Blog do Polli
  

AUMENTO DE ENERGIA DEVE FICAR EM 15%

            Graças a firme atuação do Conselho dos Consumidores, representado pela sua presidente, Arlete Mareca Nogueira e pelo vice Cicero Machado de Morais, a energia elétrica em Poços de Caldas, de responsabilidade da DME-Distribuidora, deverá subir 15%, bem menos do que pretendia seu Diretor Superintendente, João Deom.

            No dia dez, os dois representantes do conselho se reuniram com diretor, a conversa foi tensa por conta do dirigente do Grupo DME que acusou os representantes do conselho de estar fazendo política com o aumento. Deom chegou a apresentar uma proposta com índice de reajuste de 23%, recusada pelos conselheiros.

            Na última sexta-feira, em Brasília, Arlete e Cicero participaram de uma reunião na sede da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), representada pelo relator do processo de reajuste das tarifas do DME, Reive Barros, mais o diretor do DME e seu assessor Miguel Gustavo Durante. Presentes também o Superintendente de Regulação Econômica da Aneel, Davi Antunes de Lima e Carlos Marcel F. da Silva, assessor do relator.

            O Diretor Superintendente da distribuidora voltou a insistir em um reajuste maior, mas ao final, após concordar em diferir parcelas financeiras, fechou questão num reajuste de 15%.

            Tudo indica que a agência reguladora irá homologar o aumento neste índice, embora esteja agendada para amanhã (terça-feira), uma nova reunião entre os dois representantes do Conselho dos Consumidores, do DME e da agência reguladora.

            Arlete e Cícero voltarão a insistir em um índice menor, embora já considerem os 15% um ganho para os consumidores uma vez que os dirigentes da distribuidora sonhavam com um reajuste entre 25% a 30%.

 

PESQUISADORA SUGERE VOTO EM DILMA

            Uma leitora do blog encaminhou e-mail onde diz que estranhou o comportamento de uma pesquisadora na manhã deste domingo. Ao atender a porta, uma jovem, uniformizada e com um crachá pendurado no peito, se identificou como funcionária do Instituto de Pesquisas Vox Populi.

A moradora inicialmente se sentiu uma privilegiada por ser uma das pessoas escolhidas para a pesquisa sobre a eleição de presidente. Forneceu seus dados pessoais, até que a moça iniciou as perguntas do questionário. Quis saber em quem ela votou para presidente no primeiro turno, se assistiu e o que achou do debate entre os candidatos no SBT, se assiste o horário eleitoral e por ai foi.

Ao responder em quem votaria no segundo turno disse que repetiria o voto em Aécio Neves. Foi aí que a pesquisadora passou a fazer colocações estranhas, perguntando se ela tinha conhecimento de que quando governador Aécio gastou milhões na construção de prédios para uma nova sede do governo em Belo Horizonte e se não achava isso um desperdício de dinheiro público.

Insistiu em saber para quem tinha dado seu voto para governador e fez inúmeras indagações sobre problemas do Estado, dando a entender que Aécio e o PSDB não souberam governar Minas Gerais.

Antes de encerrar a entrevista pediu que caso alguém ligue para sua casa, perguntando se foi pesquisada, que confirme sua visita. Após se despedir, a “pesquisadora” continuou na mesma rua, batendo de porta em porta.

A moradora ficou com a nítida impressão de que a representante do instituto Vox Populi tentou convencê-la a mudar seu voto para Dilma Rousseff.

CALÇADA VIRA ASSUNTO NA HOMENAGEM AOS IDOSOS

            Na última sexta-feira a Câmara Municipal realizou sessão solene em homenagem aos idosos. Durante a sessão o vereador Rogério Andrade levantou o problema da má conservação das calçadas, responsável por inúmeros acidentes envolvendo idosos.

            Quem não gostou da abordagem daquele assunto naquele momento foi o prefeito Eloisio Lourenço, presente na homenagem aos idosos. Com olhar de desaprovação, o prefeito, na sua fala, decidiu explicar os entraves que o impede de promover os consertos nas calçadas, principalmente do centro.

            Lembrou que buscou uma parceria com a Associação Comercial e que tudo estava acertado para que o município procedesse aos reparos, mediante cobrança posterior do proprietário beneficiado pela melhoria.

            Disse que a parceria só não foi concretizada porque o sr. João Ferrão, presidente da ADISMIG atrapalhou, ameaçando denunciar o acerto entre o município e a ACIA ao Ministério Público, por julgá-lo ilegal.

            Alguns vereadores da bancada da situação, incluindo o presidente da Casa, demonstraram constrangimento com a atitude do vereador Rogério em ter levantado um assunto tão polêmico numa sessão solene.

COMO SEMPRE

            Em artigo publicado na edição de sábado do Jornal de Poços, o presidente do PMDB local, José Osvaldo Costa, saiu em defesa da candidata Dilma, chamando seu adversário Aécio Neves, de “rapazinho”, “filhinho de Papai”, “menino minado” e por aí afora. No mesmo dia, à tarde, já estava sentado na mesa principal do ato promovido pelos petistas sulfurosos em apoio a reeleição da presidente.

            Na gestão Paulinho Courominas, o presidente do PMDB chegou a ocupar um cargo de primeiro escalão e durante a campanha municipal esteve ao lado do ex-prefeito, trabalhando deforma clara para a sua reeleição, ou seja, contra Eloisio.

            Pelo andar da carruagem, não vai demorar muito para que o presidente peemedebista retorne a prefeitura, ocupando outra vez um cargo de destaque.

AUMENTANDO RECEITA

            Como o mar não está para peixe, os prefeitos tem procurado formas inovadoras para aumentar as receitas municipais. Uma delas é a concessão dos abrigos de ônibus para exploração publicitária, em troca da conservação e com o repasse de uma comissão sobre o faturamento com a venda das publicidades.

            Por aqui, os abrigos destinados aos passageiros do transporte coletivo urbano estão uma vergonha, principalmente os novos, cujas laterais são de acrílico, utilizadas para todo tipo de propaganda e pichação, sem que haja por parte da concessionária ou da própria administração, qualquer providência para mantê-los limpos.

            A exploração de publicidade de forma oficial, mediante licitação e compromisso para a manutenção dos abrigos pode ser uma saída. A receita para a prefeitura não seria grande coisa, mas para quem anda vendendo o almoço para comprar a janta, não deixa de ser um reforço de caixa.

DESPERDÍCIO DE ÁGUA

            A falta de água em dezenas de bairros já é uma realidade e o racionamento deve ser uma das medidas a ser adotada pelo DMAE nos próximos dias para amenizar o problema.

            A crise no abastecimento serve, mais uma vez, para que o DMAE analise com urgência medidas a serem tomadas para evitar o desperdício, não dos usuários, mas sim da própria autarquia.

            Enquanto a população é sacrificada pela falta de água o DMAE desperdiça mais de 45% da água que trata por conta da rede de distribuição que é bastante antiga e apresenta vazamentos permanentes.

            O cálculo sobre o desperdício é do próprio DMAE que apesar do grave problema não toma nenhuma providência devido a falta de recurso para investimento na troca da tubulação.

            O DME está anunciando uma redução significativa na geração de energia por conta da longa estiagem que está afetando gravemente as represas Saturnino de Brito e Cipó, onde estão as duas principais captações de água que serve a população.

            Já que o Grupo DME possui excelente saúde financeira, com milhões aplicados em instituições bancárias, e como necessita de água para gerar mais energia, poderia bancar as obras para redução do desperdício o que resultaria em benefício da população e até mesmo a liberação de um volume maior de água das duas represas para geração de energia.

            Este sim seria um dinheiro bem aplicado, ao contrário dos recursos que são desviados do DME para cobrir rombo de uma má gestão administrativa.



Escrito por Blog do Polli às 06h54
[] [envie esta mensagem] []


 
  

PRESIDENTE FALHOU NA DEFESA DO LEGISLATIVO

            Vereadores de oposição estão insatisfeitos e com muita razão, no que diz respeito ao desempenho do presidente Paulo Tadeu como líder maior do poder legislativo no município.

            Com o mandato de presidente prestes a se encerrar, durante os 22 meses em que esteve no cargo, Paulo se comportou não como um defensor do legislativo, mas sim, como representante do poder executivo, não se preocupando em fazer valer os direitos dos vereadores quando o assunto contraria interesses do executivo.

            Um dos fatos que desabona sua conduta no cargo é a falta de respeito a lei no tocante a respostas de pedidos de informações formulados pelos vereadores e aprovados em plenário. Trata-se de um direito legítimo daqueles que tem assento no poder legislativo e que não vem sendo respeitado pelo executivo.

            Existem requerimentos que há vários meses aguardam resposta do prefeito e da sua equipe de governo e não raro, estas respostas são enviadas incompletas e até mesmo de maneira deseducada para com aqueles que foram eleitos com a função de fiscalizar os atos do executivo.

