politizar a questão, quando, na verdade, o problema foi criado pela própria administração que já ameaçou desapropriar a área, nomeando inclusive comissão para a avaliação do terreno, mas voltou atrás e aprovou as diretrizes básicas para que a área seja loteada. Com isso o proprietário exerce o seu legítimo direito de preparar o projeto para o futuro loteamento, dentro do prazo que a lei oferece.

            Temos lido diariamente na imprensa a invasão de propriedade privada por movimentos sociais, mas invasão de área particular pelo poder público, a quem cabe fazer respeitar as leis é um precedente perigoso que pode gerar sérias consequências.

POUCA GRANA

            A falta de dinheiro chegou a tal ponto entre os candidatos que até mesmo o pastel de feira já não é mais ofertado como antigamente. Segundo a japonesa Tokito, proprietária da barraca de pastel mais concorrida das feiras-livres, já não se fazem mais candidatos como antigamente.

            Geraldo Thadeu, que disputa pela quarta vez uma eleição é o político mais aguardado pelos frequentadores durante a campanha, costumava ir a feira e fazer a festa do pessoal, pagando uma rodada de pastel para quem desse a sorte de estar presente naquele momento.

Nesta campanha apareceu apenas uma vez, comeu e pagou o seu próprio pastel e um refrigerante. Tereza Navarro candidata a deputada estadual, também deu o ar da graça e foi mais generosa, pagou três pastéis, dois para suas assessoras.

Meio sem jeito, quem apareceu por lá, na feira de sábado foi o prefeito Eloisio, estava acompanhado pelo candidato Paulo Tadeu que bancou dois pastéis e dois refrigerantes.

Tokito diz que nesta campanha, se depender dos candidatos, seu faturamento continuará o mesmo.

DROPS

A cidade amanheceu ontem com placas e mais placas dos candidatos petistas Odair Cunha e Paulo Tadeu. Segundo algumas pessoas ouvidas pelo blog, a campanha do Paulo estava indo bem, mas perdeu pontos ao colar sua imagem a de Odair, considerado uma ave de arribação. Ao tentar angariar votos para um candidato forasteiro que nada fez pela cidade Paulo perde mais do que ganha.

********* 

Como diz o prefeito Eloisio, Poços precisa eleger candidatos da terra, comprometidos com a população. Temos três excelentes candidatos (Geraldo, Mosconi e Regina), com quem poderemos continuar mantendo contato após a eleição. Uma caminhada pela Rua Assis de Paulo Tadeu com Odair, como está programada para acontecer nesta quinta-feira, não vai pegar bem para o candidato local.

**********

É mesmo de estranhar o gasto de R$ 15.600 (quinze mil e seiscentos reais) para a compra de baralho para o Campeonato Municipal de Truco. O vereador Marcos Sansão está exigindo maiores explicações por parte da Secretaria de Esportes que vai promover o evento.

********

Se a promessa será cumprida não se sabe, mas pelo menos os três principais candidatos ao governo do Estado prometeram segunda-feira, reduzir a enorme carga tributária em Minas Gerais, começando por aliviar o ICMS nas contas de energia elétrica. Já seria alguma coisa e ajudaria a reduzir o impacto do reajuste que o DME está preparando para os consumidores.

******** 

A pesquisa do Ibope divulgada ontem a noite reacendeu a esperança entre os tucanos de uma virada até a eleição, com Aécio indo para o segundo turno com Dilma. Parece pouco, mas o tucano subiu quatro pontos enquanto que as duas adversárias oscilaram para baixo. Já em Minas, a candidatura de Pimenta continua cada dia mais perto do brejo. As pesquisas divulgadas pelo deputado Alexandre Silveira continuam furadas. Por sinal foi ele quem informou que a administração em Poços é “bem avaliada” pela população.



Escrito por Blog do Polli às 06h35
[] [envie esta mensagem] []


 
  

 

DIRETOR CONFIRMA TARIFAÇO NA ENERGIA

            Como sempre, entrevista com o secretário de governo Fernando Posso costuma ser interessante e deveria acontecer com maior frequência. Não se aproveita quase nada, mas é bom para melhorar o humor.

            No final da semana passada ele esteve no “Jornal do Meio Dia”, da TV Plan, apresentado pelo competente Roberto Tereziano que se mantém firme e forte como apresentador, desde que o programa entrou no ar.

            Ao responder pergunta do entrevistador sobre o porquê do fracasso da Mega Praça, iniciativa sua que aos domingos fechava as ruas do centro para o lazer e prática esportiva, o polêmico secretário respondeu de bate-pronto:

            - O sucesso da Mega Praça foi tamanho que os bairros reclamaram o mesmo evento, por isso decidimos descentralizar a leva-lo para os bairros, como está acontecendo agora.

            Falou e nem ficou vermelho, aliás, o secretário tem isso de bom, falseia a verdade com tamanha convicção que até acredita no que fala. Foi assim também quando deu entrevista para a imprensa dizendo que o proprietário de uma área no Jardim Itamarati havia autorizado a reabertura de uma passagem no terreno.

            Questionado por muitos telespectadores sobre a bagunça que virou a coleta do lixo nesta troca de empresa, Posso saiu com outra pérola, disse que a população tem toda razão em reclamar e que os moradores precisam fiscalizar o serviço.

            - Faltou coleta, liga pró Zequinha, na secretaria de Serviços Públicos. Cobra providências dele – respondeu.

            Pela lógica da resposta, isto significa que o secretário responsável pelo serviço não fiscaliza nada, cabe à população fiscalizar. Se não fiscaliza, como é que paga? Vale lembrar a empresa agora recebe de acordo com o peso do lixo coletado, não mais por viagem, como era antes.

            Por falar nisso, a prefeitura comprou balança? Onde está sendo pesado o lixo? Bom... isso ninguém perguntou ao Posso.

            Quando Tereziano quis saber de quanto será o reajuste na tarifa de energia elétrica, agendado para entrar em vigor no mês que vem, Fernando Posso, que é diretor administrativo-financeiro do DME, respondeu que o Departamento aguarda apenas comunicado da Aneel sobre o índice de reajuste para depois “abaixar um pouquinho” para não “sacrificar” os consumidores.

Aí a coisa preocupa. Se ele que exerce cargo tão importante na direção do DME não sabe que o índice de reajuste é solicitado pela distribuidora junto a Aneel e não ao contrário, o caso é sério.

            É mais uma comprovação de que exerce uma função pela qual não está preparado. O reajuste, pela norma em vigor, é solicitado pela empresa distribuidora mediante uma série de justificativas, cabendo a Aneel analisar o pedido e em seguida autorizar ou não o aumento. Pode negar, aumentar, ou até mesmo reduzir o índice solicitado.

