Blog do Polli
  

TEM QUE ENGOLIR...

            Veículos de propriedade do prefeito e de alguns secretários permaneciam estacionados ontem, ao lado da prefeitura em local reservado para veículos oficiais, ostentando nos vidros traseiros propaganda da candidata Dilma Rousseff.

            Passada a eleição, os petistas parecem desafiar a população pelo fato de a maioria dos eleitores ter reprovado a candidata e votado maciçamente no candidato de oposição, Aécio Neves.

            Além do desrespeito a decisão democrática dos eleitores poços-caldenses, os petistas parecem querer mandar um recado para a população, tipo “vocês terão que me engolir”.

            Pura babaquice.

É NÓIS NA FITA

            A prepotência e arrogância dos petistas sulfurosos não fica só nisso. O presidente do diretório municipal, que já se tornou conhecido pela falta de habilidade no trato com adversários e até com jornalistas, também subiu o grau de agressividade. Já se auto-nomeou censor da imprensa, antes mesmo de ser aprovada a tal proposta de “regulação” da mídia.

            É o velho ditado, quem nunca experimentou melado, quando come, se lambuza.

MENOS MAL

            O deputado Carlos Mosconi, em resposta ao prefeito e ao vereador Flávio faria, que disseram não constar do orçamento do Estado para 2015, verba para a construção da Unacon, confirmou que o recurso está garantido através do item orçamentário denominado Gestão da Política Hospitalar – Fortalecimento e Melhoria da Qualidade dos Hospitais do Sistema Único de Saúde.

            O fato de constar do próximo orçamento garante o recurso (R$ 10 milhões), quanto ao atraso na execução da obra se deve a problemas burocráticos que impedem o fechamento da licitação.

FESTA ANTECIPADA

            Embora os responsáveis pelo governo municipal estejam batendo bumbo e fazendo festa por conta da eleição de Fernando Pimentel para o governo do Estado e de Dilma Rousseff, pouca coisa deve mudar em relação a liberação de recursos para o município em 2015.

            Os R$ 74 milhões prometidos para obras de mobilidade e infraestrutura não virão por conta da falta de recursos do governo federal e da impossibilidade da prefeitura em contratar novos financiamentos. O endividamento do município não permite novos empréstimos.

            No que se refere ao governo estadual, a situação é a mesma, Pimentel terá que arrumar a casa no primeiro ano para definir novos investimentos somente em meados de 2016.

            Com o PT respondendo pelo governo nas três esferas (estadual, municipal e federal), o prefeito encontrará dificuldade para justificar a falta de dinheiro para novos investimentos.

CÂMARA: DISPUTA PELA PRESIDÊNCIA

            Se é verdade que os vereadores de oposição já articulam para disputar a presidência da Câmara à partir de 2015, por seu lado, os vereadores de situação, comandada pela dupla Eloisio-Paulo Tadeu, faz o mesmo e pretende continuar mantendo sob seu domínio a direção do legislativo.

            Pelos comentários de bastidores, não existe interesse em cumprir o compromisso firmado com o vereador Rogério Andrade na eleição passada. O trato era de que ele seria o vice de Paulo Tadeu e o seu substituto no cargo a partir de 2015.

            A situação trabalha para eleger Rogério Carrilo, do próprio PT, considerado homem de confiança tanto de Odair Cunha como do prefeito Eloisio Lourenço.

            Para obter a maioria dos votos, os petistas esperam, mais uma vez, contar com uma oposição dividida e por conta disso já iniciaram articulações já com os oposicionistas.

            Três vereadores estão na mira para “trair” a oposição: Regina Cioffi, Tiaguinho Cavelagna e Jonei Eiras.

            Já os oposicionistas desejam cooptar os votos dos situacionistas: Lical, Paulo Eustáquio, Rogério Andrade e Flávio Faria.

            Resta saber quem vai trair quem.

ZERO À ESQUERDA

            Um grupo de pedintes abordava ontem, de forma agressiva, motoristas que passavam pela Av. Mansur Frayha, sentido centro, no cruzamento próximo a Cristais São Marcos.

            Dá para imaginar a má impressão que os chamados “excluídos”, (qualificação bem a gosto de Paulo Tadeu), causam nas pessoas que estão chegando a Poços de Caldas, vindos do interior paulista.

            Se é verdade que o prefeito pretende fazer modificações na sua equipe de governo, deveria iniciar pela Secretaria de Promoção Social que funcionava muito bem na época da Raulina Adissi com 50 funcionários e hoje, contando com mais de cem servidores, não passa de um zero à esquerda.

NA OPOSIÇÃO

            Se cumprir pelo menos uma parte das ameaças que está confidenciando, em off, para os companheiros de legislativo, o vereador Luiz Carlos Pena e Silva (Lical), será uma pedra no sapato da administração de agora em diante. O mesmo acontece com seu colega Paulo Eustáquio que abandonou o barco do governo e bandeou de vez para a oposição.

            Como Paulo Tadeu deve estar ausente da Câmara a partir de 2015 para ocupar algum cargo no governo do Estado ou da União, a bancada do prefeito ficará sem liderança já que o petista Flavio Faria não engole a traição que lhe foi imposta pelo chefe do executivo na escolha do candidato a deputado estadual.

NO FUNDO...

            Cresce a cada dia o número de fornecedores e prestadores de serviço que estão na fila de espera aguardando pagamento na prefeitura, ao mesmo tempo em que aumenta a cada mês a dívida do município para com o INSS por conta do não pagamento da parte do empregador e com o IASM pela falta de repasse dos recursos descontados em folha dos servidores municipais.

            O secretário da Fazenda não faz outra coisa a não ser juntar dinheiro para cobrir a folha de pagamento que já ultrapassa os R$ 13 milhões. A previsão é de que a administração vire o ano com um déficit próximo dos R$ 30 milhões, comprometendo boa parte das receitas de IPVA e IPTU de 2015.

            A crise é tamanha que o titular da pasta de governo já está sendo chamado de Fernando Fundo do Poço.

NO PREJUÍZO

            Na sua ida ao legislativo, terça-feira última, o diretor superintendente da DME-Distribuidora, João Deom, deu uma péssima notícia para a administração municipal: por conta da redução na geração de energia, tendo em vista a falta de chuvas e a disparada no preço da energia elétrica, a DME-Distribuidora vai fechar o balanço deste ano no vermelho.



Escrito por Blog do Polli às 06h07
[] [envie esta mensagem] []


 
  

NADA COMO UM DIA...

            Na entrevista que concedeu ao Jornal da Mantiqueira na semana passada, Eloisio Lourenço afirmou que o Estado prometeu muita coisa, mas não concretizou suas promessas em Poços de Caldas.

            Citou como exemplo a ampliação do aeroporto, centro de convenções, o novo presídio e o hospital do câncer (Unacon). O prefeito espera agora, com a posse de Fernando Pimentel que as obras se tornem realidade.

            Na entrevista, sobre o prometido centro de convenções, o prefeito esclareceu que o terreno para a construção da obra foi doado ao Estado em 2010 e embora a Codemig tenha afirmado que estava elaborando o projeto definitivo da obra, este projeto nunca lhe foi mostrado a ele, o que viu foi simplesmente um desenho arquitetônico.

Em 2013 a área doada para o centro de convenções, na zona sul, foi retomada pelo município. Quanto ao impedimento de se construir na área escolhida, Eloisio disse que em 2012, saiu uma liminar autorizando a construção.

Em agosto passado a FIEMG realizou no salão vermelho do Pálace Hotel uma reunião com empresários da região. Nesta ocasião, o presidente da entidade, Olavo Machado, anunciou a construção do centro de convenções (Expominas), em Pouso Alegre.

Este blog noticiou a transferência da obra para a vizinha cidade e foi chamado de fofoqueiro e mentiroso pelo prefeito no programa “Conversa com o Povo”, da Rádio Cultura e desmentido também pelo deputado Carlos Mosconi que reafirmou a obra na cidade. Como construí-la se o terreno já não pertencia mais ao Estado, como diz agora o prefeito?

Durante audiência com o deputado Ulisses Gomes, de Itajubá, no mês de junho, o presidente da FIEMG-MG e o diretor da regional sul, Ary Novaes, já haviam confirmado a construção da obra em Pouso Alegre. 

Por se tratar de um equipamento de característica regional, não teria sentido a construção de duas unidades da em cidades próximas uma da outra.

CAFÉ COM LEITE

            Ontem, durante um bate-papo sobre a votação de Aécio Neves, na vizinha cidade de São João da Boa Vista, em um café da Rua Assis, algumas pessoas chegaram a sugerir a retomada do movimento para a transferência do Marco Divisório da Cascata para o trevo de acesso as cidades do sul de Minas. Com isso, Poços de Caldas passaria a integrar o interior paulista.

            Em São João, Aécio Neves bateu Dilma Roussef por 72,66 a 27,34%, uma vitória maior que a conquistada em Poços.

DESMENTIU

            A vereadora Regina Cioffi disse que não passam de intrigas as afirmações de que teria reunido a executiva do PPS para anunciar sua candidatura a prefeita em 2016.