            O fraco desempenho na presidência da Câmara talvez tenha contribuído para a baixa votação que o vereador recebeu na tentativa de se eleger deputado estadual. Se a sua passagem pelo comando da Câmara fosse marcada por uma ação mais contundente em defesa do poder que representa, quem sabe o seu desempenho nas urnas fosse melhor.

            É incompreensível também a passividade com que o presidente aceitou propostas que desmerecem o legislativo, como é o caso do projeto que propõe alterações na lei que criou as empresas de energia elétrica. Um dos artigos propõe autorização plena a direção do Grupo DME para negociar e firmar parcerias com empresas da iniciativa privada sem necessidade de aprovação legislativa.

            No projeto que propõe mudanças na lei, a justificativa do chefe do executivo para deixar os vereadores de fora nas negociações, é que as tratativas entre as empresas exigem cláusula de confidencialidade, condição que impede maior transparência nos negócios.

            Vale registrar a mudança de comportamento do vereador que adotou um comportamento mais ligth se compararmos com suas posições radicais do passado. Mas como presidente da Câmara faltou tirar a camisa do executivo e vestir a do legislativo.  

DECLARAÇÕES CONFLITANTES

            Muita gente não entendeu o posicionamento do Procurador Geral do Município, Dalmo Luiz da Silveira, no caso da incorporação das gratificações pagas aos servidores que são indicados para trabalhar em sindicâncias internas.

            A lei não admite este tipo de incorporação. O que a lei permite é apenas que o servidor mantenha o salário que recebe após a permanência por determinado tempo em cargos de confiança.

            Por exemplo, um servidor que tenha sido nomeado para exercer o cargo de secretário ou sub-secretário e permaneçe no cargo por um tempo determinado na lei, fará jus a incorporação. Quanto s incorporação de gratificações pagas por atuação em comissões de sindicância ou qualquer outro tipo de comissão não existe amparo legal para ser incorporada.

            Por conta disso, o Procurador deve ser ouvido pelos vereadores que querem explicações por ele haver autorizado a incorporação das gratificações ao salário de um advogado que prestava serviços na Procuradoria.



Escrito por Blog do Polli às 06h40
[] [envie esta mensagem] []


 
  

DROPS

O site Fiscaliza Poços publicou ontem o resultado de um concurso oficial da prefeitura, onde Sheila Patresi dos Santos aparece como uma das aprovadas para o cargo de Auxiliar de Manutenção Civil. Será que Sheila que responde pelo Centro de Controle de Zoonoses, tem mesmo interesse em exercer o cargo ou apenas está fazendo uma chicana para no futuro ser designada para outra função, como, aliás, se tornou comum na prefeitura?

*********

A troca da empresa responsável pelo vale-alimentação dos servidores municipais deve continuar gerando problemas por conta da alta taxa de serviço cobrada dos estabelecimentos onde os servidores fazem suas compras. O problema está na vantagem oferecida pela empresa responsável a prefeitura. O vale é de R$ 365,00 e a prefeitura reembolsa R$ 345.00. A diferença mais o lucro da empresa encarecem a taxa de serviço, provocando a chiadeira dos donos dos supermercados, principalmente.

*********

A administração está em busca de uma nova fórmula para transferir dinheiro do DME para os cofres do município. Como a Distribuidora necessita construir uma sub-estação na área do Distrito Industrial, o acerto inicial era que a prefeitura faria a doação do terreno. Agora a administração já fala em vender a área para faturar mais uma graninha que vai ajudar a pagar contas de uma má gestão.

*********

A prefeitura contratou as empresas Acácia Ltda. e DVH Elétrica e Montagens de Painéis, para aquisição de peças para a decoração natalina de 2014: Valores R$ 355.598,00 e R$ 50.640,00. O secretário de turismo esteve ontem no Canal Aberto da TV Poços, onde disse que a prefeitura passa por séria crise financeira e que por conta disso a verba para ornamentação natalina será reduzida em comparação com o ano passado.

********

Por mais 12 meses, o Jornal da Mantiqueira continuará a publicar os atos oficiais do município. Com parecer favorável da Procuradoria Geral, a Secretaria de Administração promoveu a renovação do contrato firmado através de licitação entre a Prefeitura e a Empresa Jornalística Poços de Caldas Ltda.

*********

Na entrevista que deu ao Jornal de Poços o Procurador Dalmo Luiz afirmou que “os servidores vivem em busca de penduricalhos para melhorar seus baixos salários”. Embora Dalmo queira transferir a culpa para os servidores, os verdadeiros culpados são os gestores públicos que admitem os “penduricalhos”. Nenhum servidor faz nada sem o consentimento da chefia.

********* 

Ao falar sobre as dificuldades da prefeitura no setor financeiro e a reclamação das entidades beneficentes que estão com o repasse de verbas oficiais em atraso, o secretário de turismo Romulo Vilela foi direto: as entidades reclamam sem razão já que vivem à custa da prefeitura.

********* 

Em plena campanha eleitoral, a administração está distribuindo para a população, através dos correios, um “informativo” das ações de governo. Algumas manchetes: Cidade Limpa e Bem Cuidada: Intervenções Melhoram o Trânsito; Avenida Santo Antonio Receberá Investimento.

******** 

A direção da TV Alterosa, afiliada do SBT na região, deve explicação sobre o motivo que levou a emissora a sair do ar, ontem, minutos antes do debate entre os presidenciáveis. A emissora possui equipamentos de retransmissão no alto da serra de São Domingos e pelo que consta no horário não chovia e não houve queda de energia no local.



Escrito por Blog do Polli às 06h39
[] [envie esta mensagem] []


 
  

DIFÍCIL DE EXPLICAR

            A secretária de Administração Maria Luisa Santiago e o Procurador Geral Dalmo Luiz Silveira devem explicar melhor um requerimento apresentado pelo vereador Antonio Carlos Pereira, indagando sobre os servidores que foram beneficiados com a incorporação em seus salários de gratificações que recebiam por conta de atuação em processos de sindicância interna.

            Em entrevista concedida sobre o assunto ao Jornal de Poços, Dalmo disse que os servidores “por muitos anos sempre procuraram encontrar penduricalhos para justificar os baixos salários pagos pela prefeitura”. Segundo ele, a prefeitura tem um misto de regime que muitas vezes não é aceito pela Justiça do Trabalho já que a legislação municipal não é compatível com o pensamento do órgão encarregado de julgar ações trabalhistas.

            A chegou até o vereador e acredita-se, também ao jornal, através de uma carta anônima citando o advogado Ricardo Luiz Batista, que prestava serviços na própria Procuradoria e foi beneficiado com a incorporação de gratificações por conta de atuações em comissões de sindicância, segundo informações, sem ter cumprido o prazo estipulado na lei municipal.

            De acordo com a lei o servidor só teria direito a esta incorporação se exercesse a mesma atividade durante dez anos, o que não teria ocorrido. Segundo informações, atos assinados pela Secretária de Administração, também beneficiaram outros servidores, nas mesmas condições.

            A justificativa apresentada pelo Procurador é no mínimo curiosa, já que ele pré-julgou o caso, concordando com a incorporação porque “a Justiça do Trabalho, tem dado ganhou de causa para quem reclama o benefício”. Por conta disso, diz que vai propor a alteração da lei municipal.

            O estranho neste caso é que tenha autorizado a incorporação, antes mesmo da lei ser alterada. Coincidentemente, o advogado Ricardo Luiz Batista foi quem assumiu a presidência da comissão de licitação que julgou a concorrência pública para a contratação da empresa de limpeza pública.

            Como foi noticiado, durante esta concorrência, os primeiros indicados para compor a comissão se negaram a classificar as empresas concorrentes, entre elas a VIna Equipamentos e Serviços Ltda. vencedora da licitação, por falhas na documentação apresentada.

            Se comprovada a ilegalidade o assunto promete render boas manchetes.

TERRORISMO SOCIAL

            Segundo denúncias, o prefeito e seus assessores continuam fazendo terrorismo nas famílias beneficiadas com imóveis do programa Minha Casa Minha Vida. Diz que se a Dilma não vencer as eleições vai cortar a água dos condomínios que estiverem em atraso.

            Ameaça também ações contra os proprietários com prestações em atraso e diz ainda que nenhum bairro onde a presidente perder a eleição será beneficiado com obras da prefeitura durante o seu governo.

            Pelo visto, não é só a presidente que conta mentiras.

GASTANDO AGUA...

 

Na segunda-feira, por volta da 7 horas da manha  a praça em frente à URCA estava com todos os seus esguichos de irrigação ligados para molhar a grama daquela praça. Com toda a crise de abastecimento que existe em nossa cidade o Secretário-sorriso deveria determinar ao setor de Parques e Jardins que não mais continuasse com esse tipo de operação.

É preferível que a grama morra do que o cidadão ficar sem água na residência. Apenas uma questão de equilíbrio. Nada mais do que isso.



Escrito por Blog do Polli às 06h31
[] [envie esta mensagem] []


 
  

POR FALAR NELE...