            Segundo fonte bem informada, a pedida deve ser de 38% que vai se transformar em 30% para não “sacrificar” a nós, indefesos consumidores, que vamos arcar com o tarifaço, desmentido pela Dilma, mas confirmado pelo Posso.

            Bom... pelo menos nisso o secretário-diretor falou a verdade, quem mentiu foi a Dilma.

CADÊ O GUARDA?

            O comando da Guarda Municipal está desvestindo um santo para cobrir outro. Os guardas deveriam estar zelando pelo patrimônio municipal, mas muitos deles foram retirados desta função para trabalhar em outras tarefas que pouco tem a ver com a finalidade específica da GM.

            Um dos postos de guarda que foi abolido é o do parque municipal, onde frequentadores estão revoltados com delinquentes juvenis que à noite ficam escondidos na pista (monstrengo) de bicicross, atirando sacos com água em quem está fazendo caminhada. Com a retirada da guarda, o local virou ponto de desocupados, drogados e de uma molecada sem nenhuma educação.

            Um dos prejudicados foi até o secretário responsável pelo parque, Albert Mareca, solicitando providências. Depois de argumentar dizendo que está faltando guardas para trabalhar no posto e dizer que muitos não estão preparados para a função, o secretário deu o seguinte conselho ao frequentador:

            - Muda de horário, assim, você fica livre dos moleques.

            Um abaixo-assinado deverá ser entregue nos próximos dias ao prefeito e ao presidente da Câmara solicitando o retorno do guarda ao local.



Escrito por Blog do Polli às 17h34
[] [envie esta mensagem] []


 
  

DIFÍCIL DE ENTENDER

            Começou a tramitar no poder legislativo, mensagem enviada pelo executivo, que altera o Código Tributário Municipal, concedendo benefícios a concessionária do transporte coletivo que terá sua alíquotas do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), reduzidas de 5% para 2%.

            Ao mesmo tempo em que reclama da falta de recursos para executar as obras que a cidade reclama e ao manter em boas condições os equipamentos de uso coletivo, o prefeito abre mão de receita importante para reforço do orçamento, cuja tendência a partir de 2015 é ficar menor em consequência da desaceleração da economia no município, tendo como uma das causas a drástica redução na produção de alumínio por parte da Alcoa.

            Enquanto a maioria das prefeituras faz ginástica para aumentar suas arrecadações e criam até departamentos especializados em aumento de receita, em Poços o governo petista se dá ao luxo de abrir mão de parte do ISSQN, por sinal a receita própria mais importante da prefeitura.

            A proposta deve ser aprovada sem muitas discussões pelos vereadores, e terá reflexo a partir do próximo ano, muito difícil para o país, segundo previsão da maioria dos analistas econômicos.

            Enquanto abre mão de receita, a administração continua de olho no lucro do Grupo DME para honrar seus compromissos de custeio. Fica difícil entender a engenharia administrativa do sr. Eloisio Lourenço, que se diz diplomado em gestão pública.

BOMBA...

 

Depois  de tanto estardalhaço no ano passado com a venda pela INB  da Torta II e do Mesotório para um grupo empresarial chinês parece que o negócio não prosperou e o que se percebe são desculpas esfarrapadas tentando justificar o que já se previa. O negócio não vai adiante e teremos que ficar com esse lixo estocado aqui no Planalto de Poços de Caldas por tempo indefinido.

Depois de assinado o acordo de compra e venda com testemunhas importantes de nossa cidade, o material deveria ser embarcado para a China em até 90 dias após a sua assinatura. A INB providenciou todos os mecanismos para o transporte até o porto de Santos e colocou o material à disposição dos compradores, mas, até agora, parece que a transação não vai se concretizar.

Por ser um assunto explosivo os candidatos da terra preferem ficar calados e aguardar uma posição final para se pronunciarem.

 

O QUE PODE ACONTECER COM AS ELEIÇÕES...(1)

 

Um conhecido cientista político da nossa cidade fez algumas projeções com relação às eleições de 5 de outubro e as consequências para a nossa cidade. São várias as possibilidades:

1.       Vitoria da Marina para a Presidência da República: Dos 3 candidatos à Câmara Federal, Regina Cioffi é a única candidata cujo partido (PPS) está coligado com o PSB de Marina. Caso venha a ser eleita Regina terá, na Câmara, uma posição mais privilegiada devendo  compor  a bancada governista podendo ter uma projeção politica mais acentuada. Geraldo cujo partido (PSD) optou em ficar com a Dilma no plano federal, se eleito, deverá ficar no bloco da oposição no eventual governo de Marina o mesmo acontecendo com Mosconi caso eleito.

2.       Vitória de Dilma para a Presidência da República: Caso venha a ser eleito, Geraldo ficará numa posição bastante confortável perante a administração federal. Se Mosconi ou Regina vencerem (um ou outro) deverão pertencer à bancada da oposição. O candidato que for majoritário na cidade (Mosconi, Regina ou Geraldo) assumirá a liderança política visando as próximas eleições de 2016. Mas tudo vai depender, também, de quem vencerá a disputa pelo governo de Minas.

3.       Vitória de Marina em Brasilia e Pimentel em Minas: nesse caso a situação fica mais complicada e vai passar por quem vencer as eleições para a Assembleia de Minas. As melhores chances estão com o candidato Paulo Tadeu que será um interlocutor importante na nossa região podendo trazer algumas vantagens no processo sucessório futuro.  

4.       Vitória de Dilma em Brasilia e Pimentel em Minas: Qualquer um que for eleito (Geraldo, Mosconi ou Regina) para a Câmara Federal deverá ficar no bloco da oposição e aguardar um trabalho mais consistente da dupla Odair Cunha/Paulo Tadeu para conseguir recursos mais volumosos para Poços. A pior hipótese é que se nenhum dos 3 conseguirem se eleger e caso Paulo Tadeu também não obtenha  sucesso nesse pleito, a cidade – e região – ficará sem representante em Brasília e em Belo Horizonte.

Na próxima semana vamos apresentar o quadro em relação ao governo de Minas e suas repercussões locais.



Escrito por Blog do Polli às 10h08
[] [envie esta mensagem] []


 
  

CANDIDATOS DA TERRA

 

A diretoria da ACIA deverá coordenar uma campanha incentivando o eleitor a votar nos candidatos da terra tanto para a Câmara Federal como para a Assembleia Legislativa. Uma boa medida de conscientização. Pelo número de candidatos de fora  - tanto para federal como estadual - que estão em campanha na nossa cidade pode representar uns 10.000 votos que deixarão de receber nossos candidatos e com o risco de não elegermos ninguém.