            Aproveitou para desmentir também qualquer articulação com vistas a futura presidência da Câmara. “É coisa de quem não tem o que fazer”, falou.

PADRÃO MINEIRO

            Os mineiros votaram neste domingo como no primeiro turno e nas últimas eleições presidenciais, todas vencidas no Estado pelo PT. A escolha de Aécio não mudou o padrão do voto no Estado, que há anos vem seguindo majoritariamente o eleitor do Nordeste e não do Sul/Sudoeste.

            O resultado de domingo mostrou que não passou de fantasia a impressão que o candidato tucano havia feito corpo mole nas eleições de Alckmin e Serra, com o Lulécio e Dilmasia. O que sempre faltou para Aécio foram os votos dos mineiros, mesmo.

EMOÇÃO

            Paulo Tadeu adiou sua viagem a BH e presidiu normalmente a sessão de ontem na Câmara. Aproveitou para fazer discurso sobre a vitória do PT e não deixou por menos: lembrou a revolução de 1932 e criticou os políticos paulistas que, segundo ele, querem tomar conta do país.

            Por falar no presidente, durante a apuração no domingo ele, como todos os petistas viveu momentos de intenso nervosismo já que faltando pouco para encerrar a contagem dos votos, Aécio continuava à frente de Dilma.

            Quando a TV mostrou Dilma na frente e logo depois a sua vitória, Paulo não se conteve, foi às lágrimas e chorou copiosamente por um bom tempo.

NOVO ESTILO

            Nesta fase que antecede sua posse no governo, Fernando Pimentel vem fazendo reuniões com alguns setores importantes para avaliar os problemas do Estado. Na semana passada o papo foi com comunicadores da região sul-mineira quando prometeu maior atenção aos proprietários dos veículos de comunicação.

            Um bom sinal, já que no governo nos governos Aécio e Anastasia, era a “poderosa” e até arrogante Andréia Neves quem mandava na publicidade, tendo como testa de ferro o Sérgio Esser, um faz-tudo mas não resolve nada.

            Outro aspone que deve perder o emprego é o jornalista Paulo Márcio, da Codemig, Já vai tarde.

CRISE NA SANTA CASA

            A diretoria do hospital da Santa Casa esteve reunida ontem pela manhã, em caráter de urgência, para analisar a crise financeira do hospital, boa parte dela causada pelos constantes atrasos no repasse de verbas por parte da prefeitura.

            Medidas drásticas estavam sendo estudadas por conta da falta de recurso para pagamento de salário dos funcionários e até para reposição de medicamentos. Nunca é demais lembrar que foi na primeira gestão petista que o hospital esteve ameaçado de fechar as portas por conta de impasse também com a administração municipal.

A VERDADE

            João Deom esteve ontem na Câmara e como era previsto, não foi muito contestado pelos vereadores que repetem o erro de sempre, convocam secretários mas não se informam sobre os temas a serem abordados.

            O diretor superintendente da DME-Distribuidora disse que nunca pediu reajuste de 30% a Aneel. A informação sobre o índice solicitado é de Arlene Mareca (presidente) e Cicero Machado de Morais (vice), do Conselho dos Consumidores.

            A verdade é que não fosse a atuação firme dos representantes dos consumidores que fizeram várias reuniões com Deom e viajaram a Brasília por duas vezes para reuniões na agência reguladora, o diretor teria emplacado um reajuste muito mais alto, pelo menos o dobro dos 13% concedidos.

            O resto é balela, conversa de quem tem rabo preso com a administração.

REFORÇO DE CAIXA

            Foi publicado no diário oficial do município o extrato de contrato firmado entre a Prefeitura e a Caixa Econômica Federal que vai permitir a instituição bancária administrar, com exclusividade, a folha de pagamento dos servidores além de outras movimentações financeiras  referentes ao setor de pessoal. Por conta deste contrato, que tem vigência de 60 meses, a Caixa repassará a prefeitura a importância de R$ 7.010.000,00.

            A DME Participações também abriu procedimento licitatório para a contratação de instituição financeira, público ou privada, para prestação de serviços bancários, em caráter de exclusividade para pagamento de salários e quaisquer outros créditos advindos das prestações de serviços de estagiários, aprendizes, diretores e “jetons” aos conselheiros.

            Com a referida contratação, o DME espera também engordar seu caixa em alguns milhões



Escrito por Blog do Polli às 06h15
[] [envie esta mensagem] []


 
  

SEM CHANCE

            Com a vitória de Dilma Rousseff, a possibilidade de Poços de Caldas manter representantes na Câmara Federal foi reduzida a zero. Carlos Mosconi e Geraldo Thadeu ocupam, respectivamente, a terceira e quarta posição na lista dos suplentes da coligação que apoiou Aécio Neves.

            Se o tucano fosse eleito poderia chamar para cargos no governo os primeiros suplentes, abrindo vagas para os dois representantes locais, como Dilma venceu a chance de um deles assumir cadeiras na Câmara não existe mais.

            O médico Marcos Eduardo, do PSD, que ficou na quarta suplência para deputado estadual, disse na semana passada que mantém alguma esperança em assumir seu mandato por conta dos arranjos que serão feitos por Fernando Pimentel que precisa reforçar sua bancada na Assembleia e já iniciou conversação com o PSD.

            Como de esperança também se vive, o jeito é aguardar os acontecimentos.

DE OLHO NO FUTURO

            Em uma das muitas entrevistas que concedeu a imprensa no final de semana, Eloisio Lourenço confirmou, mais uma vez, que pretende se candidatar a reeleição e justificou a necessidade de mais um mandato como condição para consertar o “estrago das administrações anteriores”, um mandato, segundo disse, é pouco. Ou seja, já prepara o terreno para continuar jogando a culpa pelo fracasso do seu governo nos antecessores.

            Acontece que a população não vai acreditar neste tipo de desculpa. Eloisio já teve tempo suficiente para mostrar serviço e o resultado das urnas mostra que por enquanto a população acha o seu governo um fracasso.

            Faria melhor se descesse do pedestal e passasse a governar de fato, impondo um freio de arrumação na equipe, trocando algumas peças que não estão rendendo o suficiente e partindo para um reajuste sério nos gastos da prefeitura, evitando o vexame de estar sendo cobrado por não cumprir os compromissos assumidos.

            Por conta do tempo que lhe resta de mandato, dificilmente conseguirá viabilizar alguma obra de vulto que possa utilizar como vitrine na campanha pela reeleição. Vai continuar amassando barro e agora em situação desconfortável já que não poderá botar a culpa nos governos estadual ou federal.

            Em seus primeiros discursos, Dilma pregou união dizendo que entendeu o recado das urnas. Eloisio deveria fazer o mesmo.

APRESSADO COME CRU

            Pegou muito mal para os seus autores, as postagens no facebook dando como certa a eleição de Aécio Neves, minutos antes do anúncio oficial pelo TSE. Quando Dilma apareceu à frente do tucano a surpresa foi geral entre aqueles que já davam como certa a vitória de Aécio.

            O problema da internet é que muitos se esquecem de que a ferramenta de comunicação deve ser utilizada com cautela, sem precipitações.  As informações principalmente de caráter jornalístico precisam ser checadas antes de serem postadas nas redes sociais.

            Se bem que no caso presente, a afobação partiu (por incrível que pareça) de jornalistas e assessores do próprio candidato, e movimentou tucanos de alta plumagem de todo o país, convidados a se deslocar até a capital mineira para a festa da vitória.

            A desculpa é que Aécio estava com a maioria dos votos com 88,9% das urnas apuradas.

MORAL ELEVADA

            Com a vitória de Fernando Pimentel e Dilma Rousseff, a administração através dos seus vereadores deve partir para uma operação abafa no legislativo, num esforço concentrado para aprovar projetos do seu interesse, a começar pelas alterações na lei que desverticalizou o DME.

            Vai contar para isso com o desânimo dos vereadores oposicionistas e com apoio daqueles que mesmo sendo da base, ensaiavam mudar de lado, entre eles, Paulo Eustáquio e Luiz Carlos Pena e Silva. Quem sabe até com Jonei Eiras, um oposicionista não muito convicto. Por outro lado, o trio formado por Mosconi, Navarro e Geraldo deve continuar na muda, sem interesse em fazer oposição ao prefeito.

            A terceirização dos serviços de água e esgoto, mais as parcerias com a iniciativa privada no DME continuarão sendo o foco principal do governo petista para levantar recursos e realizar as obras prometidas.

ARTICULANDO

            Segundo fonte bem informada sobre os bastidores petistas, os deputados Odair Cunha e Reginaldo Lopes disputam às turras, espaço na região e no diretório regional do partido.

            Como deputado federal mais votado, Reginaldo está trabalhando na ampliação da base de apoio a Fernando Pimentel na Assembleia Legislativa e já andou conversando com o suplente Marcos Andrade, dando a ele alguma esperança de assumir o mandato. Dizem até que colaborou para zerar alguns restos de campanha.

            Enquanto Lopes vem sendo cotado para assumir uma secretaria no governo Pimentel, seu colega Odair Cunha trabalha para conquistar um ministério no governo Dilma. A pasta do turismo é a sua preferida.