 

O Secretário-sorriso afirmou numa estação de tv local que a prefeitura está passando por dificuldades financeiras e que a empresa VINA está dispensando funcionários, mas com o compromisso de reativar parte dos serviços em janeiro próximo.

Para o orçamento desse ano foi aprovada uma verba da ordem de 8 milhões para atender a coleta de lixo e outros serviços correlatos. A vereadora Regina Cioffi fez um pedido de informação querendo saber quanto foi pago à EMBRALIXO e o que está sendo pago à VINA em função da mudança de critério já que a antiga empresa fazia a coleta e o valor era pago por viagens e no atual contrato o valor é por peso transportado.

Antes, a primeira empresa tinha 10 caminhões na coleta e por informações dos próprios empregados que realizam esse tipo de serviço a empresa conta apenas com 8 caminhões para a coleta. Pelo que já se fala a atual empresa recebe mais de 50% em relação à EMBRALIXO pelo mesmo tipo de serviço.

Com relação ao serviço de varrição das ruas... bem, isso nem vale a pena comentar...

 

ENQUANTO ISSO...

 

O trânsito continua caótico principalmente nos momentos de pico. Até quando vai perdurar essa incoerência? E ainda querem aumentar o número de vagas... O vereador Tiago Cavelagna acha que se retirar alguns estacionamentos em ruas centrais isso poderá gerar graves problemas com carros andando em grande velocidade pelo centro da cidade.

Parece que o vereador não entendeu ainda a questão da mobilidade urbana... Quanto mais espaço nas ruas o transito fui melhor e mais rápido. Com isso menos engarrafamento...

 

O ESPETÁCULO FOI SÓ PARA O PSDB?

 

Alguns políticos saíram insatisfeitos com a reunião que ocorreu no Palace Hotel, na terça feira, de apoio ao presidenciável Aécio Neves. Os coordenadores do evento preferiram valorizar os políticos da região esquecendo que estavam alí representando os diversos partidos que fazem parte da coligação e que ofereceram apoio para essa segunda etapa das eleições.

Os tucanos fizeram do evento um movimento como se fosse somente do PSDB. E ainda querem pregar a união para as eleições de 2016. Dessa maneira vai ser difícil... 

DROPS

O vereador Luiz Carlos Pena e Silva, o “LIcal” disse que não entende seu ex-colega de partido Luiz Antonio Batista que continua a criticá-lo nas redes sociais. “Aquilo que prometi, eu cumpri, a Angela está fora da administração”, disse o vereador, referindo-se a exoneração da geóloga que respondia pelo Departamento de Meio Ambiente.

**********

Representantes dos servidores municipais se reuniram com a direção da Associação Comercial para analisar rumores de que os supermercados não aceitariam mais os tickts alimentação da nova empresa contratada pela prefeitura por conta da alta taxa de serviço cobrada pela empresa. O problema não ocorria com a empresa anterior. Outra mudança que continua gerando reclamações é a coleta de lixo que por muitos anos foi feita sem problemas pela Embralixo. Além de pagar mais caro pelos serviços, a administração escolhe mal suas contratadas.

*********

Eloisio tem dito aos vereadores da sua bancada que aguarda apenas o resultado das eleições para traçar novos rumos para o governo. Fala até em possíveis alterações em postos de primeiro escalão para dar uma guinada na administração a partir de 2015.

********

Paulo Tadeu tem declarado aos mais próximos que esta foi a sua última disputa eleitoral. Não pretende disputar mais nenhuma eleição embora não passe pela sua cabeça, deixar de ser um militante ativo do Partido dos Trabalhadores. Quer se dedicar aos negócios na iniciativa privada.

********

Através da portaria 4.235, o prefeito nomeou uma comissão formada por Manoel Pereira de Melo Filho, Nivaldo Donizeti Morais, Geraldo de Souza Nery e Ricardo Luiz Batista, para fiscalizar a execução do projeto Natal 201. Pelo menos este ano, ao contrário de 2013, haverá uma comissão para ser responsabilizada caso o projeto não obedeça as especificações contidas na proposta que originou a contratação.

**********

A Secretaria de Administração abriu também licitação para a compra de materiais elétricos que serão utilizados na decoração do Natal 2014. Perguntinha: após a retirada a decoração, os referidos materiais serão recolhidos ao almoxarifado?



Escrito por Blog do Polli às 06h30
[] [envie esta mensagem] []


 
  

FUTURO INCERTO

            Tereza Navarro esteve ontem no programa Canal Aberto, da TV Poços, onde declarou que continuará fazendo política junto com seu grupo. Perguntada se seria candidata a prefeita em 2016, respondeu que não.

            Não disse se aceitaria um convite para ser candidata a vice, afinal de contas, o futuro a Deus pertence. Se bem, que neste caso, os coronéis da política sulfurosa podem decidir por Ele.

EMPREGO GARANTIDO

            Geraldo Thadeu já reassumiu suas funções na Câmara Federal onde permanece até fevereiro quando serão empossados os deputados eleitos. Disse que vai continuar com a mesma rotina de antes da eleição, trabalhando para atender as reivindicações da sua base eleitoral.

            Por ser considerada uma das equipes mais antigas e competentes entre as 513 que assessoram os deputados, os funcionários do seu gabinete estão sendo requisitados para continuar prestando serviços na Câmara.

            Um dos eleitos já pediu ao Geraldo toda equipe “emprestada”, com a promessa de devolvê-la caso ele retorne a Casa.

SEM NOÇÃO

            Quem anda por aí sabe que a cidade está abandonada, com as ruas e calçadas esburacadas, todas sujas, o mesmo acontecendo com as praças, parques e jardins.

            Sem dar conta de conservar o que já existe, o prefeito se atreve a anunciar e enviar para a Câmara, proposta para a criação de um novo bairro residencial, com 900 habitações para famílias de baixa renda, em área sem nenhuma infraestrutura, nem mesmo acesso.

            Para complicar, a prefeitura está sem dinheiro, atrasando o pagamento de fornecedores e prestadores de serviço, além de não estar repassando em dia os recursos devidos ao hospital da Santa Casa e entidades conveniadas.

            Pior de tudo é que tem gente que ainda acredita nas promessas mirabolantes do alcaide. Só para lembrar, onde anda o trenzinho? A charretevia da João Pinheiro? Os R$ 74 milhões para obras de mobilidade urbana? A revitalização da Rua Marechal Deodoro? O centro de convenções... etc. etc.

            Durante entrevista na semana passada, Eloisio garantiu que será candidato à reeleição. Conta com total apoio... da oposição.

INSISTÊNCIA

            Passada a eleição presidencial, seja qual for o resultado, o chefe do executivo, com ajuda do presidente da Câmara, Paulo Tadeu, deve insistir na aprovação do projeto que altera a lei 111, do DME.

            A intenção é promover algumas mudanças na proposta para agradar alguns vereadores e obter aval do ex-diretor do DME, Cicero Machado de Morais. A alteração que mais interessa ao executivo é a que permite o repasse de 100% do lucro a prefeitura. Necessária para que a administração cubra rombo da má gestão administrativa.

ENFRAQUECIDO

            Nas conversas em off Paulo Tadeu tem dito que no grupo do PT, apenas Eloisio Lourenço tem se mostrado amigo e esteve ao seu lado durante toda a campanha.

            Por conta dessa lealdade, Paulo pretende dar o melhor do seu esforço para aprovar os projetos de interesse da administração até o encerramento do ano.

            Em 2015 o vereador, fora da presidência do legislativo, tem dois caminhos a seguir: aceitar uma das diretorias do DME ou assumir um cargo no governo do Estado, sob o comando de Fernando Pimentel.

            Por falar no governador, durante a campanha, conversando com um repórter da Globo sobre Poços de Caldas, Pimentel disse que um dos erros do partido na cidade foi a briga que levou Paulinho Courominas a deixar a sigla.

            O futuro governador talvez não esteja informado ainda das divergências que podem levar o vereador Flávio Faria a tomar o mesmo caminho do ex-prefeito.

DESCANSO DO GUERREIRO

            Passada a eleição, o senador eleito Antonio Anastasia, responsável pela coordenação da campanha de Aécio no Estado, já avisou a direção do Pálace Hotel que deseja passar pelo menos uma semana na cidade descansando, sem ser incomodado.

            A direção do hotel já respondeu ao “professor”, que seu desejo será atendido com o maior prazer.



Escrito por Blog do Polli às 15h53
[] [envie esta mensagem] []


 
  

DE MUDANÇA

            Após a expressiva votação obtida em Poços de Caldas, dez mil votos contra doze mil em Pouso Alegre, o deputado Odair Cunha que é de Boa Esperança, onde iniciou sua carreira e depois se transferiu para Pouso Alegre, já pensa em mudar seu domicilio eleitoral para Poços.

            Para se enraizar por aqui, segundo as más (ou boas) línguas, teria até adquirido parte de um grupo de comunicação local, que o apoia desde a eleição passada.