Bola branca para a ACIA com essa iniciativa. Bola preta para o eleitor que votar em candidato forasteiro que só vem aqui pedir voto e some nos próximos  quatro anos.

POÇOS/PALMEIRAL

A convite do coordenador do D.E.R. Fernando Carneiro Ferreira, o vereador Antonio Carlos Pereira visitou as obras de asfaltamento da estrada Poços-Palmeiral. Doze quilômetros da estrada receberam o melhoramento e segundo informou o engenheiro Miguel Ricartte, responsável pela obra, a previsão é que até meados de outubro o asfaltamento seja concluído em sua totalidade, ou seja, até Palmeiral.

O vereador acompanha de perto a obra que considera uma vitória, contrariando aqueles que colocavam em dúvida a sua execução.

 

NA SANTA CEIA

 

Um dos membros da Santa Ceia dizia aos amigos não conseguir entender como  Dilma (PT) conseguiu subir nas últimas pesquisas depois do escândalo da Petrobrás. Ou o povo também não sabe de nada... ou, se sabe, quer ver o circo pegar fogo. Só pode ser isso...

DROPS

A administração até tenta, mas faz um bom tempo que não consegue emplacar uma agenda positiva. O noticiário da imprensa diariamente vem recheado de reclamações contra a prestação de serviços de responsabilidade da prefeitura Para complicar as coisas, secretários inexperientes e arrogantes colaboram para manter a pauta negativa.

********

Tão grave como a invasão de área particular foi o fato de o secretário de Governo ter mentido para a imprensa, dizendo que o proprietário da área havia autorizado a reabertura da passagem no terreno. Secretário que mente perde completamente a razão e a própria credibilidade. Um desrespeito para com a população, demonstrando falta de equilíbrio emocional e responsabilidade para ocupar cargo público.

*********

Tão logo o vereador Marcos Sansão denunciou o sumiço de algumas geladeiras na prefeitura, foi um corre-corre danado pelos lados do Complexo Santa Cruz, mais precisamente na Secretaria de Promoção Social.

********* 

A prestação de contas da administração, ontem, na Praça Pedro Sanches, complicou todo trânsito na área central. O que mais se viu foi motoristas criticando a atitude do prefeito e xingando sua administração.



Escrito por Blog do Polli às 10h08
[] [envie esta mensagem] []


 
  

O MAU EXEMPLO DO SECRETÁRIO

O direito de cada um vai até onde começa o direito do outro. Se cada um agisse dentro do seu direito, respeitando o próximo não haveria necessidade de tantas leis. Mas elas foram criadas exatamente para punir aquele que avança sobre o direito do outro. Respeitar e impor respeito as leis é obrigação dos agentes políticos, aqueles que momentaneamente ocupam cargos de confiança nos governos.

            Tudo isso parece que não vale para o Sr. Fernando Posso, moço de boa família, boa índole e excelente profissional da odontologia que de uma hora para outra, ao assumir pela primeira vez um posto no governo municipal se julga acima das leis e no direito de até mesmo invadir propriedade alheia só para mostrar que é, ou melhor, está poderoso.

            Ontem, máquinas e funcionários da prefeitura, cumprindo suas ordens, invadiram uma área particular no Jardim Itamarati para abrir a força uma passagem que foi fechada exatamente pela teimosia e falta de habilidade daqueles que por ora detém o poder municipal.

            Posso cometeu duas transgressões ao mesmo tempo, a primeira por invasão a propriedade particular e a segunda, por tê-lo feito com máquinas e homens da própria prefeitura. Hoje pela manhã, fazendo valer o seu direito, o proprietário da área vai interromper novamente a passagem e em seguida lavrar um boletim de ocorrência para entrar com uma ação judicial contra o responsável pela invasão.

            Do alto do pedestal em que se colocou o secretário já ofendeu profissionais de respeito, entre eles o engenheiro Cicero Machado de Morais, a quem chamou de “esticador de fios” e a própria doutora Salma Neder, que já ocupou o mesmo cargo que ele responde hoje.

            O comportamento do secretário fanfarrão é polêmico e mostra que anda deslumbrado com o poder. Além da pasta do governo, acumula ainda os cargos de Secretário de Comunicação e Diretor Administrativo Financeiro da DME Participações.

No DME não preenche os requisitos exigidos por lei para o cargo, não possui experiência no setor elétrico, o que pode levar a anulação de todos os atos por ele assinados. Mas isso não importa, o super-secretário diz que é ele que manda e tá acabado.

É o que pensa, mas seus problemas diante de tanta petulância, arrogância e irresponsabilidade podem estar apenas começando. Alguns petistas também pensavam que eram poderosos e que podiam tudo. Na solidão da Papuda, no Distrito Federal, descobriram que mandavam bem menos do que imaginavam.

Alguns vereadores estavam intermediando um acordo com o proprietário da área e os moradores prejudicados pela interrupção da passagem. Posso agiu de maneira intempestiva e atrapalhou as negociações.

O SECRETÁRIO...

...Zéquinha Muniz, titular da pasta de Serviços Públicos, pediu através de nota oficial distribuída pela prefeitura, paciência e colaboração dos contribuintes para as falhas que estão ocorrendo no setor de coleta de lixo nos que antecedem a troca da empresa responsável pelo serviço.

Tudo bem, a gente até aceita, desde que o Secretário da Fazenda também concorde no final do ano com as nossas desculpas por não pagar a taxa do lixo cobrada junto com o IPTU. Como isso não vai dar certo, o secretário que pare de sorrir tanto e passe a trabalhar mais, fazendo jus ao salário que pagamos a ele no final do mês.

Vale lembrar que antes de ser terceirizada, a coleta de lixo era feita normalmente pelos servidores lotados na sua secretaria com os veículos que lá estão. É só coloca-los para trabalhar.

Né mesmo, seo Zéquinha?

AINDA SOBRE...

            ...o assunto, na mesma nota está escrito que o contrato entre a prefeitura e a Vina E.C. Ltda. (nova encarregada da coleta) diz que a empresa “implantará uma área de transbordo para onde será levado o lixo doméstico e dali será transportado para o aterro”.

            Pois bem, cabe então a tal Vina encontrar uma área, devidamente licenciada pelos órgãos ambientais para a área de transbordo. Neste local será separado o material reciclável e o que sobra (resíduos sólidos) será transportado para o aterro (na verdade lixão), às margens da Rodovia Poços-Andradas.

            Cabe aos vereadores fazer valer o que foi acordado entre as partes.