Escrito por Blog do Polli às 06h49
[] [envie esta mensagem] []


 
  

CLIMA ESTRANHO

            Apesar da vitória, o ambiente ontem entre os petistas esteve meio borocoxô, talvez pelo fato de que agora, sendo governo nas esferas municipal, estadual e federal, não tenham mais contra quem protestar.

            Acostumados a fazer discursos contra o governo, vão ter que se acostumar a olhar para o próprio rabo, que, diga-se de passagem, com o escândalo da Petrobrás, não anda muito limpo.

EM BELO HORIZONTE

            Paulo Tadeu viajou para a capital mineira e por conta disso não deve presidir a sessão ordinária desta tarde, sendo substituído pelo vice Rogério Andrade. Sorte dos oposicionistas que estarão livres de ouvir um longo discurso do petista saudando a reeleição da presidente.

            Em BH o presidente da Câmara deve manter contatos políticos, quem sabe até para reivindicar um cargo no governo. Dizem os mais chegados que seu sonho é retornar ao comando do programa Luz Para Todos, onde esteve no governo Lula.

PRESIDÊNCIA DA CÂMARA

            Pelos escaninhos do legislativo continuam as articulações para a presidência da Casa a partir de janeiro próximo. Ontem, segundo um vereador da situação, quem estava de ti-ti-ti com a bancada situacionista era a vereadora Regina Cioffi que mais uma vez vai tentar ser a escolhida com os votos do grupo ligado ao prefeito.

            Da vez passada fez a mesma tentativa e a presidência acabou nas mãos do vereador Paulo Tadeu. Agora repete a dose e pode jogar novamente a presidência nas mãos do PT (Rogério Carrilo) ou do PSD (Rogério Andrade).

            Na semana passada, a vereadora, que teve uma votação pífia como candidata a deputada federal, reuniu a executiva do seu partido, o PPS e avisou: será candidata a prefeita em 2016.

            Estão na disputa também, pelos lados da oposição, os vereadores Antonio Carlos Pereira e Tiaguinho Cavelagna que dias atrás reuniu a bancada oposicionista para anunciar sua intenção de disputar o cargo.

            Com três candidatos de oposição, a bancada da situação já pode contar com o comando do legislativo por mais dois anos, sem que para isso precise abrir mão de nenhum cargo na mesa.

DME EXPLICA REAJUSTE

            Quem retorna ao legislativo na sessão ordinária desta terça para explicar detalhes sobre o próximo reajuste da energia elétrica, que entra em vigor hoje, é o diretor superintendente da DME-Distribuidora, João Deom.

            Vai esclarecer aos vereadores o porquê de ter solicitado aumento de 30% na tarifa de energia elétrica, mas aceitado apenas os 13,9%, autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

RODAPÉ

Como era esperado, o PTB local já aderiu ao futuro governo de Fernando Pimentel no Estado e Dilma no plano federal. No Senado vai de Anastasia, claro.



Escrito por Blog do Polli às 06h49
[] [envie esta mensagem] []


 
  

PREFEITO REVIGORA LEI DO GOVERNO GERALDO

            Através das secretarias de Serviços Públicos e Planejamento, o prefeito Eloisio Lourenço está revigorando lei de 1999, da administração Geraldo Thadeu, abrindo edital de convocação para empresas, clubes, associações, cooperativas e sindicatos, interessados em firmar parceria com o município para conservação e recuperação de áreas verdes, praças, jardins, logradouros públicos e canteiros centrais.

            A idéia de firmar parceria com a iniciativa privada no governo Geraldo Thadeu nasceu por conta da crise financeira que o município atravessava na época, sendo uma das soluções encontradas para manter em boas condições os jardins e praças públicas, tendo como contrapartida para os interessados as placas de publicidade na área conservada. O programa foi coroado de pleno êxito e até hoje, alguns locais ainda são conservados mediante este tipo de parceria.

            Para fazer frente às dificuldades econômicas da época, Geraldo adotou uma linha dura no seu governo, promovendo a dispensa de vários secretários e ocupantes de cargos de primeiro e segundo escalão, além de determinar controle rígido nos gastos das secretarias, com a adoção de cotas, onde os responsáveis pelas pastas eram obrigados a trabalhar com orçamento mensal estipulado pelo gabinete do prefeito.

            Graças a essas medidas, Geraldo conseguiu entregar a prefeitura para o seu sucessor, Paulo Tadeu, com as contas em dia, mais R$ 3 milhões em caixa e sem nenhuma dívida de curto prazo, até o pagamento de precatórios foi zerado. Segundo reconhecimento de dirigentes do Partido dos Trabalhadores, a prefeitura de Poços foi a que o partido recebeu em melhores condições, entre todas as que o PT se saiu vencedor naquela eleição.

            Um bom exemplo para o prefeito Eloiso Lourenço que não deveria se limitar apenas a recuperação das praças e jardins com auxilio da iniciativa privada.

NÃO ACEITA CRÍTICAS

            Como todo bom petista, o prefeito Eloisio Lourenço também é avesso à crítica e não aceita o contraditório, nem mesmo quando é questionado por um aliado de seu governo.

            O atual prefeito ganhou alguma projeção na política local, participando de um programa de televisão onde fazia severas críticas à administração passada. Mas isso só vale para os adversários.

            Seu aliado, presidente de honra do PTB, Waldir Miguel, ao participar de um programa de televisão esta semana, lamentou a falta de cuidado para com os pontos de passeio e com a própria cidade, principalmente na área central.

            Como hoteleiro Waldir estava apenas fazendo eco as muitas reclamações que recebe de hóspedes dos seus hotéis, aliás, opinião compartilhada por uma boa parte daqueles cujos negócios estão ligados ao turismo.

            Em resposta as críticas do aliado, Eloisio disse que os hoteleiros deveriam pagar mais imposto e sonegar menos e ainda colaborar de uma maneira mais efetiva com a administração.

            Além de uma resposta deselegante, o chefe do executivo deveria ter a consciência de se existe algum tipo de sonegação por parte da classe hoteleira, ou de qualquer outro segmento, cabe a ele determinar maior rigor ao setor de fiscalização de tributos.

            Quanto a colaborar com a cidade, sua excelência talvez desconheça, mas além dos muitos empreendimentos que a família Miguel possui na cidade, é uma das maiores, senão a maior recolhedora de impostos e uma das maiores empregadoras do município, responsável por milhares de empregos não só nos hotéis, mas também nas redes de supermercados, shopping, parque de diversões e outros negócios que ajudam a impulsionar a economia do município.

            Se Eloisio trata desta maneira seus aliados, imagine os adversários.

AUDITORIA

            O diário oficial do município trouxe esta semana, um comunicado da Secretaria de Administração e Gestão de Pessoas, onde a pregoeira informa aos interessados que o edital de pregão 025-SMA/14, que trata da contratação de empresa especializada para realização de serviço de auditoria no contrato de concessão do transporte público (Secretaria Municipal de Defesa Social), sofreu alterações.

            A abertura das propostas está marcada para o dia 11 de novembro às 12h30m.

            Huuummm... então tá, né?

RECADASTRAMENTO

            O secretário-sorriso Zéquinha Muniz, está alertando aos interessados que instituiu normas gerais para o recadastramento das licenças concedidas pelo município para a atividade de comércio ambulante na cidade.

            Os ambulantes terão 30 dias para comparecer na Secretaria de Serviços Públicos e promover o recadastramento. O secretário alerta que somente será concedida licença para os pontos e locais legalizados pela prefeitura, devendo os ocupantes do espaço público em condição irregular ser notificados para desocupação imediata.

            Já que o secretário-sorriso está com boa vontade, que tal fazer cumprir o disposto na lei que qualifica como vendedor ambulante todos aqueles que não permanecem no mesmo lugar; que vai de rua em rua oferecendo seus produtos?

            Perguntinha: os trailers de lanche pertencem dia e noite no mesmo lugar, a qual categoria de ambulante eles pertencem? Seria por acaso ambulante-fixo? Existe isso caro secretário?

            Outra indagação, ambulante pode manter empresa e funcionários trabalhando? E o ponto de comércio, pode ser transferido para outra pessoa mediante pagamento?

            A Associação Comercial deveria convocar o responsável para dar as devidas explicações.

MANIFESTAÇÃO

            PT e PSDB fizeram ontem à tarde manifestações em favor de seus candidatos a presidente. Os tucanos se concentraram em frente ao McDonald’s enquanto que os petistas deram uma volta pela Rua Assis com suas bandeiras vermelhas e gritos em favor de Dilma.

            Na passeata com bandeira e tudo mais estava a secretária de saúde Fátima Livorato. Nada contra, não fosse em pleno horário de expediente, quando a responsável pelo setor de saúde deveria estar tratando de assuntos ligados sua pasta, que por sinal, não anda bem.

MAL NA FITA

            Uma fonte com profundo conhecimento dos meios petistas, disse ontem ao blog que o PT de Poços é mal visto pela cúpula partidária e que a administração não deve esperar grande ajuda do futuro governador.

            A fama também não é nada boa junto a cúpula em Brasília, de onde também não deve vir ajuda, caso Dilma seja reeleita. É esperar para ver.