OS “DONOS” DE GRUPOS POLÍTICOS

 

Um político influente declarou recentemente que vai ser muito difícil unir os diversos grupos políticos da nossa cidade visando as próximas eleições. Dizem que é preciso renovação, mas os coronéis não abrem mão de escolher seus candidatos.

A designação imposta por Aécio escolhendo Pimenta da Veiga deveria ser um bom motivo para se buscar novas lideranças, com capacidade para administrar a nossa cidade. A persistir essa idéia antiquada estaremos fadados a mais um fracasso nos próximos 4 anos. O tempo dirá...

 

POLITICOS PREOCUPADOS

 

Alguns políticos que não conseguiram sucesso no último pleito estão preocupados em justificar os gastos realizados na campanha. Dessa vez o TSE juntamente com a Receita Federal vão fazer um pente fino nas empresas que de alguma forma, forneceram material  para os candidatos.

Caso a investigação seja feita de forma séria vai ter muito candidato e empresas em situação complicada para justificar os gastos e recebimentos feitos.

 

ENERGIA ELÉTRICA MUITO MAIS CARA

 

Fontes com grande influencia na ANEEL garantem que o reajuste da energia elétrica em Poços de Caldas será acima dos 20% a partir do próximo mês. O único sócio do Grupo DME está de olho no resultado final e espera que possa tirar mais recursos para quitar as contas.

Pobre do consumidor que já sente no bolso quando vai ao supermercado e ainda vai ter que pagar mais pela conta da luz. Os comerciantes e industriais já estão pensando como fazer para repassar os custos ao consumidor que será o grande perdedor nessa história.   

ANIVERSÁRIO DA COOPOÇOS

A Coopoços, presidida com muita competência pelo Sérgio Azevedo, vai comemorar o seu 23.o aniversário com um churrasco no seu clube de campo. A festa será no próximo domingo, dia 19 com um delicioso churrasco de chão, com renda revertida para a AACD.

A festança começa as 12 horas com ingresso a R$ 20 para cooperados e dependente; R$ 25 para convidados e R$ 5 para crianças de 4 a 12 anos.



Escrito por Blog do Polli às 15h53
[] [envie esta mensagem] []


 
  

CAIXA GARANTE 13.o AOS SEVIDORES

            A Caixa Econômica Federal foi a vencedora do pregão realizado pela administração para a “venda” da folha de pagamento do funcionalismo municipal. Como virou praxe na maioria das prefeituras, as instituições bancárias oferecem aos municípios vantagem financeira para administrar a folha de pagamento dos servidores, instalando uma de suas agências em local cedido pela própria prefeitura.

            Até o final deste mês, este direito pertence ao Banco Itaú, mas a partir do dia primeiro de novembro, por ter oferecido a maior vantagem financeira a prefeitura (R$ 7 milhões), a Caixa Econômica Federal é quem vai administrar o pagamento do funcionalismo.

            Por causa desta alteração, os servidores terão que abrir conta corrente na Caixa Federal possibilitando a Secretaria da Fazenda através do Departamento de Pessoal, efetuar o depósito dos salários em suas contas correntes.

            Com os R$ 7 milhões que receberá da Caixa, o governo municipal garantiu recurso para pagamento do 13.o do funcionalismo. Não fosse essa estratégia, a administração teria dificuldade em arrumar o recurso.

            Embora tenha que efetuar o desembolso de R$ 7 milhões pelo direito de administrar a folha do funcionalismo, a Caixa Federal deverá ser beneficiada pelo Grupo DME com a transferência da reserva financeira que as empresas de energia elétrica mantém aplicado no Banco Itaú.

            A desvantagem desta transferência, segundo informações, estaria na remuneração das aplicações. Enquanto o banco Itaú remunera o DME em 100% da taxa de correção, a remuneração das aplicações na Caixa renderão apenas 92% do índice de correção monetária.

COLETIVA PARA EXPLICAR DERROTA

            Na próxima terça-feira com a presença do governador Alberto Pinto Coelho e do senador eleito Antonio Anastasia, será realizada uma manifestação de apoio a candidatura de Aécio Neves em Poços de Caldas, marcando o início da campanha neste segundo turno.

            Ontem o PSDB agendou uma coletiva com a imprensa para fazer um balanço da eleição no primeiro turno e para divulgar o ato de apoio ao candidato tucano na terça-feira.

            A iniciativa que contou com a presença do deputado Carlos Mosconi e dos candidatos derrotados Paulinho Courominas, Regina Cioffi e Tereza Navarro, além do ex-prefeito Sebastião Navarro, vereadores, presidentes de partidos e algumas lideranças de oposição, soou como uma ação para marcar território em favor dos tucanos que já sonham com a vitória de Aécio Neves.

            A coletiva serviu também para que os candidatos que não tiveram sucesso na eleição manifestassem insatisfação com o resultado das urnas. Segundo eles, a derrota foi causada pelo excessivo número de candidatos e por votação em candidatos de fora.

            Ou será que os eleitores cansaram de os candidatos da terra serem sempre os mesmos? Verdade seja dita, nenhum dos candidatos empolgou o eleitorado pelo fato de não representarem novidade na política local.

            Ao invés de jogar a culpa nos eleitores, melhor seria uma análise sobre o próprio umbigo. E se em 2016 continuarem os mesmos é bom ir se preparando para uma nova derrota.

            Pensem nisso senhores... o tempo de enfiar nomes goela abaixo dos eleitores acabou é só lembrar da eleição municipal de 2012 ou mais recente, um “poste” chamado Pimenta da Veiga. Para não citar outros, né mesmo?

DESÂNIMO NO PT

            Já os petistas, sob o comando do prefeito Eloisio e do presidente da Câmara, Paulo Tadeu, se reuniram na quinta-feira para traçar planos com vistas a campanha deste segundo turno em favor de Dilma Rousseff.

            Segundo um dos participantes, a derrota imposta aos candidatos do Partido dos Trabalhadores no último dia cinco, abateu o animo dos petistas que ainda mostram desanimados e pouco confiantes em uma possível virada no segundo turno em Poços e na região.

            A tendência, segundo a mesma fonte, é que Aécio Neves amplie sua vantagem uma vez que dificilmente a militância petista sairá às ruas para pedir votos aos eleitores.

            A campanha deve ficar restrita aos veículos de comunicação e algumas peças de campanha que serão espalhadas pela cidade.



Escrito por Blog do Polli às 06h25
[] [envie esta mensagem] []


 
  

DROPS

Caso a presidente Dilma seja vitoriosa, é pretensão do deputado Odair Cunha, presidente do PT em Minas, reivindicar a indicação para o Ministério do Turismo. Odair acha que neste ministério pode fazer um bom trabalho e até se credenciar para a disputa do governo do Estado no futuro.

*********

Não é apenas o engenheiro Aldo Foltz, titular da Secretaria de Projetos e Obras Públicas, que deve deixar a administração no início do ano. Em conversa reservada com um vereador do partido, Eloisio disse que pensa em promover algumas mudanças na equipe para melhorar o desempenho do governo. Um dos setores que deve passar por alteração é a Secretaria de Comunicação Social, que está inoperante nas mãos do dentista Fernando Posso.

*********

Duro mesmo foi ouvir o discurso do representante da ASI – Associação Sul-mineira de Imprensa – na coletiva de ontem no Pálace Hotel. Só faltou lançar um dos presentes como candidato a prefeito em 2016, esquecendo que a reunião dizia respeito apenas a campanha presidencial.

*********

Pegou mal a falta de compostura de um vereador tucano que tratou de forma deselegante um dos presentes na coletiva. O líder partidário estava na reunião a convite do deputado Carlos Mosconi e do presidente do PSDB. Um pouco de educação não faz mal a ninguém, principalmente aqueles que ocupam cargo público.

*********

Quem também deu o ar da graça na coletiva foi o empresário Paulo Molinari que mesmo de maneira discreta, colaborou na campanha do deputado Geraldo Thadeu. Molinari deve integrar a equipe de coordenação de campanha de Aécio Neves no segundo turno.

******** 

A coletiva de ontem, convocada pelos tucanos com a presença dos candidatos derrotados mais parecia um muro de lamentações, e ao dizer que a campanha de 2016 para prefeito está nas mãos do deputado Mosconi, o ex-prefeito Sebastião Navarro simplesmente desmereceu o grupo. Continua fazendo jus ao título de coronel. Ainda bem que o deputado foi mais cauteloso e tratou de corrigi-lo dizendo que este assunto deve ser tratado na hora certa... pelo grupo.

CONSUMIDOR INSATISFEITO COM

Nosso amigo Edenil de Melo Brito está insatisfeito com o tratamento recebido por ele na Toyota Nipônica, em Poços de Caldas e não é para menos. Em conversa, relatou o seguinte episódio:

Em 16/09/2014, o botão seletor de velocidade do aparelho de ar condicionado do seu veículo TOYOTA, modelo ETIOS SD XLS 105, apresentou um problema, pois não estava eficiente para operar o controle do ar condicionado. Diz ele que procurou a TOYOTA NIPÔNICA de Poços de Caldas e comprei um botão novo. (exibiu a nota fiscal).