ALERTA REPERCUTIU

 

A vereadora Regina Cioffi alertou na tribuna livre, na última sessão da Câmara, ontem,  da repercussão desastrosa que poderá ter com o possível aumento da tarifa de energia elétrica estimada em mais de 30% já a partir do mês de outubro. A ACIA, através de seus associados mais atuantes, viram uma luz vermelha acender e deverão atuar de forma mais convincente no sentido de evitar esse tipo de aumento através de pressão junto ao prefeito Eloisio do Carmo Lourenço que é o grande responsável pela condução da política do DMED.

Ou ele determina que haja uma redução das alíquotas de aumento com a aplicação dos lucros da empresa e reduz o repasse do lucro para a Prefeitura ou, o que provavelmente deverá fazer,  mais uma vez, penalizar o cidadão e tentar resolver as contas do Município. Se ficar o bicho pega... se correr o bicho come...

 

TRÂNSITO LOCAL

 

O Secretário de Defesa Social, Coronel Lima (como gosta de assinar os seus ofícios), conhecido como especialista em trânsito, deveria estar preocupado com o que está acontecendo em nossa cidade. Impossível transitar pelo centro por volta das 14 horas e no fim do dia pelas 18 horas na rua Assis.

Um outro segmento comandado pelo Coronel Lima é a Guarda Municipal. Já andam dizendo que todos os membros da GM estão de férias. Ninguém viu e ninguém sabe por onde andam. Parece abelha: quando não estão voando, estão fazendo cera



Escrito por Blog do Polli às 07h06
[] [envie esta mensagem] []


 
  

GREGOS E TROIANOS

            O impasse criado pelo parecer da assessoria jurídica da Câmara, declarando inconstitucional a escolha dos diretores de escolas através de eleição direta, deve ser solucionado com uma decisão que agrada os dois lados.

            Esta pelo menos é a informação de um dos vereadores que integram a Comissão de Justiça do legislativo cujo parecer da maioria era pela rejeição do projeto de lei encaminhado pelo prefeito para a Casa.

FAZENDO LOBBY

            O presidente do Conselho de Administração da DME Participações, Valnei do Lago, está gastando conversa na tentativa de convencer lideranças empresariais a apoiar o reajuste que será solicitado até o próximo dia 28 pela DME-D junto a ANEEL.

            Volnei que segundo alguns membros do diretório do PMDB é chegado a um carguinho público, recebeu a missão da direção do Grupo DME e já tentou ganhar apoio de vários diretores da Associação Comercial.

            Sua conversa não convenceu, até porque o comércio passa por séria crise e o reajuste em torno de 30% terá que ser repassado aos consumidores que já andam sumidos nos últimos meses.

SEM CANDIDATOS

 

Após 3 semanas de campanha eleitoral , um terço dos eleitores mineiros está sem candidato (35%) para o governo do Estado. Indecisos somam 26% , mesmo índice da semana passada e quem pretende votar nulo ou em branco são 9%.

Ou seja, quase 70% dos eleitores ainda não escolheram seu representante para ocupar o comando do Estado de Minas Gerais. Entretanto Anastasia já tem praticamente garantida a sua eleição para o Senado.  Houve erro na indicação de Pimenta ou a campanha não está conseguindo atingir o eleitorado?

 

CANDIDATO-PINÓCHIO

 

São tantas as promessas feitas pelos candidatos que no dia 5 vamos conhecer os campeões da mentira e, se mesmo assim, vão merecer a confiança do eleitor por mais 4 anos.  



Escrito por Blog do Polli às 07h05
[] [envie esta mensagem] []


 
  

CONTA DE LUZ DEVERÁ SUBIR DE 30 A 40%

 

Na tribuna livre ontem a vereadora Regina Cioffi demonstrou preocupação com relação ao futuro reajuste tarifário de energia fornecida pelo DMED que poderá ser superior a 35% onerando a conta dos consumidores.

A ANEEL já designou um relator- Reive Barros dos Santos - para examinar o pedido que será feito pelo DME dentro de alguns dias e o Conselho de Consumidores já se posicionou contra esse aumento exagerado.

Regina mostrou que esse aumento poderá gerar desemprego caso venha a ser aplicada uma tarifa elevada nas indústrias e empresas de grande porte que consomem muita energia elétrica.

Atualmente o prefeito Eloisio do Carmo Lourenço já se encontra numa situação difícil pelos poucos recursos disponíveis para tocar as obras necessárias e, com esse aumento e a possibilidade de desemprego a situação só tende a se complicar mais ainda.

Tentando demonstrar uma posição sólida com um balanço de 2013 apresentando um lucro operacional de mais de 36 milhões o grupo DME está numa verdadeira encruzilhada: ou reduz o percentual de aumento das tarifas usando parte do seu  lucro  beneficiando o consumidor e com isso reduzindo a possibilidade de transferir mais recursos para os cofres da Prefeitura ou, aumenta a tarifa com prejuízo para os consumidores e mantém a retirada para cobrir gastos administrativos. Pelo visto o prefeito terá que descascar um belo abacaxi num curto prazo de tempo.

 

PAULO TADEU ERROU...

 

O vereador Marcos Sansão usou a tribuna para reclamar do tratamento recebido por ocasião de sua visita ao lixão apresentando algumas imagens do lastimável estado do que deveria ser um aterro controlado.

Como sempre defendendo a atual administração, o vereador Paulo Tadeu usou a tribuna para falar de política econômica  e aproveitou a ocasião para rebater as acusações do vereador Sansão dizendo que o parlamentar deveria conhecer melhor a Lei Orgânica do Município e que deveria ter pedido autorização prévia para ingressar na área do lixão. Parece que o presidente da Câmara desconhece o artigo 68 que dá autonomia ao vereador de, em qualquer área seja da administração direta ou indireta, de ingressar em qualquer local sem que tenha que ser autorizado para isso. 

CEI DEVERÁ SER CRIADA

 

Conforme anunciado nesse blog, a vereadora Regina Cioffi deverá dar entrada com pedido para a criação de uma CEI (Comissão Especial de Inquérito) no sentido de esclarecer e apurar o elevado valor das reclamações trabalhistas que superam mais de 16 milhões de reais.

Mais de 800 ações  ainda estão  tramitando na Justiça do Trabalho numa clara demonstração de que alguma coisa errada está acontecendo no setor de Recursos Humanos da Prefeitura.

A Câmara deverá aprovar a criação da CEI e a vereadora Ligia Podestá ficará numa situação incômoda já que seu marido é o patrono de grande parte das ações trabalhistas contra a Prefeitura.



Escrito por Blog do Polli às 06h00
[] [envie esta mensagem] []


 
  

DROPS

Dirigentes da Associação Comercial ficaram apreensivos ontem ao saber que a energia elétrica em Poços de Caldas pode ser reajustada em até 38% segundo informações de funcionários do Departamento Municipal de Eletricidade. Pretendem fazer chegar até o prefeito pedido para que o reajuste não seja autorizado agora e que o assunto seja discutido através de audiência pública no ano que vem. Mesmo que a Aneel autorize o reajuste acima da inflação, a concessionária tem autonomia para fazer a alteração.