NOVOS TEMPOS

            Segundo notícia publicada na edição deste sábado pelo Jornal da Mantiqueira, ontem à tarde, um grupo formado por moradores de rua, pedintes, dependentes químicos e alcoolatras, estava próximo a prefeitura promovendo algazarra. Guardas municipais e policiais militares foram chamados e puseram todos para correr, segundo o jornal.

            Houve tempo em que esse tipo de problema era resolvido por agentes da Secretaria de Promoção Social. Só para lembrar, em entrevista recente a um programa de televisão, o prefeito acusou administrações anteriores de maus tratos aos moradores de rua.



Escrito por Blog do Polli às 06h39
[] [envie esta mensagem] []


 
  

PREVALECEU O BOM SENSO

            Está no site da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) para quem quiser conferir: O Departamento Municipal de Eletricidade de Poços de Caldas (Distribuidora) solicitou a agência, autorização para reajustar a tarifa de energia a partir do dia 28 de outubro em 30%.

            Não fosse a intervenção do Conselho de Consumidores, representado pela presidente Arlene Mareca Nogueira e pelo vice-presidente Cicero Machado de Morais, e a mesma bandeira levantada pelo blog, a população seria obrigada a absorver este absurdo reajuste, com sérias implicações para a economia do município.

            Felizmente a intervenção do conselho evitou que isso acontecesse. Ao final das negociações, o índice médio será de 13,69%. No site do Canal Energia consta a declaração de um representante da distribuidora dizendo que embora o índice de reajuste não seja o desejado pela empresa, isto “não vai comprometer sua situação econômico-financeira”.

            Pois bem, se não vai comprometer a saúde financeira da distribuidora, que está capitalizada, porque então a direção do DME queria um aumento tão abusivo? Isto mostra que a direção do Grupo, em especial seu presidente, João Deom (que não possui raízes na cidade), não está nem aí para os consumidores.

            O objetivo principal de um reajuste da ordem de 30% não era outro a não ser capitalizar (ainda mais) as empresas do Grupo, que já tem um bom dinheiro aplicado em instituição bancária e aumentar o lucro da distribuidora para transferir dinheiro para o caixa da prefeitura.

            Infelizmente, por razões já conhecidas, a imprensa local não dará o destaque necessário a matéria, mas através da ACIA os comerciantes, empresários e industriais deveriam tomar conhecimento do quanto é importante manter no conselho de contribuintes os seus representantes.

            A próxima etapa será debater amplamente os próximos reajustes no ciclo tarifário que acontecerá em 2015, quando haverá audiência pública com a presença de representantes da Aneel para avaliar os futuros aumentos da tarifa.

            Através do conselho, os consumidores mostraram que é possível preservar os bons serviços prestados pela distribuidora, sem necessidade de um reajuste exorbitante da energia.

É preciso também frear o avanço do seu único acionista, a prefeitura, no dinheiro da distribuidora. A administração municipal precisa aprender a gastar menos, equilibrar suas despesas com a receita para não continuar fazendo do DME uma espécie de pronto socorro para pagamento de dívidas resultante de um descontrole nos gastos de custeio com a máquina administrativa.

DROPS

Arlene Mareca Nogueira, presidente do conselho de consumidores do DME. Um nome em ascensão que merece todo apoio para continuar na luta em defesa dos interesses da população, em especial dos comerciantes, a classe que representa como conselheira.

*********

            Dois servidores do DMAE tentavam ontem, com muita dificuldade, acionar um hidrante nas proximidades da Caldense, mas foram atrapalhados por um veículo estacionado em local proibido. Por sinal, o trânsito na área central virou realmente uma casa da mãe joana. Nem a prefeitura, e muito menos a Polícia Militar, estão preocupados em fiscalizar veículos estacionados em fila dupla, ocupando lugar nos estacionamentos privativos, dos idosos etc. etc. É o retrato de uma administração que já acabou sem nunca ter começado.

********

Mesmo que Dilma Rousseff seja reeleita, com Fernando Pimentel no comando do Estado, a esperança de que Eloisio Lourenço & Cia. consiga virar o jogo e fazer um bom governo é quase nula. Não existe tempo hábil para recuperar os dois anos perdidos e pessoal competente para formar uma nova equipe de governo. A vaca já colocou as quatro patas no brejo.

********

O presidente do PMDB, José Osvaldo Costa, disse ontem que está poiando a Dilma, como apoiu também o futuro governador do Estado, Fernando Pimentel, mas não tem nada a ver coma administração municipal. “Não estou em busca de emprego público”, disse o líder do PMDB, reforçando a tese de que embora o Secretário de Esportes seja filiado ao partido, o PMDB está fora da administração.

*********

Ontem pela manhã, mini-outdoor com propaganda de Dilma Rousseff era visto por todos que passavam pela Av. Francisco Salles, no canteiro que margeia o Restaurante Popular. Ou seja, em local público.

********

Além de asfaltar a estrada Poços-Palmeiral, o D.E.R. órgão do governo do Estado, recuperou o asfalto da Av. Mansur Frayha - principal entrada da cidade para quem vem do interior paulista - desde a rodoviária até o trevo do Véu das Noivas. Quanto a Av. Wenceslau Brás, saída para o sul de Minas, pertencente a União, apresar das promessas do prefeito, o DNIT até agora não fez absolutamente nada.

******** 

A se confirmar no domingo, o resultado das pesquisas divulgadas ontem, a partir de segunda-feira só resta cobrar da administração as inúmeras promessas já que a partir daí não haverá mais para quem empurrar a culpa. Os governos da União, Estado e Município estarão a cargo do mesmo partido.

********* 

Em todo caso, o famoso vidente Carlinhos (do Paraná), que acertou as previsões de que Neymar não jogaria a Copa do Mundo e o Brasil seria desclassificado pela Alemanha, também previu com muita antecedência, uma reviravolta na campanha e Aécio Neves no segundo turno. Ontem voltou a reafirmar que o tucano sairá vencedor na eleição do próximo domingo.

********

A prefeitura não deve apenas R$ 5 milhões para o IASM. Ao confirmar a dívida com o instituto dos servidores, o vereador Paulo Tadeu disse também que por conta da crise financeira, a prefeitura não está recolhendo a parte do empregador para o INSS. Tá feia a coisa.

*******

Por falar no presidente da Câmara, Paulo Tadeu deu sua contribuição a campanha de Dilma Rousseff no segundo turno. É co-participante de reportagem feita pelo jornalista Joaquim de Carvalho para o site Diário do Centro do Mundo (DCM), sobre o asfaltamento de uma estrada rural que liga Poços de Caldas a Alfenas, passando pelo município de Botelhos onde está situada a fazenda Sertãozinho, do empresário Roberto Irineu Martinho. A denúncia é que quando governador, Aécio Neves mandou asfaltar a estrada para favorecer o dono da Rede Globo, mas desviou o trajeto oficial da estrada em três quilômetros, para não cortar a fazenda ao meio. O ex-prefeito acompanhou o repórter na sua visita ao local.

******** 

Reportagem da Revista Veja deste final de semana deve colocar mais emoção na disputa presidencial. Segundo declarações do doleiro Alberto Youssef, Dilma e Lula sabiam de tudo a respeito do desvio de dinheiro na Petrobrás.



Escrito por Blog do Polli às 06h44
[] [envie esta mensagem] []


 
  

ENERGIA: REAJUSTE MENOR É VITÓRIA DO CONSELHO

            Verdade seja dita, não fosse a firme atuação do Conselho dos Consumidores de Energia do Departamento Municipal de Eletricidade, os moradores de Poços de Caldas seriam penalizados com um reajuste próximo dos 30% em suas contas. Claro que a direção da DME-Distribuidora e a administração municipal não irão admitir isso, vão preferir dizer que o reajuste ficou aquém do necessário para não “sacrificar” os consumidores e de forma geral, a população.

            No entanto, o diretor superintendente da DME-D e presidente da DME Participações, João Deom, desde que começou a analisar o reajuste nunca pensou em índice abaixo dos 27%. Só aceitou baixar sua proposta para 23% após uma tensa reunião com Arlene Mareca Nogueira (presidente) e Cícero Machado de Morais (vice-presidente), representantes do Conselho dos Consumidores.

            Em Brasília, as negociações prosseguiram na Agência Nacional de Energia Elétrica, no dia 17, se reuniram Davi Antunes de Lima (Superintendente de Regulação Econômica), Carlos Marcel F. da Silva, assessor do diretor relator (Reive Barros), mais João Deom e Miguel Gustavo Durante, pelo DME e os dois representantes do conselho.

            Foi nesta reunião que com a intermediação dos representantes da agência reguladora, João Deom aceitou adiar para 2015 a inclusão de componentes financeiros a tarifa, Mesmo assim bateu o pé num reajuste de 15% este ano.

            Uma nova reunião entre as partes, também na sede da agência, em Brasília, foi agendada para a última terça-feira, dia 21. Nesta ocasião, os dois representantes do conselho dos consumidores (Arlene e Cícero), fizeram uma nova sustentação oral, defendendo como reajuste um percentual de 10%.