            Como a peça nova não resolveu o problema decidiu consultar a área de serviços da revendedora e surpreendentemente, recebeu o diagnóstico, de que deveria “substituir o controle do ar condicionado”.

Convencido de que realmente se tratava do controle do ar condicionado e não do botão, Edenil acatou a sugestão do recepcionista e encomendou a peça (mostrou o orçamento R$ 407,77).

Eis que, diz ele, já na saída da TOYOTA NIPÔNICA, o volume do ar condicionado que antes respondia a cerca de 60%, adquiriu um volume de cerca de 80% da sua capacidade.

Ontem, sexta-feira, por volta das 08:30hs, após ser informado que a peça que eu havia encomendado havia chegado, se dirigiu a revendedora onde foi recebido por recepcionistas mal humorados, de má vontade e sem qualquer consideração para entender o que este tentou explicar, que a peça do controle do ar condicionado não estava quebrada, pois estava funcionando a cerca de 80% da capacidade e por conta disso, não deveria ser substituída.

Seu argumento não foi aceito pelos funcionários da revendedora. Segundo Edenil, por se tratar de defeito em peça original, a substituição deveria ser feita sem ônus para o proprietário.

            Não restou alternativa a não ser denunciar o fato e o mal atendimento a própria fabricante do veículo.



Escrito por Blog do Polli às 06h25
[] [envie esta mensagem] []


 
  

OPOSIÇÃO UNIDA EM FAVOR DE AÉCIO

            Os partidos de oposição estão unidos para participar da campanha de Aécio Neves contra Dilma Rousseff neste segundo turno. O PSD de Geraldo Thadeu, segundo informou seu presidente, Sérgio Krisanski, vai trabalhar pela candidatura do senador tucano.

            Desde a terça-feira o deputado Geraldo Thadeu está em Belo Horizonte, convocado pela cúpula da campanha de Aécio, agora coordenada pelo senador eleito Antonio Anastasia. Geraldo participou de várias reuniões com vistas as ações de campanha que serão desenvolvidas na cidade e na região em favor de Aécio.

            Após uma reunião com Anastasia, Geraldo ligou para o prefeito Eloisio Lourenço, comunicando que estará ao lado de Aécio e contra Dilma. Como se sabe, apesar de ter recebido ajuda de Geraldo nestes dois primeiros anos de governo, o prefeito trabalhou ativamente pela reeleição do deputado Odair Cunha.

            Junto com Geraldo estará Carlos Mosconi (PSDB), Paulinho Courominas (PMN), Sebastião Navarro (DEM), vereadores e lideranças oposicionistas que confiam na vitória do candidato do PSDB.

            Está agendada para a próxima terça-feira, às 14 horas, no Pálace Hotel uma manifestação em favor de Aécio com a presença do governador Alberto Pinto Coelho e do senador eleito Antonio Anastasia.

            A reunião será a largada para a campanha neste segundo turno. A meta dos oposicionistas e ampliar a votação de Aécio em Poços e em toda a região, impondo a Dilma uma nova e retumbante derrota.

SE AECIO VENCER POÇOS GANHA DOIS DEPUTADOS

            Segundo noticiário da imprensa mineira, se Aécio Neves for eleito presidente, vai repetir o que fez Itamar Franco, criando um núcleo de mineiros no governo. São nomes certos para integrar o grupo: Anastasia, Alberto Pinto Coelho, Danilo de Castro e Dinis Pinheiro mais os deputados federais Marcos Montes, Domingos Sávio, Carlos Melles e Marcus Pestana.

            Caso isso aconteça, serão empossados Carlos Mosconi e Geraldo Thadeu, respectivamente terceiro e quarto suplentes. Excelente motivo para a população de Poços e cidades vizinhas votar em Aécio.

SEM FISCALIZAÇÃO

            Caminhões com carga acima do peso permitido por lei municipal continuam transitando livremente pelo centro da cidade sem ser incomodados por quem tem a função de fiscalizar o cumprimento de lei municipal que impede o tráfego de veículos com carga acima de sete toneladas.

            Responsável pela preservação do patrimônio público e agora também pela fiscalização do trânsito, a guarda municipal mão cumpre nem uma nem outra função.    Enquanto isso o responsável pelo setor de defesa social continua preocupado em implantar trevinhos e rotatórias, sem necessidade, na maioria dos bairros.

            A Avenida João Pinheiro continua com o trânsito cada dia mais complicado e as colisões aumentam por conta da péssima sinalização. Eloisio prometeu no início do ano que a prefeitura iria melhorar as condições de tráfego na avenida, mas até agora nada foi feito.

DROPS

Sexta-feira passada, antevéspera das eleições, o corre-corre foi grande nas coordenações de campanha, com os candidatos e seus assessores correndo em busca de dinheiro para pagar os cabos eleitorais e as últimas despesas de campanha. Em uma das coordenações, a preocupação era outra: arrumar recibos para “esquentar” a sobra de campanha que por sinal, foi muito boa.

*********

Eleitores de Aécio Neves procuravam ontem material de campanha, principalmente adesivos para veículos e bootons. Ninguém sabia informar onde poderiam encontrar o material e muito menos quem será o encarregado da campanha neste segundo turno, em Poços e região.

********

A falta de dinheiro pelos lados da administração está cada dia maior e o Secretário da Fazenda não faz outra coisa a não ser juntar recursos para pagar o salário do funcionalismo. Fornecedores, prestadores de serviço e até mesmo entidades conveniadas estão com o pagamento atrasado. O mesmo acontece com os precatórios trabalhistas onde nem o acordo firmado entre o município e a Justiça está sendo respeitado.

*********

O vereador Tiago Cavelagna, retornou à Câmara e o fez com o pé esquerdo na votação de um item do regimento interno que proíbe o presidente se manifestar sobre assuntos em discussão sem descer ao plenário. Acabou se indispondo com o colega Antonio Carlos Pereira que sempre defendeu a tese de que o presidente da Casa só pode entrar na discussão após passar a presidência para outro componente da mesa. Tiaguinho alimenta a esperança de ser escolhido o próximo presidente da Casa.

*********

Quando aqui esteve, no final de maio para entrega de máquinas aos prefeitos, Dilma Rousseff, em seu discurso, disse que o prefeito Eloisio é a quarta maravilha da cidade. Deve ter mudado de ideia após o resultado das urnas, no domingo.

*********

De um observador político: tudo bem que desperdiçamos votos em candidatos de fora e também é verdade que o número excessivo de concorrentes da cidade prejudicou a eleição. A verdade, porém, é que nenhum nome empolgou o eleitorado, eram os de sempre, com as mesmas propostas e a mesma conversa fiada.

*********

O telefone de Geraldo ao prefeito indicando que estará alinhado na campanha de Aécio Neves neste segundo turno é o primeiro sinal de que o PSD pretende desembarcar do governo municipal. O deputado não esconde seu descontentamento com o apoio dado a Odair Cunha na campanha e muito menos os impressos onde o petista coloca como sendo suas, as conquistas de Geraldo para a cidade.



Escrito por Blog do Polli às 07h58
[] [envie esta mensagem] []


 
  

LÁGRIMAS DE CROCODILO     

Ao fazer uma análise das eleições em Poços de Caldas, o prefeito Eloisio Lourenço disse que lamenta a não eleição de representantes do município na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal e que por conta disso terá que recorrer a deputados da região para reivindicar benefícios para a cidade.

            É difícil acreditar que esteja mesmo lamentando a não eleição de deputados com base eleitoral na cidade, a não ser a derrota do seu candidato a deputado estadual que mesmo com seu apoio acabou derrotado de uma forma vexatória.

            Se a choradeira do prefeito fosse verdadeira, ele não teria se empenhado tanto para eleger um candidato de fora, como é o caso de Odair Cunha, que levou daqui quase dez mil votos, suficiente para que Poços elegesse pelo menos um representante na Câmara Federal.

            O empenho do chefe do executivo em favor do deputado forasteiro que já tinha obtido votação expressiva na eleição passada foi tanto que por muito pouco ele não obteve aqui uma votação quase igual a que recebeu em sua base eleitoral, Pouso Alegre.

            Odair Cunha, com aval do prefeito e dos seus “companheiros” levou de Poços 9.800 votos, enquanto que os eleitores de Pouso Alegre, seu domicilio eleitoral, lhe deram uma votação inexpressiva: 12.234 votos.

            Seu desempenho na vizinha cidade deixa claro o descontentamento dos eleitores pouso-alegrenses com aqueles que os representa na Câmara Federal. O deputado que na soma geral dos votos contabilizou mais de 200 mil, só alcançou esta expressiva votação por conta de uma campanha milionária, alavancada pelo fato de presidir o PT no Estado e pela ajuda que recebeu do governo federal por ter, como relator, engavetado a CPI do bicheiro Carlinhos Cachoeira.