*********

Os responsáveis pela entidade de classe demonstraram também surpresa ao serem informados dos indicativos sócio-econômicos do município. Principalmente com dados do Ministério da Promoção Social que indica uma população de 40 mil moradores vivendo com até meio salário mínimo. Outro dado preocupante é a taxa de desemprego. Não fosse as mais de 400 contratações feitas pela prefeitura Poços estaria no vermelho no item criação de novos empregos, contrastando com os municípios da microrregião que apresentam saldo positivo.

********

Um serviço que vinha sendo bem executado e com preço muito menor, pode se transformar em um novo problema para a administração. No sábado, a empresa Vina assume a coleta de lixo em substituição a Embralixo. Vai cobrar R$ 700 mil por um serviço que custa atualmente R$ 400 mil. Por conta desta estranha maneira de administrar é que o DME pensa em aumentar suas tarifas de energia elétrica e repassar mais dinheiro para a prefeitura cobrir despesas de custeio com a máquina pública.

********* 

No dia 17 próximo a administração realiza pregão eletrônico para contratação de instituição financeira para gerir a folha de pagamento do funcionalismo e também da remuneração de qualquer pessoa que mantenha vínculo financeiro com o município. Com isso a administração vai reforçar seu orçamento em mais alguns milhões que serão pagos pela instituição bancária vencedora da licitação.

********** 

Para pedir votos aos funcionários do hospital, a Santa Casa virou ponto obrigatório para os candidatos a deputado. Como o hospital foi salvo da falência por uma ajuda de R$ 14 milhões repassados pelo DME em 2005, o tema está sendo abordado na conversa por vários candidatos que alegam ser os pais da criança bonita.

********* 

Nas redes sociais, o SAMU continua na ordem do dia através mensagens negativas, apontando falhas no atendimento. Ontem um post denunciava um dos seus atendentes como autor de uma discriminação contra pessoa idosa. Ao ser solicitado para socorrer uma senhora com sintomas de infarto, o atendente teria dito que não tinha ambulância disponível porque a prioridade seria dada a um acidente de moto com três jovens envolvidos.

********* 

O engenheiro Ronaldo Muniz, ex-diretor do DME e atualmente consultor de empresas na área de energia esteve ontem no Jornal do Sul de Minas, da TV Poços. Deu uma aula sobre o sistema elétrico nacional e criticou a presidente Dilma pelo desarranjo que provocou no setor ao baixar Medida Provisória totalmente equivocada.

********** 

Paulo Tadeu inovou na sessão de ontem e sendo o último a falar na tribuna (como sempre) decidiu dar uma aula de economia, dizendo que a oposição vai perder a eleição porque não tem projeto para a área econômica. Nem o PT, já que Dilma despediu Guido Mantega antes da hora reconhecendo que a economia do país vai mal. O vereador deveria aproveitar seus conhecimentos para dar algumas aulas ao prefeito Eloisio, cuja gestão é uma lástima no campo das finanças.

******** 

Aos poucos o vereador Flávio Faria vai dando sinais de que está disposto a reatar os laços com o prefeito Eloisio, cujo relacionamento andou abalado após a escolha do candidato a deputado pelo partido. Há quem diga que a aproximação do vereador com o chefe do executivo tem a ver com a eleição do próximo presidente da Câmara.



Escrito por Blog do Polli às 06h00
[] [envie esta mensagem] []


 
  

RETRATO DO ABANDONO

            Passados quase dois anos de governo sem que nada de relevante tenha acontecido, não se deve esperar muita coisa desta administração. Pelo andar da carruagem, vai entrar para a história do município como uma das mais fracas, inferior até mesmo a da primeira gestão petista comandada pelo hoje vereador Paulo Tadeu.

            Se pelo menos os responsáveis pelo governo cuidassem para manter em boas condições o que já existe seria algo produtivo, mas ao que parece, nem isso vem sendo feito.

            Quem passa pelo Parque José Afonso Junqueira, a área verde mais importante da cidade, tem a impressão de que não existe prefeitura no município, tal o estado de abandono em que se encontra o parque.

Além dos canteiros descuidados, alamedas sujas e esburacadas, desocupados, drogados e mendigos fazem ponto no local. De quebra temos os sanitários fechados para “reforma” e junto dele o que restou dos banheiros químicos e do barraco que servia como depósito de material da empreiteira encarregada de “reformar” o parque. É o retrato fiel de um governo incompetente e desleixado com o patrimônio público.

No final de semana a cidade foi destaque na Folha de São Paulo pelo estado deplorável em que se encontra a estátua do Cristo Redentor e o ponto de passeio no alto da serra de São Domingos. Péssima propaganda em um dos mais importantes jornais do país. Na matéria a repórter diz que ouviu a prefeitura que promete revitalizar a área e limpar a sujeita em 2015.

Em 2015? Como assim? Varrer, lavar e limpar urina é coisa que se pode fazer de imediato. É o tipo do serviço que deve ser feito diariamente e não “apenas em 2015” quando o ponto de passeio será revitalizado. Sem manutenção não adianta revitalizar.

Em 2010 o Ministério do Turismo, através do deputado Geraldo Thadeu, liberou recursos para a reforma do Cristo Redentor, Fonte dos Amores, Parque José Afonso Junqueira, Country Club e Parque Municipal. Até hoje as reformas não foram feitas e as que estão em andamento caminham a passo de tartaruga.

Em uma das contas bancárias da prefeitura está depositada, desde 2009, verba doada pela Mineração Curimbaba, logo que a empresa adquiriu a Mitsui Fertilizantes, para a revitalização do Recanto Japonês. Outra obra que aguarda providências.

Em 2010 foi elaborado o termo de parceria para que a Unifal assuma e se responsabilize pelo Observatório Astronômico e um Centro de Ciências que será criado no lugar do no antigo restaurante, só que até agora, nada foi feito.

Para completar o abandono em que está a cidade nesta administração, a coleta de lixo não está sendo feita porque a prefeitura não paga a empresa responsável pelo serviço.

É o fim da picada.

UMA CEI JÁ ESTÁ NO FORNO

 

A sessão da Câmara de hoje deverá esquentar o noticiário da semana. Além da denúncia sobre a proibição do vereador Marcos Sansão de entrar no lixão, outra questão deverá ser objeto de grande discussão que é a possível abertura de uma CEI para apurar a grande dívida trabalhista na Prefeitura que supera os 16 milhões de reais.