            Com anuência da Aneel, os índices acabaram ficando razoáveis com reajuste médio de 13,69% sobre as tarifas. A DME Distribuidora foi autorizada a aplicar o aumento médio nas tarifas a partir do dia 28 de outubro, com efeito médio de 15,44% para os consumidores em alta tensão e de 12,28% em média para a baixa tensão.

            Com o diferimento de parte do reajuste, o efeito médio de 25,18% cairá pela metade e o impacto tarifário será menor do que o pleiteado pela distribuidora. A proposta aproxima o reajuste dos 10% reivindicados pelo conselho, ao adiar o pagamento à empresa de R$ 12,6 milhões. Segundo o diretor da empresa, esse adiamento para 2015 não vai comprometer sua situação econômico-financeira.

NOVA CASA DE ESPETÁCULO...

 

Um grupo de turistas que passava em frente à Câmara, na tarde de terça, perguntava se alí estava sendo realizado algum espetáculo de circo tal era a diversidade de indumentárias dos ativistas que foram dar apoio ao prefeito Eloisio visando a aprovação de Projeto de Lei que  pretende criar a Secretaria Municipal de Cultura.

O momento contou com a presença de alguns secretários e funcionários da Secretaria Municipal de Turismo além do vice-prefeito. Logo no início dos trabalhos foi feita a leitura da Mensagem do Executivo propondo a criação da Secretaria de Cultura acompanhada da minuta do projeto de lei que será discutido nas diversas comissões daquela Casa Legislativa.

O assunto é polêmico e existem outras prioridades levantadas por diversos vereadores como a implantação da Secretaria de Meio Ambiente. É esperar para ver o que vai acontecer.

Embora uma secretaria destinada a cultura seja uma antiga reivindicação da classe artística, estando a prefeitura passando por séria crise financeira, o mais lógico seria uma proposta extinguindo ou fundindo outras secretarias, como por exemplo, a de turismo com o esporte.

Isto ajudaria em não elevar as despesas com a criação de mais uma estrutura de primeiro escalão.

 

PREFEITURA DEVE 5 MILHÕES AO IASM

 

Tendo em vista alguns ruídos sobre a divida da prefeitura junto ao IASM – em mais de 5 milhões de reais – foi apresentado um requerimento com pedido de informação solicitando esclarecimentos sobre a existência dessa dívida.

Paulo Tadeu demonstrando que toma conhecimento, com antecedência, do que será discutido na sessão transferiu a presidência para o vereador Rogerio Carrillo e apresentou os números com as justificativas como se fosse o supremo defensor do Executivo.

Disse que realmente a prefeitura deve esse valor sendo 2 milhões da administração passada e 3 milhões dessa administração. O vereador Tiago Cavelagna argumentou que isso poderia se caracterizar como crime por apropriação indevida já que são descontados, mensalmente, dos funcionários os valores previstos.

Paulo respondeu que os recursos dos funcionários são repassados todo mês mas a contribuição patronal está atrasada em função das dificuldades financeiras da prefeitura. É bom lembrar que o prefeito Eloisio, até hoje, não designou novo líder do governo para representar o executivo na Câmara.

O prefeito está com dificuldade para escolher um novo líder e parece que será indicado o vereador Joaquim da Farmácia para ocupar essa importante função.

Dependendo da resposta alguns vereadores já estão se preparando para dar entrada no Ministério Público com uma representação. A tendência da dívida é aumentar mais ainda e, ao que parece, alguns prestadores de serviço – na área médica e odontológica – já estão querendo abandonar o barco.



Escrito por Blog do Polli às 06h39
[] [envie esta mensagem] []


 
  

DROPS

O ex-diretor do DME, eng. Cícero Machado de Morais lutou e conseguiu, com ajuda da presidente do Conselho dos Consumidores, baixar o índice de reajuste da tarifa de energia elétrica. Provou por “a” mais “b” que isso é possível, sem comprometer a saúde financeira da Distribuidora. E lembrar que o secretário de governo Fernando Posso disse em um programa de tv, que ele só entende de esticar fios...

*********

Paulo Tadeu confirmou na sessão de terça-feira que a prefeitura está devendo R$ 5 milhões ao IASM (instituto de Assistência aos Servidores Municipais), mas não fez nenhuma referência quanto a perspectiva de quitação do débito, alegando apenas que a dívida é consequência da crise financeira que atravessa a prefeitura. Pelo desperdício de dinheiro público que se nota na administração, a crise parece não existir.

******** 

Um fato ficou comprovado no episódio do reajuste das tarifas de energia da DME-Distribuidora, o Conselho dos Consumidores não tem mais o comportamento de “vaquinha de presépio” que o caracterizou por muitos anos. A dupla Arlene-Cícero mostrou que está disposta a defender os interesses daqueles que utilizam os serviços da distribuidora e promete agora ficar de olho nos repasses que a empresa continua fazendo para cobrir rombo nas contas da administração municipal.

********* 

Nos últimos dias, o assunto preferido da chamada rádio “pião”, comunicação boca-a-boca entre servidores municipais, é a denúncia de que um advogado teria sido beneficiado, ilegalmente, com a incorporação de gratificações ao seu salário. Segundo os comentários, não foi só ele, o benefício teria sido estendido a mais servidores.

******** 

Caso seja comprovada a ilegalidade, o Procurador Geral, responsável pelo parecer favorável e a Secretária de Administração, que assinou os atos, ficarão em situação muito difícil, podendo até ser alvo de ação criminal por parte do Ministério Público. A secretária Maria Luisa, do setor administrativo já tem contra si denúncia de contratação irregular de uma dentista, efetivada na prefeitura sem registro no Conselho Regional de Odontologia.

******** 

Comandadas pelo vereador Tiaguinho Cavelagna, alguns cabos eleitorais foram ontem às ruas com propaganda do candidato Aécio Neves. Dizem que o vereador quer ficar bem na fita com os tucanos, tentando conquistar votos dos colegas para a escolha do próximo presidente do legislativo. Tiago é o preferido da dupla Sebastião Navarro-Paulo Molinari.



Escrito por Blog do Polli às 06h39
[] [envie esta mensagem] []


 
  

CONTA DE LUZ TERÁ REAJUSTE MÉDIO DE 13,69%

As contas de luz em Poços de Caldas terão reajuste médio de 13,69%. Para os consumidores residenciais, o aumento será 10,56%. Consumidores de baixa tensão pagarão, em média, 12,28% a mais. Já os de alta tensão – em geral indústrias – terão as tarifas reajustadas em 15,44%. Os novos valores serão cobrados a partir do dia 28 de outubro.

Os reajustes foram aprovados ontem pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para os consumidores atendidos pela DME Distribuição, empresa que tem 70 mil unidades consumidoras como clientes.

Colaboraram para essa revisão tarifária fatores como custos pagos pela distribuidora para a compra e transmissão de energia, além do pagamento de encargos setoriais.

O reajuste muito menor que o pretendido pela direção da empresa (entre 25% a 30%) se deve principalmente a reação do Conselho dos Consumidores, onde a presidente Arlete Mareca e o vice-presidente Cicero Machado de Morais não mediram esforços para impedir um reajuste elevado que iria sacrificar toda a população.

Os representantes do conselho fizeram reunião com o Diretor Superintendente da empresa, João Deom, que insistia em reajuste elevado. A reunião foi tensa por conta da intransigência do representante do DME.

Outras reuniões aconteceram em Brasília, com representantes da Aneel, quando os dois representantes do Conselho dos Consumidores voltaram a insistir em reajuste mais baixo.

      Ao final destas reuniões, os técnicos da agência reguladora entenderam que os representantes dos distribuidores estavam com a razão. O reajuste das tarifas do DME é um dos mais baixos autorizados até agora pela Aneel.

GRATIFICAÇÕES NÃO PODEM SER INCORPORADAS

O vereador Antonio Carlos Pereira apresentou na sessão de ontem da Câmara, requerimento solicitando informações do chefe do executivo sobre denúncia de que um servidor público que atua na Procuradoria de Processos Disciplinares e Investigatórios, foi contemplado com uma “incorporação salarial” justificada pelo parecer 055/2014 do Procurador Geral do Município, Dalmo Luiz Roumie da Silveira.

            Segundo a justificativa contida no requerimento, a “incorporação” trata da denominada “Gratificação de Atividade”, disciplinada pelo art. 38 da Lei Complementar 68/2006, que altera a Lei Complementar n. 25, de 17 de junho de 2002, que “dispõe sobre o Plano de Carreiras e Salários dos Servidores Celetistas da Prefeitura Municipal de Poços de Caldas”.

            Em seu art. 38, a referida lei diz que a gratificação corresponderá a atividade prevista, cumprida a partir da publicação do regulamento e somente terão validade, para efeito de gratificação, as atividades que forem previamente autorizadas pelo secretário da área.

            A gratificação, segundo a lei, “somente será devida enquanto esta perdurar e em nenhuma hipótese se incorporará, para qualquer efeito, ao salário do servidor”.