            Na eleição passada, também com a colaboração do petismo sulfuroso, Odair obteve em Poços quase seis mil votos. Não retribuiu com nenhum trabalho de expressão para beneficiar a cidade. Sua propaganda foi baseada em recursos carimbados do governo federal - que seriam repassados mesmo sem a sua ajuda - além de pegar carona em obras cujos recursos foram liberados através de emendas do deputado Geraldo Thadeu.

            A única promessa feita pelo deputado de Pouso Alegre para a nossa cidade foram os R$ 74 milhões que seriam liberados pelo governo para obras de mobilidade urbana e infraestrutura. Esse dinheiro nunca chegou a Poços.

            Com aval do prefeito, estendeu seus tentáculos até a cidade nomeando um funcionário de Furnas para dirigir o DME e depois o substituiu pelo seu fiel escudeiro, João Deom, atual presidente do grupo. Isto para ficarmos apenas nas empresas de energia elétrica.

            Por conta disso, não dá para acreditar na sinceridade do prefeito quando diz que lamenta o fato de a cidade ficar sem representante na Câmara Federal. Ele colaborou, e muito, para que isso ocorresse.

            Agora vai precisar torcer por uma vitória de Dilma Rousseff para que as portas do governo federal não sejam fechadas ao seu protegido.

LÁ E CÁ

            Assim como aconteceu em Poços de Caldas, na vizinha Pouso Alegre a administração comandada pelo petista Agnaldo Perugini foi rejeitada pelos eleitores que votaram maciçamente em Aécio Neves, Pimenta da Veiga (57,3% dos votos) e Anastasia.

            Dilma, Pimentel, Josué de Alencar e o próprio Odair Cunha, foram derrotados, embora a cidade esteja passando por uma boa fase no que diz respeito ao desenvolvimento. A má fama do prefeito por conta da falta de transparência no governo é assunto em todos os cantos da cidade.

            Por aqui ainda não chegamos a tanto... por enquanto.

PROJEÇÃO FURADA

            Com cerca de 30% dos votos apurados os comentaristas de uma rádio local, reconhecida pelo bom trabalho que costuma fazer na cobertura das apurações, errou feio desta vez. Projetaram a eleição de quatro deputados – dois estaduais e dois federais – com Mosconi e Geraldo na casa dos cem mil votos.

            Deu uma saudade imensa dos profissionais de antigamente: Lazaro Walter Alvisi, Marcelo Benedetti, Antonio Carlos Pereira, Demilton Vacarelli e outros que comandavam a marcha das apurações. E olha que na época sem urna eletrônica nem computador.

AQUI NÃO

            O médico Marcos Andrade esteve ontem no programa Canal Aberto para falar sobre as eleições. Contou um fato ocorrido em Nova Rezende quando foi participar de uma reunião com vereadores da cidade.

            Assim que desceu do carro foi abordado pelo Emidinho, também candidato a deputado estadual que de dedo em riste ameaçou:

            - Aqui não. Pode voltar. Aqui quem manda na cidade sou eu.

            Com muito jeito Marcos conseguiu convencê-lo a deixa-lo participar da reunião. Emidinho, um fazendeiro cheio da grana, acabou eleito.

RACHA NO PT

            O clima anda mais para velório do que para festa entre os petistas sulfurosos. Com a derrota de domingo, os petistas estão apreensivos com uma possível vitória de Aécio Neves no segundo turno.

            Além disso, o partido está rachado por conta do boicote ao candidato Paulo Tadeu pelo deputado Odair Cunha. As reclamações contra o deputado vão desde traição em cidades vizinhas até dificuldades durante a campanha impostas pelo coordenador Rogério Carilo, fiel escudeiro de Odair.

CHORADEIRA I

            A vereadora Regina Cioffi estará hoje no Canal Aberto da TV Poços. Ontem, ao ocupar a tribuna da Câmara lamentou o número de votos dados a candidatos de fora na eleição de domingo.

            Aproveitou até para falar da falta de apoio das lideranças locais e citou até um familiar que não se empenhou o necessário durante a campanha.

CHORADEIRA II

            Nilton Junqueira (PSDB) e Célio Leite (PT), presidente de partidos deram entrevistas afirmando que a cidade não conseguiu eleger deputados por conta do excessivo número de candidatos.

            A afirmação é verdadeira, porém, o que deve ser lamentado são os mais de 33 mil votos que os eleitores de Poços deram a candidatos de fora. Não fosse isso seriam eleitos mais de um deputado.

            O PT colaborou com dez mil votos para o forasteiro Odair Cunha.

DEMISSIONÁRIA

            A exoneração da geóloga Angela Marques da diretoria de meio ambiente se confirmou. Angela está fora do governo por não concordar com a falta de estrutura para desempenho das funções atribuídas ao departamento e principalmente por conta das pressões que a impedia de tomar medidas contra determinadas irregularidades constatadas pelo DPA.



Escrito por Blog do Polli às 06h48
[] [envie esta mensagem] []


 
  

FALTA DE RESPEITO

            O candidato ao governo do Estado, Fernando Pimentel, havia agendado uma visita a Poços de Caldas para a última quinta-feira, mas por conta de compromissos em outras cidades, cancelou a visita. Ontem, sexta-feira, a agenda de Pimentel, divulgada pela imprensa mineira previa visitas apenas a Varginha e Itajubá, no Sul de Minas.

            No entanto, de última hora, atendendo ao apelo dos petistas locais, Pimentel decidiu dar “uma passadinha” na cidade para um rápido corpo-a-corpo com os eleitores.

            Na hora do almoço, assim que o candidato ao governo confirmou sua vinda, por determinação do secretário Fernando Posso, as secretárias do gabinete do prefeito começaram a disparar telefonemas para a imprensa, lideranças de partidos coligados e mais uma porção de gente anunciando a grande bomba do dia: Pimentel viria acompanhado de Dilma Roussef para uma carreata deste a Vila Matilde, na zona sul, até o centro da cidade.

            Dilma na Vila Matilde, um conjunto habitacional construído pela Cohab quando seu presidente era Sebastião Navarro? Quem ligou para o gabinete recebeu a confirmação de que a presidente viria mesmo e carreata teria início às 17 horas

Os veículos de imprensa, confiando na informação do secretário passaram a divulgar a visita de Dilma. Pouco antes do horário previsto para a sua chegada veio a informação de que a vinda da presidente fora cancelada por problemas “de última hora”.

            Por volta das 16h30m Pimentel desembarcou acompanhado do deputado Odair Cunha e foi recebido no aeroporto pelo prefeito, presidente da Câmara e uma meia dúzia de gatos pingados.

            Aí o desencontro foi total, o candidato ao governo se dirigiu diretamente ao centro para “tomar um cafezinho” e retornou ao aeroporto, numa visita relâmpago, enquanto que os convidados para a carreata permaneciam perdidos, como baratas tontas, na Vila Matilde.

            A “visita” da presidente Dilma não passou de uma pegadinha com intuito de criar um fato novo e levar mais gente para recepcionar Pimentel.  

            Resumindo: uma molecagem.

 

A TORCIDA PELA CIDADE

            Independente de cores partidárias, minha torcida amanhã será para que Poços de Caldas conquiste o maior número de cadeiras na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal, quanto mais deputados, maior é a força política e benefícios para a população.

            Pelos últimos levantamentos, Poços de Caldas, sendo o maior colégio eleitoral da região reúne condições de eleger vários deputados. A esperança de vitória é maior para a Câmara Federal, através Geraldo Thadeu e Carlos Mosconi, podendo repetir o que já ocorreu no passado quando elegemos ao mesmo tempo Sebastião Navarro e o próprio Mosconi.

            Geraldo faz por merecer o direito de continuar na Câmara Federal pelo muito que fez pela cidade e para os municípios da região. As conquistas foram muitas intermediadas por ele através de um trabalho incansável e insistente junto aos órgãos federais.

            Carlos Mosconi que também realizou um bom trabalho na Assembleia Legislativa está deixando o posto de deputado estadual para tentar o retorno a Brasília, onde se eleito, voltará a ocupar a cadeira que o projetou na política nacional.

            A vereadora Regina Cioffi que cumpre seu segundo mandato na Câmara, tenta pela primeira vez se eleger deputada e embora os indicativos sejam de que terá uma votação inferior a dos seus concorrentes, pode ser beneficiada pela coligação do seu partido e até chegar a vitória ou ocupar uma das primeiras suplências.

            No andar de baixo, onde a disputa é pela Assembleia Legislativa, as coisas estão mais complicadas, existindo um nítido favoritismo que beneficia o ex-prefeito Paulo Cesar Silva, e Tereza Navarro, embora não esteja descartada a vitória de Marcos Eduardo e Paulo Tadeu.

O petista joga uma cartada decisiva para coroar a sua história de luta no Partido dos Trabalhadores. A conquista de uma cadeira na Assembleia seria um prêmio pela sua trajetória política. De todas as eleições que disputou para deputado esta parece ser a sua melhor chance de alcançar sucesso e se for vitorioso, com certeza, será um importante aliado de Fernando Pimentel na Assembleia.