A matéria foi levantada pela vereadora Regina Cioffi através de um pedido de informação onde o procurador do Município apresentou  os valores e os funcionários que se beneficiaram dessa ação judicial.  As indenizações vultuosas – apenas  um funcionário da área da saúde tem mais de 3 milhões para receber de indenização – só ocorreram em decorrência de alguma falha no sistema de controle de pessoal da Prefeitura.

O presidente da Câmara, vereador Paulo Tadeu,  em entrevista ao Jornal de Poços nesse último fim de semana se mostrou favorável à instauração da CEI para apuração dos fatos. Tanto a oposição como o bloco da situação deverá votar favoravelmente pela sua  instauração através da iniciativa da vereadora Regina Cioffi.

DROPS

O posicionamento contrário do Conselho dos Consumidores, no reajuste anual de preços superior ao índice inflacionário que deve ser pleiteado pela DME-Distribuidora deve entrar na pauta das discussões na sessão ordinária da Câmara Municipal esta tarde.  Onerar os consumidores além deste índice é apenas uma forma disfarçada de elevar o lucro da empresa para repassar mais recurso para a administração cobrir rombo de uma má gestão.

********* 

Desde o dia 27 último, São João da Boa Vista e outras cidades da região, servidas pela Elektro estão pagando 40,79% a mais pela energia elétrica. O reflexo deste aumento muito além da inflação já está sendo sentido pela indústria que começou a demitir funcionários, enquanto que o comércio e empresas prestadoras de serviço estão repassando os custos da energia para os consumidores, embora o impacto nas contas só aconteça no início de outubro.

*********

Campinas aderiu ao que já vem sendo feito em várias cidades. Aprovou lei regulamentando a poluição sonora causada por barulho de carros com som acima do limite e de carros de propaganda que circulam no perímetro urbano. Motorista com som acima dos decibéis permitido será multado em R$ 1,3 mil. Será que nenhum dos nossos vereadores vai propor medida semelhante em Poços? Ninguém aguenta esses caipiras que para serem notados ficam rodando pela cidade com o som no último volume tocando pancadão. Verdadeiros babacas.

*********

E os guardas municipais que trabalhavam no Parque Municipal Antonio Molinari simplesmente sumiram. À noite, principalmente, vale tudo na pista de caminhada, até mesmo uma molecada infernal apostando corrida de bicicleta. Virou bagunça.



Escrito por Blog do Polli às 06h37
[] [envie esta mensagem] []


 
  

A VACA JÁ FOI PRO BREJO...

 

A delação de Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobrás denunciando parlamentares, governadores e  ministros está aterrorizando os eleitores que estão cada vez mais indignados com o atual quadro político brasileiro.  Tudo leva a crer que a vaca já foi pro brejo. Resta saber quem é o dono da vaca.

O que vem causando grande dúvida é com o vazamento dos nomes que foram apresentados pelo ex-diretor da Petrobrás. Quem deixou vazar? com que interesse? Como a revista VEJA conseguiu a relação dos envolvidos?  Dentro de 30 dias teremos eleições para presidente, senador , governador e deputados (federal, estadual e distrital). Nesse momento dos acontecimentos uma desestabilização do processo democrático está em jogo E o jogo é perigoso com o envolvimento de políticos conhecidos e que pertencem a  partidos que fazem parte da base do governo.  

Parece que um grupo resolveu ligar a tomada e outro grupo, usando uma pá bem grande, jogou “aquilo” no ventilador respingando pra tudo que é lado. Isso mostra a fragilidade das instituições e das entidades responsáveis pelo controle e gerenciamento das contas públicas. Onde anda o TCU que se mostrou incapaz de fiscalizar? A Polícia Federal vem fazendo o seu papel e agora avoca-se o STF para intervir já que quase todos os envolvidos tem foro privilegiado.

O rombo de 10 bilhões parece ser muito maior e enquanto isso faltam recursos na área da saúde, para construção de novas estradas e melhorias nos portos para escoamento da nossa produção agrícola.

 

ENQUANTO ISSO AQUI EM POÇOS...

 

Mais de 1500 cirurgias eletivas estão na fila de espera e não se sabe quando serão realizadas. Motivo? Os governos estadual e federal não estão repassando as verbas necessárias. São pessoas, por exemplo, com problemas renais que poderão se agravar encarecendo mais ainda o tratamento. Dependem do SUS e estão sofrendo com essa longa espera.

É por isso que o eleitor está descrente. É por isso que o sentimento de mudança está latente no sentimento de cada eleitor.

 

O LIXO CONTINUA UM LIXO

 

O recente episódio ocorrido com o vereador Marcos Sansão -  impedido de ingressar no lixão -  demonstra que a atual administração está totalmente desorientada e sem comando.            

A Vina, responsável pelo lixão recebe todo o material da Embralixo que deixará de prestar serviços no próximo dia 12. O órgão responsável pelo meio ambiente, vinculado à Secretaria de Planejamento está sem pessoal especializado para fiscalizar.

A chefe do Departamento deverá deixar o cargo por completa impossibilidade de atuar. Enquanto isso o Secretário-sorriso, titular da área dos serviços públicos acha que tudo está correndo às mil maravilhas.

Se a prefeitura não honrar os compromissos com a Vina, nas datas estipuladas em contrato, teremos dentro em breve uma cidade entulhada de lixo pelas ruas sem varrição, sem coleta domiciliar e um lixão à disposição do Ministério Público para as devidas providencias. Como dizia Chico Buarque na sua música: É... A COISA AQUI TÁ PRETA.

CERTO OU ERRADO ?

 

Uma enquete informal constatou que em Poços de Caldas 78% dos eleitores ainda não escolheram seus candidatos para a Câmara Federal e Assembleia Legislativa de Minas Gerais.  Em geral os eleitores querem que ocorram mudanças, mas não sabem definir que tipo de mudança. O item saúde é o que mais preocupa os eleitores vindo em seguida a segurança pública.

A insatisfação pelos baixos salários e o medo do aumento do desemprego faz com que o eleitor  ainda não tenha se definido pela reeleição da presidenta Dilma. Uma boa fatia do eleitorado está optando por Marina Silva como possível representante das mudanças, mas desconhece sua plataforma política.

Ainda pela enquete informal recentemente divulgada constatou que os eleitores ainda não se definiram pela eleição de governador e senador. Nesse último caso aqueles que já definiram seu voto estão optando por Anastasia por ser o mais conhecido e por desconhecimento dos demais candidatos.

Enfim, nada definido ainda e espera-se que os candidatos possam intensificar nesses quase próximos  30 dias  o trabalho de corpo-a-corpo com os eleitores e vencerá quem tiver mais folego e disposição.