            Diante da denúncia, o vereador deseja saber qual foi o embasamento legal utilizado para permitir a incorporação salarial ao referido servidor; qual o valor do salário recebido antes da incorporação e qual o valor resultante da incorporação e ainda, se existem outros casos semelhantes ao que foi denunciado.

EM POÇOS, A MENOR VOTAÇÃO DE DILMA.

            A julgar pela votação obtida pela candidata Dilma Rousseff no primeiro turno, o cartaz do prefeito Eloisio Lourenço não anda lá essas coisas junto à direção nacional do Partido dos Trabalhadores.

            Segundo levantamento do jornal Folha de São Paulo, Dilma contabilizou aqui apenas 30,7% dos votos válidos, o menor percentual obtido pela candidata entre os 863 municípios do Estado.

            Para melhorar esta situação no segundo turno, os petistas, comandados pelo prefeito Eloisio Lourenço distribuíram placas de Dilma e Lula por toda a cidade, além de manter pelo menos meia dúzia de carros de som circulando pelo centro e nos bairros.

            Além disso, algumas reuniões com lideranças de bairros e até mesmo com moradores de conjuntos habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida foram sendo realizadas com pedido de votos para a candidata e até mesmo alertas que vão desde o corte de água até retomada dos imóveis daqueles que estão com prestações em atraso.

            O chefe do executivo está fazendo um grande esforço para melhorar a votação da presidente para caso ela seja reeleita, elevar a moral na busca de recursos para a sua administração.

            A inexpressiva votação da petista, aliada a derrota no município dos candidatos ao governo e ao senado, além da não eleição do candidato a deputado estadual reflete o descontentamento da população para com a administração municipal que nestes dois anos de governo teve um desempenho decepcionante.



Escrito por Blog do Polli às 06h54
[] [envie esta mensagem] []


 
  

FUTURO GOVERNO ARTICULA NOVOS APOIOS

Sem contar com maioria na futura Assembleia Legislativa, o governador eleito Fernando Pimentel está tentando conquistar novos deputados para a aprovação de projetos de interesse do governo.

            Reportagem de ontem do jornal Hoje em Dia mostra os peemedebista Antonio Andrade, vice-governador eleito, junto com Newton Cardoso, articulando adesão de novos partidos ao governo.

            As primeiras adesões, segundo a reportagem, poderão ser dos deputados eleitos pelo DEM e PPS, estando na pauta dos governistas conversas também com representantes do PDT, PV, PR e PSB, que não fazem parte da coligação que elegeu Pimentel

SEM CAMPANHA

            Enquanto o PT incrementa sua campanha com carros de som, placas, cardoor e bandeiras por toda a cidade, a campanha de Aécio Neves simplesmente não existe.

            As lideranças que no primeiro turno apoiaram o candidato desapareceram depois do único ato realizado na semana passada quando aqui esteve o governador Alberto Pinto Coelho.

TRÂNSITO BAGUNÇADO

            A bagunça no trânsito por conta da extinção da zona azul deve continuar ainda por mais um tempo e dificilmente a administração conseguirá cumprir a promessa de regulamentar o serviço até o final do ano.

            A licitação para aquisição de equipamentos que permitiria a fiscalização e pagamento do estacionamento via celular foi extinta por conter vícios, com direcionamento a uma empresa sediada na cidade de Lavras.

            Por causa disso a administração terá que escolher um novo equipamento, elaborar novo edital e só então abrir a licitação que dificilmente estará fechada em 2014.

            Com movimento maior do comércio no mês de dezembro, a situação tende a ficar pior do que já está.

 REGINA DENUNCIA DESCASO MÉDICO COM PACIENTE

 

A vereadora Regina Cioffi denunciou na tribuna da Câmara o caso de um paciente de Poços que veio a falecer no fim da semana passada por descaso do sistema de saúde. Com dificuldades de falar e perdendo a voz, a vereadora tentou intervir solicitando apoio de profissionais da área para a realização de exames e diagnosticar a existência de um possível tumor que poderia estar criando uma obstrução na garganta.

Disse que o sistema não deu a devida atenção e ficou sabendo que o paciente – sem saber as razões - foi transferido para Alfenas para fazer uma biopse, no dia 9,  e lá foi feita uma traqueostomia onde ficou internado por dois dias. Por complicações o paciente veio a falecer na sexta-feira deixando esposa e cinco filhos. Tinha pouco mais de 30 anos.

Está na cara que o assunto será esquecido rapidamente e não vai aparecer nenhum culpado. Não podemos esquecer que, em Poços, o prefeito municipal é o gestor da saúde e o caso será encaminhado ao Ministério Público.

Mais complicação e dor de cabeça para o prefeito Eloisio. Parece que a urucubaca tá solta pelos lados da Francisco Salles.  



Escrito por Blog do Polli às 06h54
[] [envie esta mensagem] []


 
  

NOVO QUADRO POLÍTICO

 

Com a disponibilização dos dados fornecidos pelo TSE pode-se afirmar que se os candidatos da terra tivessem um pouco mais de racionalidade nas decisões que antecederam as eleições, hoje poderíamos contar com Mosconi, mais uma vez, na Assembleia de Minas e possivelmente Geraldo na bancada governista, em Brasília, caso Aécio vença no próximo domingo.

O PPS de Regina Cioffi, presidido por Roberto Freire, já está em ampla negociação com o PSB e caso, dessa vez, tudo corra a contento, esse novo bloco será a quarta maior força no Congresso Nacional podendo ter a adesão, ainda do Solidariedade. São apenas conjecturas.

Ocorrendo a fusão do PPS com o PSB, Regina está sendo sondada para coordenar as atividades da nova agremiação política visando consolidar o novo partido para as próximas eleições em 2016 em 146 munícipios agrupados em dez microrregiões do sul/sudoeste de Minas .

    

PRESIDENCIA DA CAMARA

 

‘Nos bastidores já começaram as articulações visando a presidência da Câmara para o próximo biênio 2014-16. O bloco da situação deverá lançar a dupla Ro-Ro (os dois Rogérios ) para presidente e vice enquanto a oposição já se articula para lançar Sansão ou Tiago Cavelagna.

Como o grupo da oposição nunca conseguiu caminhar unido pode ser que o vereador Antonio Carlos Pereira seja o indicado pelo DEM mas vai encontrar resistência no PSDB. O quadro ainda está muito indefinido e conversas nos bastidores tendem a aumentar para a escolha do futuro presidente.

Enquanto isso o atual presidente já está vislumbrando assumir uma diretoria no DME a partir de janeiro próximo já que dificilmente vai ter espaço no governo estadual. 

CONTANDO PROSA

Quem estava contando prosa ontem pela manhã em um café da Praça Pedro Sanches, esquina com Rua Rio de Janeiro, era o ex-vereador Waldemar Lemes Filho.

Candidato derrotado a vice-prefeito em 2012, fazendo dupla com Paulinho Courominas, “Demarzinho”, como é mais conhecido, agora é Dilma desde criancinha e amigo de longo tempo do deputado Antonio Andrade, eleito vice-governador na chapa de Fernando Pimentel.

Já fala até em se lançar candidato em 2016 como vice do atual prefeito.

DE VOLTA AO PASSADO

            A oposição já se articula para eleger uma bancada forte na eleição municipal de 2016. Um dos nomes cogitados para candidato a vereador é o ex-prefeito Paulo Cesar Silva que voltaria assim ao legislativo municipal, seguindo o mesmo caminho do também ex-prefeito Paulo Tadeu.

            Outros nomes de peso e com boas chances de ser eleitos estão sendo sondados por um grupo que já pensa na sucessão de Eloisio. O histórico mostra que a oposição quando está unida é imbatível.

            É só lembrar as eleições passadas quando o grupo conquistou o poder municipal.

CONTINUA MANDANDO

            Segundo o vereador Lical, embora a geóloga Angela Marques tenha deixado o Departamento de Meio Ambiente, na Seplan, as coisas continuam na mesma já que ninguém na secretaria dá um passo sem consultar a arquiteta Gina Beatriz.

            Nos bastidores, segundo ele, há quem diga que a contratação de uma empresa para elaborar o plano municipal de trânsito (R$ 1,5 milhão) também segue orientação da ex-secretária.

NOVO QUESTIONAMENTO

            Na sessão ordinária desta terça-feira, o vereador oposicionista Antonio Carlos Pereira deverá retomar a questão das incorporações salariais de gratificações aos servidores municipais que foram nomeados para integrar comissões de sindicância.

            Pereira vai questionar o Procurador Geral Dalmo Luiz e a Secretaria de Administração que autorizaram este tipo de benefício a alguns servidores, sem respaldo da lei municipal.

SUCUMBÊNCIA

            Outro assunto que deve entrar em pauta nas próximas sessões legislativa é o pagamento de honorários para advogadas da própria prefeitura em ações que envolvem débitos já inscritos na Dívida Ativa.

            Ontem à tarde na Câmara, dois vereadores conversavam sobre o assunto e um deles entendeu como sendo absurdo ter quitado uma dívida de IPTU, sendo obrigado a recolher honorários para uma advogada da própria prefeitura, cujo salário mensal já é um dos melhores do funcionalismo municipal.