            Apadrinhada por seu pai, Sebastião Navarro, com mais de trinta anos militando com sucesso na política, onde já foi por diversas vezes deputado federal, estadual e prefeito de Poços, a jovem Tereza Navarro fez uma boa campanha e segundo projeção feita pela área técnica da Assembleia, é uma das candidatas cotadas pelo seu partido para estar entre as mais votadas na apuração que acontece domingo à noite.

            Poços depende muito do sucesso deles. Boa sorte a todos.

DROPS

Com a provável vitória de Fernando Pimentel para o governo, Paulo Tadeu leva uma vantagem sobre os concorrentes. O governador deve levar para o governo alguns deputados eleitos pela coligação PT/PMDB/PRB/PROS e com isso abrir vagas para os suplentes. Isso significa que mesmo ficando na suplência, Paulo terá uma chance a mais que seus adversários. Pode também ser convidado a assumir um cargo de destaque no governo. Por enquanto, a meta principal é estar entre os eleitos.

********* 

A visita de Dilma Roussef a Poços de Caldas ontem nunca esteve em cogitação pela assessoria da candidata. Sua agenda foi uma carreata em São José dos Campos e depois uma caminhada pelo centro de São Paulo, em companhia do ex-presidente Lula. O anúncio da sua vinda a Poços foi mais uma enganação da administração petista, cuja credibilidade já foi pro ralo.

********* 

O Estado, através do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), deu uma mãozinha para a administração, fazendo o recapeamento da Av. Mansur Frayha, desde a rodoviária até o trevo do Véu das Noivas. Como o serviço é de primeira, não poderia mesmo ser obra da prefeitura. O prefeito não visitou a obra e nem tocou no assunto para não colocar azeitona na empada dos tucanos.

********** 

Desde ontem estão sendo fartamente distribuídas aos eleitores as chamadas “colinhas” com os números dos candidatos para facilitar a votação. Intitulada “Bom prá Poços”, boa parte do material trás o candidato Geraldo Thadeu junto com Tereza Navarro ou Paulo Tadeu. Isso significa que o deputado federal está em alta junto aos eleitores.

******** 

O vice Nizhar teve muita dificuldade para explicar aos jornalistas o “cancelamento” da visita da candidata Dilma Roussef ontem à tarde, anunciada com grande estardalhaço pela própria administração. Dizia apenas que a vinda dela foi marcada de última hora e por isso não deu certo.



Escrito por Blog do Polli às 05h33
[] [envie esta mensagem] []


 
  

 

CHEGOU A HORA !

 

(*) autor anônimo

 

                Não importa se sou conhecido ou não. Não importa se sou novo ou velho. Pouco importa se sou rico ou pobre. O que importa , nesse momento, é levar ao eleitor o sentimento de um brasileiro que já viu , ao longo da vida, o país passar por vários processos de instabilidade econômica  e política, conviver com inflação astronômica que chegou a ultrapassar mais de 80% ao mês, ter tido um crescimento econômico de mais de 10% do PIB e que, hoje, com todos os avanços, não conseguimos atingir nem mesmo 1%.

                Não critico esse ou aquele governo. Não louvo guerrilheiros ou massacro democratas. Sou simplesmente um brasileiro, descendente de imigrante, ator coadjuvante de fatos históricos no nosso país, que carrega uma enorme tristeza por ver essa nossa terra tão devastada em sentimentos de brasilidade, carente de princípios éticos onde a criminalidade se amplia de forma exponencial, onde os poderosos acumulam riquezas no exterior e os menos favorecidos continuam a ser vistos como “RES” (coisa) no antigo direito romano.

                Amanhã é dia 5. É chegada a hora de saber quem vai governar esse país. O eleitor, ainda incrédulo, busca no rádio e na televisão uma palavra de alento e o que ouve ou vê, são migalhas de ofensas, falta de propostas, promessas vazias dizendo o que pretendem fazer quando já deveriam ter feito.

                Busco consistência nas propostas e sinto um enorme vazio quando tento olhar nos olhos daqueles que se dizem preparados para dirigir essa Nação. Esse mesmo sentimento me domina quando vejo os candidatos à Câmara e Assembléias Legislativas falando o óbvio em função dos segundos que lhes foram dados apenas para cumprirem uma lei eleitoral viciada.

                Os bastidores das campanhas políticas são verdadeiros repositórios de recursos escusos, advindos de conchavos já previamente estabelecidos cujas prestações de contas, depois das eleições, são meros acertos contábeis sem que se possa descobrir a origem dos gastos realizados.

                Amanhã, vou, cedo, cumprir com o meu dever cívico. Talvez pela última vez, pois já estou na caminhada final de vida. Vou digitar, com consciência, os números dos meus candidatos. Quando a imagem de cada um deles, surgir na tela,  vou pedir, apenas, que sejam dignos do meu voto e que saibam olhar e trabalhar por essa juventude futura já que a nossa geração, desiludida, pouco pode esperar. 



Escrito por Blog do Polli às 05h32
[] [envie esta mensagem] []


 
  

CANDIDATOS DE POÇOS APARECEM EM PESQUISA

O jornal O Tempo divulgou ontem pesquisa feita pelo instituto Datatempo que aponta os candidatos favoritos para preencher as 77 vagas na Assembleia Legislativa do Estado.

            Entre os citados pelos eleitores, o candidato do PMN, Paulo Cesar Silva, que aparece em 26.o lugar, posição expressiva e importante para sua candidatura já que pelas projeções, o partido deverá eleger apenas um deputado. O concorrente mais próximo do ex-prefeito de Poços é Isauro José de Calais Filho, de Juiz de Fora, que na pesquisa Datatempo aparece em 113.o lugar.

            Depois de Paulinho Courominas, o candidato mais citado no mesmo levantamento é o médico Marcos Eduardo Andrade, (54.o lugar) do PSD, enquanto que Tereza Navarro ocupa a 85ª posição. Paulo Tadeu, do PT é o 127.o colocado.

            Já no levantamento feito pela Assembleia Legislativa, nenhum dos quatro candidatos com maior potencial de votos no município é mencionado com chance de vitória. A candidata Tereza Navarro, do PR, é quem ostenta a melhor colocação como primeira suplente do seu partido.

            Vale lembrar que qualquer pesquisa ou mesmo levantamento sobre intenção de votos para deputado é difícil de ser avaliada por conta da fórmula utilizada pela Justiça Eleitoral para calcular quantas cadeiras cada partido terá direito. A conta envolve além do número de candidatos os votos de legenda de forma a garantir a proporcionalidade e a participação de segmentos minoritários da sociedade.

            Dependendo do quociente eleitoral, muitas vezes um candidato com muitos votos acaba ficando de fora enquanto que outro, com votação menor pode ser eleito.

PREFEITURA TERCEIRIZA EMERGÊNCIA

            Através do Processo de Dispensa n.o 040-SMA/14, a Prefeitura de Poços está contratando, sem licitação, a empresa Sansin Serviços Médicos Ltda. com sede na cidade de Paulínia, para o serviço de atendimento de emergência 24 horas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

            Segundo ato publicado no diário oficial, o município pagará R$ 601.214,40 por um contrato de seis meses com a empresa, correndo a despesa por conta de verba específica da Secretaria Municipal de Saúde.

 

ENERGIA: CONSUMIDORERS PAGARÃO A CONTA

            Segundo noticiário da grande imprensa, os consumidores de energia elétrica é quem pagarão a conta de R$ 26,5 bi que o governo emprestou para as distribuidoras. Consultorias apontam que as tarifas médias de energia em todo o país pode aumentar entre 20% a 30% apenas no ano que vem. O prejuízo aos consumidores é consequência de uma política energética equivocada da presidente Dilma Roussef.

            Além de bancar os erros cometidos pelo governo federal, os consumidores de Poços de Caldas também serão penalizados pela gestão equivocada do prefeito Eloisio Lourenço que já retirou dos cofres das empresas de energia elétrica nestes vinte meses de governo mais de R$ 60 milhões.

CARGO PROMETIDO

            Segundo um informante do PT, caso Fernando Pimentel confirme a vitória para o governo do Estado, o que pode acontecer já no domingo, o vereador Flavio Faria será convidado a assumir importante cargo de segundo escalão no governo petista.

            O compromisso teria sido assumido pelo deputado Odair Cunha junto para “acalmar” o vereador que tinha se rebelado contra a administração por ter sido preterido na escolha de candidato a deputado.

            A promessa seria uma espécie de prêmio de consolação.

DROPS

Um leitor lembrou ontem que o ex-coordenador de campanhas em Poços, Paulinho Molinari, pode estar fazendo escola. Pelas denúncias que estão sendo feitas contra os correios o boicote ao material dos tucanos, que acabou por beneficiar a candidatura de Dilma Roussef foi feito na calada da noite, quando material da petista foi entregue.