Os coordenadores de campanha estão preocupados com os “forasteiros” que estão divulgando suas candidaturas na nossa santa terrinha. Pretendem, tanto Regina como Mosconi e Geraldo, em conjunto, conscientizar a nossa população para que votem nos candidatos locais.



Escrito por Blog do Polli às 06h35
[] [envie esta mensagem] []


 
  

DROPS

A Secretaria de Administração adquiriu da União Agropecuária Ltda. R$ 157.570,00 em ração animal para o Centro de Controle de Zoonoses. Não será por falta de ração que os animais apreendidos vão passar mal.

********

O DMAE nomeou uma comissão composta por corretores de imóveis e funcionários da autarquia para avaliar a área ao redor da Igreja de São Benedito para fins de locação. Sem ter onde parar seus veículos e também das pessoas que procuram o setor de água e esgoto, a solução é alugar o pátio da igreja. Quem fica feliz com isso é o pároco da igreja.

*********

Finalmente uma boa notícia para os servidores lotados na Secretaria de Planejamento e Coordenação. A SEPLAN será transferida nos próximos dias para a casa onde estava instalada a DME-Energética, na rua Amazonas. Com isso ficam livres do risco de o prédio do Complexo Santa Cruz desabar de uma hora para outra.

*********

Os vereadores de oposição pretendem questionar a direção do DME-Distribuidora sobre a necessidade do reajuste que será solicitado da Aneel para entrar em vigor no mês de outubro. Querem explicações detalhadas para avaliar se existe mesmo a necessidade de aumentar a tarifa já que o Conselho dos Contribuintes, em reunião na semana passada optou por votar contra o reajuste, entendendo que a distribuidora pode suportar sem problemas as despesas de custeio sem este reforço de caixa.

********

Na edição de ontem o jornal Folha de São Paulo publicou matéria enfocando o abandono e falta de conservação das imagens do Cristo Redentor em algumas cidades. Poços de Caldas foi destaque na reportagem pela má conservação da estátua e também do local que fede urina desde a estação do teleférico. A prefeitura diz que vai revitalizar o local em 2015 e estuda fechar o acesso ao local durante a noite. Já que gasta R$ 2 milhões por mês com a Vina para o serviço de limpeza pública, não seria lógico incluir no serviço os pontos de passeio?

********* 

Outra matéria publicada pela Folha diz respeito a energia eólica e solar, duas fontes de energia limpa que estão sendo priorizadas pelas geradoras. Um empresário do setor está disposto a estudar com o DME uma parceria para geração no sistema solar através de uma Sociedade de Propósito Específico. O único problema é que o investidor não é ligado ao PT e nem ao deputado Odair Cunha.



Escrito por Blog do Polli às 06h35
[] [envie esta mensagem] []


 
  

DME: REAJUSTE DESNECESSÁRIO

Até o final deste mês, o Departamento Municipal de Eletricidade (Distribuidora) vai protocolar na Aneel, pedido de reajuste da tarifa de energia elétrica, como consequência das trapalhadas feitas pela presidente Dilma Roussef no setor. Os consumidores de todo o país vão pagar pela política energética equivocada do governo petista.

A distribuidora local deve pedir um reajuste entre trinta e quarenta por cento, solicitação que se for atendida pela Aneel resultará em sérios problemas para a população já que um reajuste desta ordem provocará demissões e aumento no custo de vida da população.

Se o país entrou na chamada “recessão técnica”, o município vive crise pior ainda. Quem quiser comprovar este fato deve confrontar os dados sócio-econômicos da cidade nos últimos dois anos, com municípios do mesmo porte ou até mesmo com cidades vizinhas.

A desindustrialização, com demissões na Alcoa, Sanitex, Curimbaba e outras empresas e a consequente queda nas vendas no comércio e redução na prestação de serviços resultam em sérios problemas que serão agravados mais ainda caso o DME insista no reajuste bem acima da inflação.

Quinta-feira o Conselho dos Contribuintes da DME-D se reuniu para estudar o assunto. Após análise dos últimos dados da economia no município, a maioria dos seus membros decidiu por encaminhar ao relator do pedido de reajuste, Reive Barros dos Santos, ofício onde esclarece a difícil situação e as graves consequências caso ele concorde com o reajuste solicitado pela distribuidora. O adiamento para o próximo ano, quando se dará o realinhamento das tarifas, talvez seja a solução de momento.

O que está levando o Conselho dos consumidores a solicitar este adiamento é o extraordinário lucro contabilizado pela distribuidora nos últimos anos. Em 2013, a própria direção da empresa bateu bumbo por conta do lucro de R$ 36 milhões, o que significa que a empresa pode muito bem dispensar o aumento, embora isto signifique menor lucro ao final do exercício.

A lógica para adiar o reajuste também é simples: como a empresa pertence ao município e seus legítimos proprietários são os próprios consumidores, nada mais justo que beneficiá-los com a divisão dos lucros através de uma tarifa mais baixa.

O blog vai iniciar uma campanha para despertar a discussão do assunto, quer seja no legislativo ou nas entidades representativas de classe como Associação Comercial, Sindicato dos Hotéis, do Comércio Varejista e outras entidades de classe.

Os hoteleiros, donos de supermercados e comércio em geral mais os pequenos e médios empresários precisam ser alertados sobre o que representa um aumento desta ordem nas contas de energia e o impacto que terá em seus negócios no final de cada mês.

Ontem a própria presidente Dilma Roussef desmentiu boatos sobre a possibilidade de um tarifaço no setor de energia elétrica, por entender que as empresas não precisam de um reajuste com índices acima da inflação. A justificativa de que o DME precisa fazer investimentos também não é válida porque este ano eles foram suspensos com objetivo de aumentar o lucro e repassar mais dinheiro para a prefeitura.

O DME é Nosso. Diga não ao Tarifaço.

PROJETO POLÊMICO

A reunião da próxima terça-feira da Câmara Municipal promete fortes emoções por conta da discussão de projeto de lei enviado pelo executivo que modifica o sistema de eleição dos diretores das escolas da rede municipal.

A Comissão de Justiça, por maioria absoluta dos seus membros exarou parecer contra o projeto por conta de orientação da Assessoria Jurídica que julga a proposta do executivo inconstitucional.

A primeira coisa a fazer é esclarecer qualquer dúvida quanto a legalidade da lei para depois colocá-la em discussão, até porque se aprovada a lei pode ser derrubada posteriormente na Justiça.

Professores e dirigentes de escolas prometem comparecer em peso na reunião como forma de pressionar os vereadores pela aprovação. 

 

DROPS

Rodrigo Reis, Secretário de Desenvolvimento e Trabalho, integrante do Conselho dos Consumidores do DME, pediu demissão na reunião realizada quinta-feira pelo Conselho, após ser derrotado na defesa do reajuste pleiteado pela distribuidora. Disse que a demissão é irrevogável. Seu suplente é o presidente da Fundação Jardim Botânico, Jorge Jabour.