BAIXO ASTRAL

            Na opinião de um candidato a deputado que disputou a reeleição e obteve em Poços uma votação decepcionante, o resultado da eleição, que deixou Poços de Caldas sem representação na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal se deve ao baixo astral que a cidade vive em função da decepcionante administração petista.

            “Com a cidade completamente abandonada em consequência de uma administração fraca, os eleitores jogaram todos na mesma vala”, disse.



Escrito por Blog do Polli às 06h32
[] [envie esta mensagem] []


 
  

AUMENTO DE ENERGIA DEVE FICAR EM 15%

            Graças a firme atuação do Conselho dos Consumidores, representado pela sua presidente, Arlete Mareca Nogueira e pelo vice Cicero Machado de Morais, a energia elétrica em Poços de Caldas, de responsabilidade da DME-Distribuidora, deverá subir 15%, bem menos do que pretendia seu Diretor Superintendente, João Deom.

            No dia dez, os dois representantes do conselho se reuniram com diretor, a conversa foi tensa por conta do dirigente do Grupo DME que acusou os representantes do conselho de estar fazendo política com o aumento. Deom chegou a apresentar uma proposta com índice de reajuste de 23%, recusada pelos conselheiros.

            Na última sexta-feira, em Brasília, Arlete e Cicero participaram de uma reunião na sede da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), representada pelo relator do processo de reajuste das tarifas do DME, Reive Barros, mais o diretor do DME e seu assessor Miguel Gustavo Durante. Presentes também o Superintendente de Regulação Econômica da Aneel, Davi Antunes de Lima e Carlos Marcel F. da Silva, assessor do relator.

            O Diretor Superintendente da distribuidora voltou a insistir em um reajuste maior, mas ao final, após concordar em diferir parcelas financeiras, fechou questão num reajuste de 15%.

            Tudo indica que a agência reguladora irá homologar o aumento neste índice, embora esteja agendada para amanhã (terça-feira), uma nova reunião entre os dois representantes do Conselho dos Consumidores, do DME e da agência reguladora.

            Arlete e Cícero voltarão a insistir em um índice menor, embora já considerem os 15% um ganho para os consumidores uma vez que os dirigentes da distribuidora sonhavam com um reajuste entre 25% a 30%.

 

PESQUISADORA SUGERE VOTO EM DILMA

            Uma leitora do blog encaminhou e-mail onde diz que estranhou o comportamento de uma pesquisadora na manhã deste domingo. Ao atender a porta, uma jovem, uniformizada e com um crachá pendurado no peito, se identificou como funcionária do Instituto de Pesquisas Vox Populi.

A moradora inicialmente se sentiu uma privilegiada por ser uma das pessoas escolhidas para a pesquisa sobre a eleição de presidente. Forneceu seus dados pessoais, até que a moça iniciou as perguntas do questionário. Quis saber em quem ela votou para presidente no primeiro turno, se assistiu e o que achou do debate entre os candidatos no SBT, se assiste o horário eleitoral e por ai foi.

Ao responder em quem votaria no segundo turno disse que repetiria o voto em Aécio Neves. Foi aí que a pesquisadora passou a fazer colocações estranhas, perguntando se ela tinha conhecimento de que quando governador Aécio gastou milhões na construção de prédios para uma nova sede do governo em Belo Horizonte e se não achava isso um desperdício de dinheiro público.

Insistiu em saber para quem tinha dado seu voto para governador e fez inúmeras indagações sobre problemas do Estado, dando a entender que Aécio e o PSDB não souberam governar Minas Gerais.

Antes de encerrar a entrevista pediu que caso alguém ligue para sua casa, perguntando se foi pesquisada, que confirme sua visita. Após se despedir, a “pesquisadora” continuou na mesma rua, batendo de porta em porta.

A moradora ficou com a nítida impressão de que a representante do instituto Vox Populi tentou convencê-la a mudar seu voto para Dilma Rousseff.

CALÇADA VIRA ASSUNTO NA HOMENAGEM AOS IDOSOS

            Na última sexta-feira a Câmara Municipal realizou sessão solene em homenagem aos idosos. Durante a sessão o vereador Rogério Andrade levantou o problema da má conservação das calçadas, responsável por inúmeros acidentes envolvendo idosos.

            Quem não gostou da abordagem daquele assunto naquele momento foi o prefeito Eloisio Lourenço, presente na homenagem aos idosos. Com olhar de desaprovação, o prefeito, na sua fala, decidiu explicar os entraves que o impede de promover os consertos nas calçadas, principalmente do centro.

            Lembrou que buscou uma parceria com a Associação Comercial e que tudo estava acertado para que o município procedesse aos reparos, mediante cobrança posterior do proprietário beneficiado pela melhoria.

            Disse que a parceria só não foi concretizada porque o sr. João Ferrão, presidente da ADISMIG atrapalhou, ameaçando denunciar o acerto entre o município e a ACIA ao Ministério Público, por julgá-lo ilegal.

            Alguns vereadores da bancada da situação, incluindo o presidente da Casa, demonstraram constrangimento com a atitude do vereador Rogério em ter levantado um assunto tão polêmico numa sessão solene.

COMO SEMPRE

            Em artigo publicado na edição de sábado do Jornal de Poços, o presidente do PMDB local, José Osvaldo Costa, saiu em defesa da candidata Dilma, chamando seu adversário Aécio Neves, de “rapazinho”, “filhinho de Papai”, “menino minado” e por aí afora. No mesmo dia, à tarde, já estava sentado na mesa principal do ato promovido pelos petistas sulfurosos em apoio a reeleição da presidente.

            Na gestão Paulinho Courominas, o presidente do PMDB chegou a ocupar um cargo de primeiro escalão e durante a campanha municipal esteve ao lado do ex-prefeito, trabalhando deforma clara para a sua reeleição, ou seja, contra Eloisio.

            Pelo andar da carruagem, não vai demorar muito para que o presidente peemedebista retorne a prefeitura, ocupando outra vez um cargo de destaque.

AUMENTANDO RECEITA

            Como o mar não está para peixe, os prefeitos tem procurado formas inovadoras para aumentar as receitas municipais. Uma delas é a concessão dos abrigos de ônibus para exploração publicitária, em troca da conservação e com o repasse de uma comissão sobre o faturamento com a venda das publicidades.

            Por aqui, os abrigos destinados aos passageiros do transporte coletivo urbano estão uma vergonha, principalmente os novos, cujas laterais são de acrílico, utilizadas para todo tipo de propaganda e pichação, sem que haja por parte da concessionária ou da própria administração, qualquer providência para mantê-los limpos.

            A exploração de publicidade de forma oficial, mediante licitação e compromisso para a manutenção dos abrigos pode ser uma saída. A receita para a prefeitura não seria grande coisa, mas para quem anda vendendo o almoço para comprar a janta, não deixa de ser um reforço de caixa.

DESPERDÍCIO DE ÁGUA

            A falta de água em dezenas de bairros já é uma realidade e o racionamento deve ser uma das medidas a ser adotada pelo DMAE nos próximos dias para amenizar o problema.

            A crise no abastecimento serve, mais uma vez, para que o DMAE analise com urgência medidas a serem tomadas para evitar o desperdício, não dos usuários, mas sim da própria autarquia.

            Enquanto a população é sacrificada pela falta de água o DMAE desperdiça mais de 45% da água que trata por conta da rede de distribuição que é bastante antiga e apresenta vazamentos permanentes.

            O cálculo sobre o desperdício é do próprio DMAE que apesar do grave problema não toma nenhuma providência devido a falta de recurso para investimento na troca da tubulação.

            O DME está anunciando uma redução significativa na geração de energia por conta da longa estiagem que está afetando gravemente as represas Saturnino de Brito e Cipó, onde estão as duas principais captações de água que serve a população.

            Já que o Grupo DME possui excelente saúde financeira, com milhões aplicados em instituições bancárias, e como necessita de água para gerar mais energia, poderia bancar as obras para redução do desperdício o que resultaria em benefício da população e até mesmo a liberação de um volume maior de água das duas represas para geração de energia.

            Este sim seria um dinheiro bem aplicado, ao contrário dos recursos que são desviados do DME para cobrir rombo de uma má gestão administrativa.



Escrito por Blog do Polli às 06h54
[] [envie esta mensagem] []


 
  

PRESIDENTE FALHOU NA DEFESA DO LEGISLATIVO

            Vereadores de oposição estão insatisfeitos e com muita razão, no que diz respeito ao desempenho do presidente Paulo Tadeu como líder maior do poder legislativo no município.

            Com o mandato de presidente prestes a se encerrar, durante os 22 meses em que esteve no cargo, Paulo se comportou não como um defensor do legislativo, mas sim, como representante do poder executivo, não se preocupando em fazer valer os direitos dos vereadores quando o assunto contraria interesses do executivo.

            Um dos fatos que desabona sua conduta no cargo é a falta de respeito a lei no tocante a respostas de pedidos de informações formulados pelos vereadores e aprovados em plenário. Trata-se de um direito legítimo daqueles que tem assento no poder legislativo e que não vem sendo respeitado pelo executivo.