********

A chegada de Pimenta da Veiga ao aeroporto e sua passagem por Poços de Caldas foi animada principalmente pelo pessoal de campanha do candidato Geraldo Thadeu que compareceu em massa para recepcionar o candidato tucano. Apesar da animação, era visível o abatimento de Pimenta e o desânimo de sua assessoria que considera impossível uma virada contra Fernando Pimentel.

******** 

No início da noite, a divulgação das pesquisas do Ibope do Datafolha foi a pá de cal e jogou por terra qualquer possibilidade de reação. A escolha de Pimenta da Veiga para disputar o governo foi um erro do candidato Aécio Neves e o seu fraco desempenho colaborou para comprometer a votação do presidenciável em território mineiro.

********* 

Além do equívoco na escolha do candidato atritos e desentendimentos entre o pessoal responsável pelo marketing colaborou para aumentar o estresse na campanha. O deputado Alexandre Silveira foi afastado da coordenação, junto com o publicitário Cacá Moreno, conhecido e respeitado profissional da área.

********

Segundo denúncias, equipamentos de radio comunicação foram furtados do interior de viaturas que estavam estacionadas na sede da Guarda Municipal. Estranhamente exatamente na hora do roubo as câmeras de segurança estavam desligadas.

********* 

Com exemplares do jornal O Tempo que trás a pesquisa indicando os favoritos para eleição de deputado estadual em mãos, Paulinho Courominas e Marcos Eduardo desfilavam ontem no aeroporto. Enquanto isso, a assessoria de Tereza Navarro mostrava levantamento da Assembleia onde ela aparece em boa posição.

********* 

Esbanjando alegria mesmo estava o deputado Geraldo Thadeu, confiante em obter uma votação que o leve a cumprir o quarto mandato na Câmara Federal. Sua campanha indiscutivelmente é a melhor de todas.

********* 

Não menos confiante está o deputado Carlos Mosconi, que acredita, voltará a Câmara Federal. Mostrava certo pessimismo em relação a Pimenta da Veiga, mas garante que Aécio irá para o segundo turno contra Dilma. E se for... será o futuro presidente.

********* 

Nos bastidores, a conversa é uma só: Eloisio é o melhor cabo eleitoral para o candidato Paulinho Courominas e o pior para a candidatura de Paulo Tadeu.



Escrito por Blog do Polli às 06h54
[] [envie esta mensagem] []


 
  

O RISCO É GRANDE

            Embora os quatro principais candidatos a deputado estadual com domicílio em Poços de Caldas estejam se esforçando ao máximo para conquistar vaga na Assembleia Legislativa, as projeções feitas pela própria Assembleia indicam que o município pode ficar sem representante nos próximos quatro anos.

            O obstáculo maior está na divisão dos votos provocado pelo número excessivo de candidatos com bom potencial de votos e um número grande de candidatos avulsos, aqueles que reúnem pouca chance de sucesso, mas que acabam tirando votos dos favoritos.

            Os dois ingredientes, somados aos votos desperdiçados com candidatos de fora, os chamados “forasteiros”, que levam cerca de 20% dos votos válidos, reduzem ainda mais as chances dos candidatos da terra se eleger.

            Reúne melhor chance o candidato cujo partido integre uma coligação que necessite de um número menor de votos, como o PR, por exemplo, cuja projeção para se eleger deputado estadual anda na casa dos 40 mil votos.

            Nas coligações mais fortes, como a do PT/PMDB/PRB/PROS, tem chance de vitória quem somar acima de 50 mil votos, enquanto que no chamado “chapão” (PSDB/DEM/PP/PSD/PPS) o número de votos necessários para a eleição supera os 60 mil.

            No PMN que deve fazer apenas um deputado, a expectativa é de 55 mil, o mesmo número necessário nas coligações do PEN/PRP/PHS, PTB/SDD e PDT/PV. Com 45 mil terão chance aqueles que integram a coligação formada pelo PSB/PRTB/PPL, PTC/PSL/PSC e no PT do B, que não fez coligação com nenhum outro partido.

            Em Poços de Caldas, quatro candidatos concorrem com maior chance de vitória: Tereza Navarro (PR), Paulo Tadeu (PT), Paulinho Courominas (PMN) e Marcos Eduardo (PSD).

ANÚNCIO ELEITOREIRO

            Tudo bem que em véspera de eleição vale fazer o diabo, como prega o grande líder petista Luiz Inácio Lula da Silva, porém existe um limite que o administrador público deve respeitar para não cair no ridículo.

            O prefeito Eloisio Lourenço, com suas indas e vindas já não merece o mesmo crédito de quando assumiu o governo. Muita coisa do que anunciou e prometeu não se concretizou nestes dois anos de governo de completa inércia onde não consegue manter em boas condições nem mesmo o que já existia antes dele assumir o governo.

            O anúncio feito na última terça-feira sobre a construção de 900 habitações populares, em uma área da zona oeste, para quem é informado e melhor esclarecido, nada mais é que uma tentativa de ludibriar a boa fé dos eleitores e com isso conseguir votos para os candidatos do seu partido.

            Na coletiva em que fez o anúncio, o prefeito foi questionado até mesmo pelas repórteres presentes já que dias atrás, quando disse que abriria um novo recadastramento para as famílias inscritas no plano habitacional o fazia apenas para “atualizar o cadastro”. Fez questão de ressaltar que não desejava iludir ninguém uma vez que não existe nenhum projeto para a construção de um novo conjunto habitacional na cidade.

            Agora, à véspera da eleição lança a construção de um conjunto denominado “Morada do Sol” que pela descrição dos equipamentos que serão colocados à disposição dos futuros moradores, mais parece um condomínio de alto luxo.

            É mais uma promessa que dificilmente será cumprida já que não existe nenhum projeto aprovado para a construção de residências no programa Minha Casa, Minha Vida para Poços de Caldas. E o mais grave, também não há nada que comprove que isto pode acontecer.

            O problema começa pela área, um pasto localizado na zona oeste, sem nenhuma infraestrutura, onde o Plano Diretor impede a ocupação por conjuntos habitacionais de baixa renda. A primeira medida para regularizar esta situação será a realização de uma audiência pública para transformá-la em Zona de Interesse Social (ZEI). Após a audiência a alteração terá que ser aprovada pelo legislativo.

            Feito isso, como o projeto apresentado reduz o tamanho dos lotes (o mínimo exigido pela lei é 250m2), um novo projeto de lei será encaminhado pelo executivo a Câmara Municipal, abrindo exceção para o loteamento onde as casas serão erguidas.

            Só depois desse trâmite legal é que a área estará liberada para elaboração e aprovação do projeto pela Secretaria de Planejamento. A partir daí o projeto estará em condições de dar entrada na Caixa Econômica Federal anexado ao pedido de financiamento do programa Minha Casa, Minha Vida.

            Um outro, e mais difícil obstáculo, será inclui-lo no programa já que os recursos para este tipo de construção no Ministério das Cidades se esgotaram. Recentemente a presidente Dilma anunciou um aditivo para a construção de outras 350 mil unidades. Acontece que o recurso para a construção destas unidades está comprometido com os projetos já aprovados, aguardando apenas a liberação do financiamento.

            Por último, resta saber de onde sairá o dinheiro para a abertura do acesso da área onde será construído o conjunto habitacional. A esperança é que o proprietário de um loteamento, que está em fase de aprovação na Seplan, faça a abertura das ruas com acesso a área do novo conjunto.

            Em uma das reuniões do Conseho de Desenvolvimento Urbano, o representante do DMAE disse que a autarquia não possui caixa para bancar a instalação das redes de agua mais a estação de tratamento e rede coletora de esgoto. Por orientação do chefe do executivo, o representante do DMAE na reunião seguinte voltou atrás no que havia dito.

            Com tanto problemas pendentes, fica claro que o anúncio feito pelo prefeito não passou de mais um factoide eleitoral.

ESCANDALO NOS CORREIOS

 

O presidenciável Aécio Neves, através da assessoria jurídica da campanha dos tucanos, deverá ingressar, hoje, com uma representação para apurar possíveis dificuldades  adotadas pelos Correios na distribuição de material de campanha no Estado de Minas Gerais onde o candidato poderia ter uma boa votação.

Na semana passada os Correios de uma cidade vizinha de Poços negou-se a distribuir material de certos candidatos à Câmara Federal alegando não ter disponibilidade de carteiros para efetuar a distribuição de material de campanha.

Os Correios, que sempre zelaram pela qualidade dos serviços prestados, parece que resolveu, também, participar ativamente das eleições, bloqueando a estratégia politica de certos candidatos.

Alguns eleitores, em Poços, estão criticando os serviços prestados pelos Correios que andam colocando mais de um material publicitário de certos candidatos e entupindo as caixas de correios enquanto outros estão deixando de receber o material. Além de criar uma imagem negativa dos candidatos os serviços estão deixando a desejar. 



Escrito por Blog do Polli às 06h30
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!