********

A Prefeitura realiza pregão eletrônico no dia 17 próximo, para a contratação de instituição financeira, pública ou privada, para a prestação de serviços bancários, com exclusividade, necessários ao pagamento dos servidores municipais ativos, inativos, pensionistas ou qualquer outra pessoa que mantenha ou venha manter vínculo de remuneração com o município. O edital vale para a administração direta e indireta.

**********

Durante sua participação no Jornal do Sul de Minas, ontem pela TV Poços, o vereador e ex-líder da bancada da situação Flavio Faria, disse que seu colega Marcos Sansão agiu certo em chamar a polícia para entrar no depósito de lixo da prefeitura e que se ele estivesse em seu lugar teria agido da mesma forma.

********

Quem tem conversado com o prefeito Eloisio Lourenço nos últimos dias diz que ele tem plena consciência de que não fará grandes obras em seu governo e que deseja apenas equilibrar as contas da prefeitura para deixar o cargo sem problemas com a justiça. Reconhece que as coisas não andaram como desejaria nestes dois primeiros anos de mandato. Ou seja, caiu a ficha.

*********

O Procurador Geraldo do Município, Dalmo Roumie, disse em entrevista que a situação financeira da prefeitura é séria e que a decisão da Justiça em condenar a prefeitura a reajustar os salários dos servidores em 4,11%, referente ao repasse da inflação de 2010 agravará ainda mais o quadro.

*********

A empresa Vina Equipamentos e Serviços Ltda, contratada para o serviço de limpeza pública e gerenciamento do aterro controlado pode se transformar em uma enorme dor de cabeça para a administração. Novas denúncias estão sendo feitas aos vereadores de oposição, em off, contra a contratada.



Escrito por Blog do Polli às 06h40
[] [envie esta mensagem] []


 
  

 ESCONDENDO A SUJEIRA

            O vereador tucano Marcos Sansão, considerado uma pedra no sapato da administração, esteve no ex-aterro controlado, que nesta gestão foi rebaixado à categoria de um simples lixão a céu aberto, para saber como anda o tal “gerenciamento de resíduos sólidos”, a cargo da empresa Vina, contratada por vinte milhões de reais ao ano.

            Ficou surpreso porque embora sendo detentor de um mandato legislativo para fiscalizar os atos do poder executivo, teve a entrada ao local impedida primeiro pelo funcionário da empresa e depois pelo próprio titular da Secretaria de Serviços Públicos, responsável pelo depósito de lixo.

            Sua entrada só foi liberada após ele retornar acompanhado de dois policiais militares que garantiram a ele um direito constitucional. Como quem não deve, não teme, o vereador desconfiou que algo de estranho poderia estar ocorrendo por ali. .

            Não deu outra, em poucos minutos descobriu que tanto a empresa como o secretário tinham razão de impedir sua entrada. Ao invés de cobrir o lixo com terra, como é o normal em qualquer aterro controlado, o que estavam querendo esconder é o fato de o lixo estar sendo depositado a céu aberto.

            Sansão presenciou catadores recolhendo no local material reciclável e o chorume do lixão escorrendo para o ribeirão que passa ao lado do depósito de lixo.

            A denúncia do vereador é grave e merece ser investigada pelo Ministério Público, já que continua em vigor um TAC – Termo de Ajuste de Conduta – assinado entre o município e o MP para que o local siga as normas de um aterro controlado.

            Vale lembrar também que a estrutura administrativa da prefeitura possui um Departamento de Vigilância Ambiental, cuja função finalidade é impedir agressões ao meio ambiente e a responsável pelo setor, a geóloga Angela Marques é conhecida por sua atuação intransigente em defesa das leis ambientais.

            Ela deveria se pronunciar sobre o assunto para não dar a impressão que colabora para esconder a sujeira da Vina.

ATÉ AS ELEIÇÕES

Segundo uma fonte confiável, o contrato entre a prefeitura e a empresa Vina Equipamentos e Serviços Ltda. pode ser interrompido logo após as eleições, por conta da crise nas finanças da prefeitura. Caso isso aconteça, o serviço de varrição será interrompido e os funcionários demitidos.

Existe também uma expectativa sobre a transferência do serviço de coleta de lixo da Embralixo, responsável atual pela coleta, para a Vina, já que a data prevista para a troca é 12 de setembro, sexta-feira próxima. Até o momento não chegaram a Poços os caminhões de coleta e nem os funcionários que irão trabalhar no serviço.

Ao contrário do que ocorre com a Embralixo, que tolera pagamentos com meses de atraso, a Vina já avisou que não irá tolerar qualquer atraso e se ocorrer vai paralisar a coleta.

Há indícios que comprovam a ligação entre a Vina e a empresa FFX, contratada sem licitação e em caráter emergencial no início de 2013, para p serviço de limpeza pública. As roçadeiras são as mesmas e tiveram seus números de série raspados, assim como os coletores.

A mesma fonte diz ainda que o clima no setor administrativo da Vina é tenso e já resultou na demissão do encarregado geral, para “conter custos”, segundo justificativa.

Fornecedores (eletricista de máquinas, restaurante, aluguéis, borracheiro, pedreiro, lojas) e até mesmo funcionários estão com pagamentos em atraso, o mesmo acontecendo com o vale transporte.

PROCURADOR CRITICA ANTECESSORES

            O Procurador Geral da Prefeitura, Dalmo Luiz Roumie da Silveira, esteve ontem no programa Jornal do Sul de Minas da TV Poços, onde não poupou críticas aos seus antecessores, dizendo que quando assumiu o cargo encontrou na Procuradoria, uma bagunça, com papéis e processos jogados por todo lado.

            Dalmo repete a estratégia petista que é a de desvalorizar o trabalho dos antecessores para valorizar o novo, como se a Procuradoria inexistisse antes da sua passagem pelo cargo.

            Agindo dessa forma desqualifica trabalho desenvolvido por profissionais que já ocuparam o mesmo cargo como o ex-Juiz Rafael Santini, Marcelo Figueiredo e Marcia Maria dos Santos Mendes. Ofende até mesmo a memória do falecido João Monteiro, presidente do PT e o último a ocupar o cargo antes de Dalmo.

            O Procurador repete o erro do prefeito Eloisio que em entrevista no mesmo programa falou que em administrações anteriores os mendigos sofriam maus tratos. Esqueceu que a progenitora do seu Secretário de Governo foi uma das pessoas a responder pela Secretaria de Promoção Social.



Escrito por Blog do Polli às 06h36
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!