            Existem requerimentos que há vários meses aguardam resposta do prefeito e da sua equipe de governo e não raro, estas respostas são enviadas incompletas e até mesmo de maneira deseducada para com aqueles que foram eleitos com a função de fiscalizar os atos do executivo.

            O fraco desempenho na presidência da Câmara talvez tenha contribuído para a baixa votação que o vereador recebeu na tentativa de se eleger deputado estadual. Se a sua passagem pelo comando da Câmara fosse marcada por uma ação mais contundente em defesa do poder que representa, quem sabe o seu desempenho nas urnas fosse melhor.

            É incompreensível também a passividade com que o presidente aceitou propostas que desmerecem o legislativo, como é o caso do projeto que propõe alterações na lei que criou as empresas de energia elétrica. Um dos artigos propõe autorização plena a direção do Grupo DME para negociar e firmar parcerias com empresas da iniciativa privada sem necessidade de aprovação legislativa.

            No projeto que propõe mudanças na lei, a justificativa do chefe do executivo para deixar os vereadores de fora nas negociações, é que as tratativas entre as empresas exigem cláusula de confidencialidade, condição que impede maior transparência nos negócios.

            Vale registrar a mudança de comportamento do vereador que adotou um comportamento mais ligth se compararmos com suas posições radicais do passado. Mas como presidente da Câmara faltou tirar a camisa do executivo e vestir a do legislativo.  

DECLARAÇÕES CONFLITANTES

            Muita gente não entendeu o posicionamento do Procurador Geral do Município, Dalmo Luiz da Silveira, no caso da incorporação das gratificações pagas aos servidores que são indicados para trabalhar em sindicâncias internas.

            A lei não admite este tipo de incorporação. O que a lei permite é apenas que o servidor mantenha o salário que recebe após a permanência por determinado tempo em cargos de confiança.

            Por exemplo, um servidor que tenha sido nomeado para exercer o cargo de secretário ou sub-secretário e permaneçe no cargo por um tempo determinado na lei, fará jus a incorporação. Quanto s incorporação de gratificações pagas por atuação em comissões de sindicância ou qualquer outro tipo de comissão não existe amparo legal para ser incorporada.

            Por conta disso, o Procurador deve ser ouvido pelos vereadores que querem explicações por ele haver autorizado a incorporação das gratificações ao salário de um advogado que prestava serviços na Procuradoria.



Escrito por Blog do Polli às 06h40
[] [envie esta mensagem] []


 
  

DROPS

O site Fiscaliza Poços publicou ontem o resultado de um concurso oficial da prefeitura, onde Sheila Patresi dos Santos aparece como uma das aprovadas para o cargo de Auxiliar de Manutenção Civil. Será que Sheila que responde pelo Centro de Controle de Zoonoses, tem mesmo interesse em exercer o cargo ou apenas está fazendo uma chicana para no futuro ser designada para outra função, como, aliás, se tornou comum na prefeitura?

*********

A troca da empresa responsável pelo vale-alimentação dos servidores municipais deve continuar gerando problemas por conta da alta taxa de serviço cobrada dos estabelecimentos onde os servidores fazem suas compras. O problema está na vantagem oferecida pela empresa responsável a prefeitura. O vale é de R$ 365,00 e a prefeitura reembolsa R$ 345.00. A diferença mais o lucro da empresa encarecem a taxa de serviço, provocando a chiadeira dos donos dos supermercados, principalmente.

*********

A administração está em busca de uma nova fórmula para transferir dinheiro do DME para os cofres do município. Como a Distribuidora necessita construir uma sub-estação na área do Distrito Industrial, o acerto inicial era que a prefeitura faria a doação do terreno. Agora a administração já fala em vender a área para faturar mais uma graninha que vai ajudar a pagar contas de uma má gestão.

*********

A prefeitura contratou as empresas Acácia Ltda. e DVH Elétrica e Montagens de Painéis, para aquisição de peças para a decoração natalina de 2014: Valores R$ 355.598,00 e R$ 50.640,00. O secretário de turismo esteve ontem no Canal Aberto da TV Poços, onde disse que a prefeitura passa por séria crise financeira e que por conta disso a verba para ornamentação natalina será reduzida em comparação com o ano passado.

********

Por mais 12 meses, o Jornal da Mantiqueira continuará a publicar os atos oficiais do município. Com parecer favorável da Procuradoria Geral, a Secretaria de Administração promoveu a renovação do contrato firmado através de licitação entre a Prefeitura e a Empresa Jornalística Poços de Caldas Ltda.

*********

Na entrevista que deu ao Jornal de Poços o Procurador Dalmo Luiz afirmou que “os servidores vivem em busca de penduricalhos para melhorar seus baixos salários”. Embora Dalmo queira transferir a culpa para os servidores, os verdadeiros culpados são os gestores públicos que admitem os “penduricalhos”. Nenhum servidor faz nada sem o consentimento da chefia.

********* 

Ao falar sobre as dificuldades da prefeitura no setor financeiro e a reclamação das entidades beneficentes que estão com o repasse de verbas oficiais em atraso, o secretário de turismo Romulo Vilela foi direto: as entidades reclamam sem razão já que vivem à custa da prefeitura.

********* 

Em plena campanha eleitoral, a administração está distribuindo para a população, através dos correios, um “informativo” das ações de governo. Algumas manchetes: Cidade Limpa e Bem Cuidada: Intervenções Melhoram o Trânsito; Avenida Santo Antonio Receberá Investimento.

******** 

A direção da TV Alterosa, afiliada do SBT na região, deve explicação sobre o motivo que levou a emissora a sair do ar, ontem, minutos antes do debate entre os presidenciáveis. A emissora possui equipamentos de retransmissão no alto da serra de São Domingos e pelo que consta no horário não chovia e não houve queda de energia no local.



Escrito por Blog do Polli às 06h39
[] [envie esta mensagem] []


 
  

DIFÍCIL DE EXPLICAR

            A secretária de Administração Maria Luisa Santiago e o Procurador Geral Dalmo Luiz Silveira devem explicar melhor um requerimento apresentado pelo vereador Antonio Carlos Pereira, indagando sobre os servidores que foram beneficiados com a incorporação em seus salários de gratificações que recebiam por conta de atuação em processos de sindicância interna.

            Em entrevista concedida sobre o assunto ao Jornal de Poços, Dalmo disse que os servidores “por muitos anos sempre procuraram encontrar penduricalhos para justificar os baixos salários pagos pela prefeitura”. Segundo ele, a prefeitura tem um misto de regime que muitas vezes não é aceito pela Justiça do Trabalho já que a legislação municipal não é compatível com o pensamento do órgão encarregado de julgar ações trabalhistas.

            A chegou até o vereador e acredita-se, também ao jornal, através de uma carta anônima citando o advogado Ricardo Luiz Batista, que prestava serviços na própria Procuradoria e foi beneficiado com a incorporação de gratificações por conta de atuações em comissões de sindicância, segundo informações, sem ter cumprido o prazo estipulado na lei municipal.

            De acordo com a lei o servidor só teria direito a esta incorporação se exercesse a mesma atividade durante dez anos, o que não teria ocorrido. Segundo informações, atos assinados pela Secretária de Administração, também beneficiaram outros servidores, nas mesmas condições.

            A justificativa apresentada pelo Procurador é no mínimo curiosa, já que ele pré-julgou o caso, concordando com a incorporação porque “a Justiça do Trabalho, tem dado ganhou de causa para quem reclama o benefício”. Por conta disso, diz que vai propor a alteração da lei municipal.

            O estranho neste caso é que tenha autorizado a incorporação, antes mesmo da lei ser alterada. Coincidentemente, o advogado Ricardo Luiz Batista foi quem assumiu a presidência da comissão de licitação que julgou a concorrência pública para a contratação da empresa de limpeza pública.

            Como foi noticiado, durante esta concorrência, os primeiros indicados para compor a comissão se negaram a classificar as empresas concorrentes, entre elas a VIna Equipamentos e Serviços Ltda. vencedora da licitação, por falhas na documentação apresentada.

            Se comprovada a ilegalidade o assunto promete render boas manchetes.

TERRORISMO SOCIAL

            Segundo denúncias, o prefeito e seus assessores continuam fazendo terrorismo nas famílias beneficiadas com imóveis do programa Minha Casa Minha Vida. Diz que se a Dilma não vencer as eleições vai cortar a água dos condomínios que estiverem em atraso.

            Ameaça também ações contra os proprietários com prestações em atraso e diz ainda que nenhum bairro onde a presidente perder a eleição será beneficiado com obras da prefeitura durante o seu governo.

            Pelo visto, não é só a presidente que conta mentiras.

GASTANDO AGUA...

 

Na segunda-feira, por volta da 7 horas da manha  a praça em frente à URCA estava com todos os seus esguichos de irrigação ligados para molhar a grama daquela praça. Com toda a crise de abastecimento que existe em nossa cidade o Secretário-sorriso deveria determinar ao setor de Parques e Jardins que não mais continuasse com esse tipo de operação.

É preferível que a grama morra do que o cidadão ficar sem água na residência. Apenas uma questão de equilíbrio. Nada mais do que isso.



Escrito por Blog do Polli às 06h31
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!